Oii! Em homenagem ao dia das mães, o site Goodreads fez uma lista de melhores mães da literatura e achei uma excelente ideia. Como não li a maioria dos livros da lista deles, resolvi fazer uma lista minha com as três melhores mães dos livros. São apenas três porque minha memória é ruim e não consegui lembrar de outras, apesar de existirem um monte de ótimas mães, mas peguei aquelas que realmente me marcaram ou as dos livros que li ultimamente e que adorei também.


Molly Weasley – Harry Potter:
Não tem como pensar em fazer uma lista dessas e não lembrar logo da Sra. Weasley. Assim, tive que repetir ela da lista do Goodreads. A Sra. Weasley é, sem dúvidas, a melhor mãe da literatura, não só para os filhos, mas também para o Harry, Hermione, todo mundo que precisar.

“Agora, vocês dois: este ano, se comportem. Se eu receber mais uma coruja dizendo que vocês... vocês explodiram um banheiro ou...”. “Explodiram um banheiro? Nós nunca explodimos um banheiro”. “Mas é uma grande ideia, obrigado, mamãe”.

Violet Bridgerton – Os Bridgertons:
Quem leu algum livro de Os Bridgertons e não se encantou com essa mãe maravilhosa deles? Tudo o que Violet quer é ver os oito filhos devidamente casados. E casados com alguém que amem, não um casamento por conveniência. Ela faz de tudo pelos filhos, e não importa as consequências, se um deles precisar de qualquer coisa, ela estará lá.

 “Você pode querer rever o seu entendimento da palavra tudo”. Gregory virou-se para a mãe. “Vocabulário e compreensão nunca foram seu ponto forte.” Violet revirou os olhos. “Todos os dias me admiro que vocês dois tenham conseguido atingir a idade adulta”. “Tinha medo que matássemos um ao outro?” Gregory brincou. “Não, que eu mesma fizesse isso”.

Tia Berenice – Mentira Perfeita:
Li Mentira Perfeita esses dias e é impossível não se encantar com a dedicação da tia Berenice com a Júlia, fazendo de tudo para garantir que a sobrinha iria ficar bem. Não é mãe biológica mas é a mãe que a escolheu, é a mãe que ela teve. E uma excelente mãe.

“Você acha mesmo que eu iria perder o seu casamento? Não vai ser uma insuficiência cardíaca aguda de merda que vai me impedir de ver o meu sonho se tornar realidade: você se casar com um vestido confeccionado por mim!” – E me encarou com aqueles enormes olhos castanhos. – “Você me deu uma razão para lutar. E eu venci! Você é o motivo de eu ainda estar aqui, meu amor. Quando é que eu vou conhecer seu futuro noivo?”

Então, essas foram as três mães que me marcaram mais. Além disso, tenho que mencionar mais duas mães de HP, que não quis colocar no top para não ficar só HP lá, mas não pude deixar de fora. Lily Evans deu a vida pelo filho, mesmo sabendo que o Harry não tinha a menor chance e ela podendo se salvar. Além disso, temos a Narcisa Malfoy. Ela mentiu bem na cara do Voldemort, arriscando sua vida, só para ter a chance de ir atrás do filho, sem nem mesmo saber se ele estava vivo. São outras duas mães excelentes que não poderiam ser esquecidas. E vocês, conhecem outras mães da literatura que deveriam estar aqui?


Tecnologia do Blogger.