Oii! Não sei se todo mundo sabe, mas sou uma pessoa completamente apaixonada por gatos. Se eu pudesse, teria um monte (mentira, meus dois já dão trabalho suficiente rs). Então, quando vi essa TAG no blog Leitoras Vorazes, fiquei morrendo de vontade de responder também. Espero que gostem!

Esta é a Luna, e ela adora minha estante. Dobby também adora, mas ele felizmente não cabe no meio dos livros.

Regras:
Quem for indicado para responder deve mencionar o blog responsável pela indicação (não esquecendo do link para acessá-lo) e em seguida indicar mais cinco blogs amigos para responder! Não deixem a TAG morrer!

Indique um livro que te deu sono.
Neste enorme e emocionante romance, a lenda do rei Artur é contada pela primeira vez através das vidas, das visões e da percepção das mulheres que nela tiveram um papel central. Igraine, Viviane, Guinevere, Morgana. Elas revelam, com as suas vidas e sentimentos,a lenda de Artur, como se fosse nova de, ao mesmo tempo, levam o leitor a integrar-se na história, de maneira natural e profunda. Assim, esta obra proporciona uma narrativa soberba de uma lenda, e a recriação dessa lenda, bem como a brilhante contribuição para a literatura do ciclo arturiano.

Morro de curiosidade para ler todos os livros que falam sobre a história do Rei Artur, então estava com as expectativas altíssimas para esse livro. Porém, ele é extremamente lento, e nada como eu esperava. Me decepcionou bastante. Foi bem difícil terminá-lo, e olha que ele é bem fino.

Qual foi a maior série de livros que você já leu ou tem vontade de ler?
Mia Thermopolis é uma típica adolescente americana que recebe uma notícia que vira sua vida de cabeça para baixo: seu pai é um príncipe e ela, consequentemente, uma princesa! Como única herdeira do trono da Genovia, sua vida muda completamente. Ela passa a ser abordada por paparazzi que invadem seu colégio e num passe de mágica se torna bastante popular. Porém, ainda longe de ser uma Cinderela, Mia logo se vê obrigada a ter aulas de boas maneiras com sua avó, uma europeia tradicional. O que pode ser o sonho de muitas meninas está bem perto de se transformar em um verdadeiro pesadelo.

Não sei exatamente se foi essa, mas pelo que me lembro foi a que possui maior quantidade de livros. São onze livros principais, mais alguns contos ao longo da história, mais o livro escrito pela Mia, e agora o spin off, que já vai sair o segundo. E, eu não me canso de ler. Por mim a Meg pode continuar escrevendo para sempre essa história, é amor demais.

Qual foi o livro mais grosso que você já leu?
Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros. Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

Difícil de definir, mas acho que foi A Viajante do Tempo. Foi um pouco cansativo, já que a autora descreve tudo, mas mesmo assim uma história muito boa. Porém, a história vale muito a pena, é incrível.

Um livro que é puro amor.
Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto - que tem namorada. Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?

Existem muitos livros que se encaixariam perfeitamente nesse tópico, mas o primeiro que me veio na cabeça ficou. Anna e o Beijo Francês é aquele tipo de livro fofo e lindo que você se apaixona perdidamente e, mesmo depois de anos da leitura, lembrar dele ainda me deixa com um sorriso no rosto.

Um livro quente.
A meia-vampira Catherine Crawfield está indo atrás dos mortos-vivos como uma vingança, esperando que um destes sem batimentos cardíacos seja seu pai - o responsável por arruinar a vida de sua mãe. Então ela é capturada por Bones, um caçador de vampiros, e é forçada a uma profana parceria. Em troca de encontrar seu pai, Cat concorda treinar com o sexy caçador da noite até que seus reflexos de batalha estejam tão afiados quanto as suas presas. Ela está espantada em não terminar como jantar dele - há realmente bons vampiros? Rapidamente Bones a terá convencida de que ser meio-morto não tem que ser de todo ruim. Mas antes que ela possa aproveitar seu novo status de caçadora chutadora de traseiros de demônios, Cat e Bones são perseguidos por um grupo de assassinos. Agora, Cat terá que escolher um lado... e Bones está se tornando tão tentador quanto qualquer homem com um batimento cardíaco.

Demorei para lembrar qual era o que eu queria falar, mas sabia que era uma série de vampiros. Night Huntress tem uma história incrível, e completamente viciante. Lembrei agora que não cheguei a terminar a série, vou ver se consigo os livros para ler.

Um livro que mexeu com você por dentro (de maneira boa ou ruim).
O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

Lembrei dele na hora quando li esse tópico. Simplesmente Acontece mexeu comigo e, mesmo agora depois de mais de um ano da leitura, ainda me faz pensar. Ele mostra como é fácil deixar a vida passar sem fazer nada, como é fácil desperdiçarmos nossas vidas sem nem percebermos.

Seu livro mais caro.
Sinopse do primeiro livro, Laços de Sangue, editada para retirar spoilers de Vampire Academy: Sydney estava encrencada. Em sua última missão, ela tinha ajudado uma dampira a escapar da prisão, e essa aliança foi considerada uma traição grave, já que vampiros e dampiros são criaturas terríveis e antinaturais, ameaças àqueles que os alquimistas devem proteger - os humanos. Com sua lealdade colocada em questão, Sydney se sente obrigada a voluntariar-se para uma tarefa nada agradável - ajudar a esconder uma princesa vampira que está sendo perseguida por rebeldes que querem o poder. Caso ela seja capturada e assassinada, a rainha ficará sem nenhum parente vivo e, como manda a lei, terá de abdicar do trono - o que culminará numa guerra civil tão sangrenta no mundo dos vampiros que certamente afetará a humanidade.

Resolvi não colocar o livro que eu paguei mais, já que existem livros que são edições especiais e que realmente valem o preço a mais que pagamos, e sim o que foi mais caro para mim, e esse livro veio imediatamente na minha cabeça. Lembro que na época morri de raiva, e continuo até hoje, pois quando comprei não seria tão caro assim. Porém, o tempo entre a compra e o pagamento foi justamente a época em que o dólar praticamente dobrou, e eu me ferrei.

Então, essas foram as minhas respostas. Achei a TAG muito criativa, e adorei responder. Não vou indicar ninguém, como sempre, mas todos que quiserem responder sintam-se indicados, e não se esqueçam de avisar aqui para eu comentar lá!


Tecnologia do Blogger.