As Mentiras de Locke Lamora - Scott Lynch
Título original: The Lies of Locke Lamora
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 464
Classificação: 3/5
Onde comprar: SaraivaSubmarino e Amazon

Resenha:
As Mentiras de Locke Lamora estava na minha lista de desejados há mais de dois anos. Indicado por George R. R. Martin e Patrick Rothfuss, minhas expectativas estavam cada vez mais altas, talvez, por isso, eu tenha demorado tanto para solicitar o livro à editora Arqueiro. Infelizmente, o tempo esperado não foi suficiente e, mais uma vez, minhas expectativas frustraram, um pouco, minha experiência de leitura.

O Espinho é uma figura lendária: um espadachim imbatível, um especialista em roubos vultosos, um fantasma que atravessa paredes. Metade da excêntrica cidade de Camorr acredita que ele seja um defensor dos pobres, enquanto o restante o considera apenas uma invencionice ridícula. Franzino, azarado no amor e sem nenhuma habilidade com a espada, Locke Lamora é o homem por trás do fabuloso Espinho, cujas façanhas alcançaram uma fama indesejada. Ele de fato rouba dos ricos (de quem mais valeria a pena roubar?), mas os pobres não veem nem a cor do dinheiro conquistado com os golpes, que vai todo para os bolsos de Locke e de seus comparsas: os Nobres Vigaristas. O único lar do astuto grupo é o submundo da antiquíssima Camorr, que começa a ser assolado por um misterioso assassino com poder de superar até mesmo o Espinho. Matando líderes de gangues, ele instaura uma guerra clandestina e ameaça mergulhar a cidade em um banho de sangue. Preso em uma armadilha sinistra, Locke e seus amigos terão sua lealdade e inteligência testadas ao máximo e precisarão lutar para sobreviver. | Skoob

Escrito em terceira pessoa, As Mentiras de Locke Lamora tem uma narrativa descritiva e cativante. Em várias partes da história, senti como se pertencesse àquele mundo e que estava acompanhando em ''primeira mão'' os acontecimentos. A trama de Scott Lynch é muito bem construída e cheia de ótimas reviravoltas e, nessas horas, não conseguia largar o livro. Porém, passado esses momentos, a leitura ficava arrastada e as descrições acabavam me cansando. Demorei pra conseguir me conectar com o livro e seus personagens, além de não ter conseguido me relacionar com nenhum deles, mesmo gostando do Lamora.

O sarcasmo e o humor estão presentes no livro, o que pra mim foi um ponto bastante positivo. Da metade para o final, a leitura fluiu bem melhor e o final foi ótimo. O autor não tem pena de seus personagens, o que me lembrou um pouco As Crônicas de Gelo e Fogo, mas a semelhança está apenas aí. Esse é o primeiro romance do autor Scott Lynch, e ele nos entrega uma história original, bem amarrada e com ganchos para os próximos livros, porém que, infelizmente, não conseguiu me conquistar. Também senti falta de personagens femininas relevantes. Apesar de ter ficado um pouco curiosa pra saber o que vai acontecer no resto na série, não acho que, no meu caso, valha a pena continuar.

A edição da Arqueiro está ótima, a capa é bem bonita, as folhas amareladas e quase não notei erros de revisão. Também gostei bastante da tradução feita pela Fernanda Abreu, que manteve os palavrões presentes na narrativa. Acredito que os personagens perderiam um pouco da essência sem eles. Lembrando que é um livro adulto e possui várias cenas de violência. Então é isso. Espero que tenham gostado da resenha :)

Série:
1. As Mentiras de Locke Lamora
2. Mares de Sangue
3. República de Ladrões


Tecnologia do Blogger.