Serviço Secreto – Lee Child:
Série: Jack Reacher #6
Editora: Bertrand
Número de páginas: 420
Classificação: 4/5

Resenha:
Esta resenha NÃO contém spoilers dos livros anteriores, e nem é necessário a leitura deles na ordem.

Quando vi a divulgação desse livro, me interessei, mas tentei ignorar por ver que era o sexto livro da série. Porém, a Bertrand nos disponibilizou ele e eu acabei resolvendo ler assim mesmo. Apesar de ser uma série, ele pode ser lido de forma independente, uma vez que as histórias são diferentes de um livro para o outro, só temos o mesmo personagem. Claro, é bem melhor seguir a ordem, já que você vai conhecendo melhor o personagem e tudo o mais, mas ler esse sozinho não estraga nada.

Aqui temos Jack Reacher, um ex-policial do Exército que vive uma vida simples, viajando sem destino, somente com a roupa do corpo e com poucos pertences. Reacher não tem casa, não tem celular, não tem cartão de crédito, e nem emprego. Vai vivendo do jeito que der vontade. E isso complica um pouco as coisas caso alguém o procure. Se não fosse pelos saques em sua conta corrente, M.I. Froelich nunca iria encontra-lo.

Froelich é a mais nova chefe de segurança do vice-presidente eleito, e alguém parece decidido a não deixa-lo nem tomar posse. Assim, ela decide contratar alguém de fora, sem que ninguém saiba, para testar sua segurança, encontrar potenciais falhas, e descobrir quem está por trás dessas ameaças. E imediatamente decide que Jack Reacher deve ser essa pessoa, mesmo que nunca o tenha conhecido. Ele será perfeito para o trabalho.

Assim, Reacher terá o trabalho de encontrar falhas no sistema de segurança montado por Froelich, e ela terá que se esforçar ao máximo para não deixa-lo encontrar nada. Além disso, eles terão que identificar essa ameaça, que cada vez mais parece um trabalho interno. Sem saber em quem confiar, Froelich vai ter que contar somente com a ajuda de Reacher e Neagley, antiga colega de Reacher no Exército, para resolver esse problema, antes que seja tarde demais.

E eles vão ter que correr contra o tempo se quiserem salvar o vice-presidente, porque as ameaças estão cada vez mais perigosas. E, mesmo seguindo pistas atrás de pistas, eles não se veem nem um pouco mais perto de descobrir o que realmente está acontecendo. A dupla que vem ameaçando-os, isto é, eles acreditam que seja uma dupla, parece estar sempre um passo a frente. Eles precisam parar de jogar na defesa e partir para o ataque, e logo.

Serviço Secreto é um livro que, mesmo não tendo me prendido completamente, me surpreendeu, e eu gostei. Não é o melhor livro que eu li do gênero, nem de perto, mas ainda assim é muito bom. E uma coisa que eu percebi é que o autor tem coragem de fazer o que quiser com os personagens, não interessa o quão importante eles forem para a história. E isso me surpreendeu bastante, teve um acontecimento que eu li e simplesmente não acreditei, tive que voltar para ler de novo e de novo.

A série Jack Reacher é grande, tem 20 livros publicados nos Estados Unidos, e esse é o sexto ou sétimo publicado aqui no Brasil. Fui dar uma olhada nos outros depois de ler esse e descobri alguns que já conhecia e que já tinha vontade de ler, mas nunca tinha dado muita atenção. Vou ver se agora consigo eles, porque o personagem é bastante interessante e acredito que vá gostar dos outros livros também.

A edição da Bertrand está muito boa, a capa é bonita, as letras possuem um tamanho agradável e não notei erros. Única coisa que não gostei muito foi a folha branca, prefiro as amareladas, porém é questão de preferência, e não atrapalhou a leitura. Gostei da história, gostei dos personagens, e indico a quem gosta de livros do estilo.

Série:
1. Dinheiro Sujo
2. Destino: Inferno
3. Alerta Final
4. Caçada às Cegas
5. Miragem em Chamas
6. Serviço Secreto


6 Comentários

  1. Ou Adri, você já reparou que nos mistérios parece sempre que o povo quer atacar o vice e não o presidente? Acho bem interessante isso kkkk.
    Eu já tinha visto alguns livros dessa série mas nenhum tinha chamado muito minha atenção para procurar mais sobre ela. Gostei da sinopse, parece um bom livro policial, daqueles que combinam com inverno, chuva e chocolate quente. Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jade! Nunca tinha percebido, mas é verdade. Acho que o povo quer sair do óbvio de ataque ao presidente e acaba todo mundo escrevendo sobre o vice rs. Também já tinha visto outros livros e só fui perceber isso depois de ler esse, agora quero conseguir os outros para ler.

      Beijos

      Excluir
  2. Eu tenho Alerta Final e Destino: Inferno, ainda não li só que pretendo mudar isso depois da resenha, tinha um pouco de resistência sobre a ordem dos livros e serem independentes é bem melhor.
    O personagem tem um quê de alguns que já vi, sem ligação com nada, largado ao mundo e isso o autor trabalhou muito bem a personalidade que nos fazem querem ler suas outras histórias.
    Parece ter pontos falhos na narrativa, mas nada que comprometa muito e sim as folhas brancas também me incomodam, seria muito melhor se fossem amareladas, vou ler os que tenho e esperar uma promoção para adquirir os outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi David! Que legal, tenho muita curiosidade em ler esses também. Eles são independentes, mas você já tendo dois dá uma olhada para ver qual deles acontece antes pra ler antes, que acho que é melhor. Tomara que você goste dos livros!

      Beijos

      Excluir
  3. Olá!
    Só de saber que são taaaantos livros já da um desânimo hahaha onde vou arranjar dinheiro para tudo isso? Gostei bastante da sua resenha e a história é do jeito que eu gosto, cheia de investigação. Espero ter a oportunidade de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lara! Realmente, mas o bom dessa série é que os livros podem ser lidos separados, então o que você conseguir pode ler já, não precisa conseguir todos certinhos na ordem :)

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.