Oi! Disse que achava que não iria ler tanto no mês de julho, apesar das férias, mas acabei lendo bem mais que pensava. Mesmo com a viagem, consegui aproveitar bastante o tempo e ler livros maravilhosos, alguns dos quais eu nunca teria comprado ou lido por conta própria. Foi um mês excelente, e mal consigo acreditar que tenha conseguido ler tanto. Espero conseguir ler mais nesse semestre que está por vir, já que estou com pouquíssimas matérias na faculdade, apesar de ainda ter o TCC para terminar.

  
1. Em Queda Livre – Ally Carter (resenha): Nunca tinha ouvido falar desse livro, e foi uma surpresa maravilhosa. Simplesmente viciei na história, e não conseguia parar de ler de jeito nenhum. Apesar de ter pego spoiler do final, ainda foi incrível descobrir os motivos para acontecer o que aconteceu.
2. See How They Run – Ally Carter: Depois de terminar o primeiro, fui direto para a continuação. E esse segundo livro foi ainda mais incrível. Já estava apaixonada pela história, e esse só aumentou ainda mais a perfeição da série. Mal posso esperar pelo terceiro para ver como será a finalização dessa trilogia maravilhosa.
3. Before the Fall: Arrival – Ally Carter: Na verdade esse é um conto, e devia ter sido lido antes do primeiro, mas só descobri a existência dele depois de terminar o segundo e sair desesperada atrás de mais alguma coisa da série. Não vi muita graça nele, mas foi legal mesmo assim.

 
4. Royal Wedding Disaster – Meg Cabot: Como falei na resenha do primeiro livro, estava desesperada por esse. Então, assim que chegou, corri ler. E li tudo de uma vez, completamente viciada nessa história lindíssima. Royal Wedding Disaster é ainda mais lindo que o primeiro, e estou completamente apaixonada.
5. Royal Day Out – Meg Cabot: Esse também é um conto e, assim como o da Ally Carter, descobri-o depois de terminar e ficar doida atrás de mais alguma coisa da série. Era para ter sido lido antes do segundo, mas não fez muita diferença. Achei muito bonitinho, e estou adorando tudo o que a Meg escreve sobre a Olivia.

 
6. Into the Dim – Janet B. Taylor: Descobri esse livro meio que aleatoriamente durante a viagem, e fui ler sem ter ideia do que esperar. E me surpreendi completamente. É um livro que envolve viagens no tempo, e é completamente viciante. Acabei demorando um pouco para ler porque tive um pouco de dificuldade com a linguagem, mas nem isso estragou a leitura.
7. Ela Foi Até o Fim – Meg Cabot: Consegui esse livro por troca a um tempinho atrás, e desde então estava morrendo de vontade de ler. E, mesmo com as expectativas altíssimas, a Meg não decepciona. Mais um livro favoritado da autora (a maioria deles são, mas enfim), é maravilhoso.
8. A Garota Italiana – Lucinda Riley: Ando achando os livros da Lucinda meio lentos demais ultimamente, mas talvez seja porque não ando dando muito tempo entre um e outro. Demorei para ler esse, não me prendeu tanto, mas mesmo assim a história é boa. É diferente dos outros, já que nesse só se tem uma história, e não duas entrelaçadas, como normalmente a autora faz. Acabei gostando, mas não foi tudo aquilo que esperava.

9. Harry Potter e a Pedra Filosofal (ilustrado) – J.K. Rowling: Esse livro é completamente maravilhoso, nem sei dizer o quanto gostei. Foi lindo reler essa história com as imagens acompanhando, parecia que o ilustrador tinha pego exatamente o que eu sempre imaginava enquanto lia e desenhado, amei. Senti algumas coisas na história com uma tradução diferente, mas pode ser só impressão, já que cada vez que leio parece diferente.

 
10. Warcraft – Christie Golden: Não tinha a menor ideia do que esperar desse livro, já que não conhecia nada da história de Warcraft. No início, foi muito confuso, mas, a partir do momento que consegui identificar quem era quem, tudo ficou bem mais simples. É uma história incrível, e me deu vontade de pesquisar tudo sobre Warcraft, ler todos os livros e tudo. Não sei se quem acompanha gostou do livro, mas eu gostei.
11. Uma Mulher Livre – Danielle Steel: Esse livro foi uma das maiores surpresas esse ano, senão a maior. Nunca tinha ouvido falar da autora nem do livro, mas recebemos da Record ele e me interessei pela sinopse. Porém, nunca esperei me encantar tanto pela história. Já estava chorando na primeira página, a história de Annabelle é linda, e não dá nem para acreditar em tudo que ela passa, e mesmo assim não desiste de seguir sua vida da melhor maneira possível.

Foram onze livros lidos, foi bastante. Achei que não iria ler muito por conta da viagem, mas acabei lendo bastante, e livros incríveis. Escolher um favorito está impossível, então vou escolher quatro rs. See How They Run é o primeiro escolhido, e está aqui porque eu simplesmente não conseguir deixar de me apaixonar completamente por ele e até agora a história não saiu da minha cabeça. O segundo escolhido não é nenhuma novidade, era óbvio que Royal Wedding Disaster estaria na lista. Meg acertou completamente na escolha da irmã da Mia, elas são tão parecidas e ao mesmo tempo tão diferentes, é incrível poder conhecer a Olivia e vê-la interagindo com essa família que marcou minha adolescência. Harry Potter e a Pedra Filosofal ilustrado trouxe uma nova experiência para essa saga tão amada, e mal posso esperar para poder ver mais dessas ilustrações tão lindas. Por último, Uma Mulher Livre, que me surpreendeu completamente. Uma história emocionante, linda, triste, e que ainda serve como um livro totalmente motivacional, apesar de não ser essa a principal intenção da história. Foram quatro favoritos, mas foram onze livros excelentes, que fizeram o meu mês mais maravilhoso ainda. Espero continuar nesse ritmo e conseguir colocar minhas leituras em dia, tomara que eu consiga. E vocês, como foram as leituras durante as férias?


8 Comentários

  1. Oi Adri, nossa quantos livros, foi um mês muito produtivo! Fiquei super curiosa com essa série da Ally Carter, acho a escrita dela incrível e é uma das minhas autoras favoritas. Into the Dim e A Garota Italiana foram outras das suas leituras que me interessaram. Quanto às suas leituras, espero que consiga tempo para continuar lendo assim. Aqui só consegui ler três livros esse mês mas um deles, The Kiss of Deception, valeu por muitos, até agora é meu livro favorito do ano. Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jade! Acabou que consegui ler bastante, não foi? Também adoro a Ally Carter, tinha esquecido o quanto gostava da escrita dela e ler esses agora só me fez gostar ainda mais dos livros dela. Estou morrendo de vontade de ler The Kiss of Deception, bom saber que você gostou!

      Beijos

      Excluir
  2. Nossa, leu bastante! Eu estou muito decepcionado comigo mesmo por ter abandonado um pouco os livros, mas estou em uma fase de mudanças e acabei deixando de fazer muitas coisas, resultado disso não podia ser outro, séries e livros totalmente atrasados.
    Fiquei um pouco receoso agora quanto ao livro da Lucinda, vou deixar para fazer a leitura em um outro momento, você gostou mesmo da escrita da Ally e dessa estória.
    Tive que comprar essa edição de Harry Potter e é incrível, quero todos os livros assim mesmo que fique falido.
    Outro que não conhecia e gostei da premissa foi Into the Dim , ele é livro único ou faz parte de uma trilogia, série?
    Que você consiga ler mais nesse semestre e eu também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi David! Mas é assim mesmo, tem épocas que acabamos tendo que deixar um pouco as leituras de lado, mas logo logo você volta a ler. Essa edição de HP é linda, não é? Queria esperar para baixar um pouco mais o preço, mas não aguentei rs. Into de Dim é uma trilogia ou série, não sei ainda. Ele saiu agora esse ano, então ainda só tem ele, mas tem meio que uma finalização. Tomara que ele saia aqui no Brasil, é muito bom!

      Beijos

      Excluir
  3. Oi Adri,
    Eu já até li Cabot, mas como Patrícia, em aprendendo a seduzir e gostei bastante!
    Estou doida por essa edição ilustrada de Harry Potter! Consegui dar uma olhada nela numa saraiva daqui do Rio e fiquei mais encantada ainda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria! Aprendendo a Seduzir é ótimo, não é? Adoro todos os livros da Meg, tanto os que ela escreve como Meg quanto como Patricia, mas são bem diferentes. Essa edição é maravilhosa, as ilustrações são lindas, bem do jeito que eu imaginava quando lia. Tomara que você consiga ela logo!

      Beijos

      Excluir
  4. Quero ler Em Queda Livre, principalmente depois desse mini comentário sobre sua experiência com o livro
    Ganhei essa edição de HP sem nem ter lido a série, e que maravilhosa! Quero muito conhecer essa maravilha por ilustrações tão significativas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Fernanda! Em Queda Livre é um livro totalmente viciante, tomara que você tenha a oportunidade de ler em breve (e que saia a continuação logo aqui no Brasil, ela é ainda melhor!). Nossa, então vai ser ótimo você ter a oportunidade de começar a ler a série com as ilustrações já acompanhando, tomara que você goste!

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.