Os Bons Suicidas – Toni Hill:
Série: Inspetor Héctor Salgado #2
Editora: Tordesilhas
Número de páginas: 392
Classificação: 4/5

Resenha:
Os Bons Suicidas é o segundo livro da série Inspetor Héctor Salgado. Ele pode ser lido independentemente, porém eu aconselho muito a leitura de O Verão das Bonecas Mortas antes, já que Os Bons Suicidas dá continuidade ao caso do sumiço de Ruth, a ex-mulher do inspetor, começado no livro anterior. Você não irá ficar muito perdido se não tiver lido o primeiro, já que o autor explica de novo, mas aproveitará muito mais se tiver lido.

Comecei a ler Os Bons Suicidas meio perdida, já que faz uns dois anos que li o primeiro, e não me lembrava do que acontecia. Porém, o autor foi recapitulando, e acabei me lembrando mais ou menos do que tinha acontecido, e acredito que consegui acompanhar bem o caso. Peguei o livro para ir lendo aos poucos e, quando vi, estava acabando, completamente viciada. Toni Hill traz uma história envolvente, diferente, e muito bem desenvolvida.

Temos como personagem principal Héctor Salgado, um inspetor que vive com o filho adolescente, e que não consegue ter paz por não conseguir descobrir o que aconteceu com a ex-mulher, que sumiu repentinamente. Aqui temos o investigador sendo chamado de madrugada para investigar um aparente suicídio. Porém, a medida que vão investigando mais e mais, ele vai perceber que pode não ter sido um suicídio comum, e que há muito mais por trás dessa história do que ele pensou inicialmente. Alguns meses antes, outro funcionário da empresa se suicidou, sem nenhum motivo aparente, depois de assassinar a mulher e a filha. E os dois se conheciam.

E, quanto mais o inspetor vai investigando, mais ele vai encontrar conexões, além de um grupo de funcionários que se negam a compartilhar o que sabem, mesmo sendo óbvio que foi algo que aconteceu com todos eles que desencadeou tudo isso. Mesmo sendo evidente que eles mesmos podem estar em perigo. O que eu achei mais interessante é que o autor joga tanta coisa na história que você fica sem saber o que pensar, tem tanto motivo, tanta informação que parece importante, que você não consegue chegar a conclusão nenhuma. Ao mesmo tempo, ele consegue deixar tudo tão explicado, que mesmo esse tanto de informações não fica nem um pouco confuso.

Em paralelo temos a investigadora Leire Castro, que está de licença maternidade e, enquanto o bebê não nasce, resolve investigar por conta própria o sumiço de Ruth, sem deixar o inspetor saber. Ela acredita que um novo par de olhos possa contribuir para o caso, um par de olhos de alguém que nunca chegou a conhecer Ruth. Assim, ela poderá ser imparcial, e poderá seguir por lados que nem passaram pela cabeça do inspetor, já que ele já a conhecia e provavelmente desconsiderou coisas que eram comuns na vida de Ruth.

Os dois casos não se interligam, seguem separados durante o livro inteiro, o que normalmente é ruim, pois muitos autores não conseguem manter as duas histórias interessantes e envolventes. Porém, Toni Hill faz isso muito bem, o caso novo é interessantíssimo, prende totalmente a atenção, e o caso da investigadora, que dá continuidade ao primeiro livro, continua ótimo, trazendo um gancho maravilhoso para o encerramento do caso no próximo livro. Apesar de achar a história de O Verão das Bonecas Mortas bem mais interessante, acho que o autor desenvolveu melhor a história nesse segundo livro, o que melhorou ainda mais a série no geral e me deixou doida para ler o próximo livro, que felizmente a Editora Tordesilhas me disponibilizou e eu vou poder ler em seguida.

A edição da Tordesilhas está maravilhosa. A capa é linda e combina com a história, a diagramação é bem simples mas muito bem feita, e eu não notei erros graves. O que mais me agrada nessa edição é o tamanho das letras, que é maior do que o normal, deixando a leitura extremamente fácil e nem um pouco cansativa. Isso, juntando com a narrativa viciante do Toni Hill, faz com que você leia o livro inteiro sem nem perceber. Recomendo sim, mas recomendo a leitura da série inteira na ordem correta, o que vai deixar os livros ainda melhores.

Série:
1. O Verão das Bonecas Mortas (resenha)
2. Os Bons Suicidas
3. Os Amantes de Hiroshima (resenha).


10 Comentários

  1. Oi Adri, procurei saber sobre essa série quando você mostrou Os Amantes de Hiroshima na sua Caixinha de Correio e me interessei bastante. Amei a sua resenha e só deu mais vontade ainda de ler os livros, afinal um bom mistério é sempre muito bom. Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jade! Essa série é ótima, e ela é diferente dos livros policiais comuns, além de se passar em Barcelona, é incrível. Tomara que você consiga ler!

      Beijos

      Excluir
  2. Oi Adri! Resenha bem bacana, parece bastante interessante essa história, adoro climas de investigação. Acabei percebendo que achei que Amantes de Hiroshima era um livro só e na verdade é continuação dessa série, viajei legal kkk Não conhecia esses livros porém fiquei bastante interessada.
    Beijos, Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Greice! Essa trilogia tem os livros bem interligados, então acho que fica bem ruim ler só Os Amantes de Hiroshima rs. Tomara que você consiga ler, esse segundo é o meu preferido, mas os outros dois também são muito bons :)

      Beijos

      Excluir
  3. Oi,
    Mesmo sendo independentes não vou deixar de ler na sequência, pois se você que leu já ficou meio perdida imagina quem não leu?! Gostei de ele apresentar dois casos separados, realmente para ele ir levando os dois com qualidade tem que ser um ótimo escritor. Fiquei muito interessada pelo livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria! Agora depois de ler o terceiro acredito que é mesmo importante ler na sequência, acho que nesse até dá para deixar o primeiro sem ter lido, mas para entender o último precisa desse sim. Tomara que você goste, a história é interessantíssima, e completamente viciante.

      Beijos

      Excluir
  4. Livros policiais, meus preferidos *-* Inclusive olhei sua resenha do livro O Verão das Bonecas Mortas. Amei essa série, simplesmente me deixou curiosa e com muita vontade de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabiana! Livros policiais são maravilhosos mesmo, também adoro. Tomara que você tenha a oportunidade de ler, as histórias são incríveis mesmo, muito bem escritas e desenvolvidas :)

      Beijos

      Excluir
  5. Oi Adri,
    Não costumo ler muitos livros policiais mas este me pareceu interessante pelo fato do investigados se ver as voltas do desaparecimento de um parente próximo. Quem sabe não dou uma chance para ele?

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina! Tomara que você goste, se acabar lendo. Mas aconselho que você leia o primeiro livro da série antes :)

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.