Nove Regras a Ignorar antes de Se Apaixonar – Sarah MacLean:
Série: Os Números do Amor #1
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 384
Classificação: 5/5

Resenha:
Quando li a sinopse desse livro pela primeira vez não me interessei muito. Porém, é um romance de época, e resolvi ler mesmo assim. E não me arrependi, nem um pouco. Nove Regras a Ignorar antes de Se Apaixonar traz uma história diferente, apaixonante e completamente envolvente. É um livro grandinho, tem quase 400 páginas, mas você lê sem nem perceber.

Calpúrnia Hartwell é uma perfeita dama. Porém, isso de nada adiantou para ela. Mesmo tendo seguido todas as regras da sociedade, se mantido longe de escândalos e ter uma reputação excelente, ela continua solteira. E, pelo jeito, vai continuar assim para sempre, já que, aos 28 anos, já é considerada uma solteirona. Callie nunca se deu ao luxo de quebrar uma única regra, e o que isso trouxe de bom para ela, além de uma vida totalmente entediante?

Depois de ouvir por acidente uma conversa a seu respeito entre sua irmã e o noivo, Callie decide mudar. Ela sabe que eles não falaram por mal, mas ser considerada uma pessoa passiva não é nada legal. E, assim, Callie decide que vai viver sua vida, começando naquela mesma noite. E, se isso manchar sua reputação, pelo menos ela vai ter vivido. Assim, decide cumprir os nove desejos que escreveu na lista que fez momentos antes.

Coisas que ela sempre quis fazer, mas que nunca se atreveu. Afinal, realizar esses desejos significaria quebrar regras importantíssimas, e correr um grande risco de ser descoberta. Mas Callie está decidida, e resolve começar pelo primeiro item da lista: beijar alguém apaixonadamente. E, assim, ela decide ir atrás de Gabriel St. John, o marquês de Ralston, um dos maiores libertinos de Londres, e o homem com quem ela sonha há quase dez anos.

Gabriel demora a acreditar que Lady Calpúrnia, uma mulher a quem ele nunca prestou atenção, está em seu quarto no meio da noite. E mais, pedindo para ele beijá-la. Não faz nem um pouco de sentido, garotas como ela não fazem isso. Porém, parece que é isso mesmo. Então ele tem uma ideia: Lady Calpúrnia tem uma excelente reputação, e ele está precisando que alguém para ajudar sua recém descoberta irmã em sua entrada na sociedade. E assim, ele propõe uma troca.

As lições de Juliana vão fazer com que os dois se encontrem cada vez mais, e que passem a se conhecer, a se interessar um pelo outro. Ao mesmo tempo, Callie não vai desistir de sua lista. Ela vai continuar cumprindo-a. Ela vai, dentre outras coisas, beber uísque em um bar, praticar esgrima em um clube de esgrima, e jogar em um clube para cavalheiros. E vai acabar tendo uma ótima companhia nessas atividades.

Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar é um livro maravilhoso. Achei ele diferente da maioria, ele critica as regras sociais da época, do quanto as mulheres não podiam fazer, do quão pouco elas precisavam para ter sua reputação completamente arruinada. E é engraçadíssimo ver a Callie se fantasiando de homem, correndo riscos, para realizar alguma coisa que pode nem ser tão interessante assim, mas que ela queria saber como era. Além disso, tem o romance maravilhoso.

Eu não poderia deixar de comentar sobre as famílias. Tanto a do Gabriel quanto a da Callie são ótimas, e eu queria um livro para cada um. Pelo que vi, os outros livros da trilogia são sobre o Nicholas e a Juliana, o irmão gêmeo e a meia irmã do Gabriel. Adorei, mas queria também um livro do Benedick, irmão da Callie, porque ele me encantou nesse livro. A Mariana, irmã da Callie, não deve ter um livro mesmo, já que ela já encontrou o amor de sua vida e tal, mas eu não me importaria em ler um livro sobre como ela e o James se conheceram.

A edição da Arqueiro está, como sempre, muito caprichada. A capa é linda, a diagramação, apesar de simples, está muito bem feita, e eu notei um ou outro erro, mas nada que estragasse a leitura. Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar traz uma história maravilhosa, com personagens ótimos, e que todos os fãs de romances de época devem ler, super recomendado.

Série:
1. Nove Regras a Ignorar antes de Se Apaixonar
2. Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter (resenha)
3. Onze Leis a Cumprir na Hora de Seduzir.


12 Comentários

  1. Achei curiosa a série Números do amor, parece ser perfeita e essencial para mim que preciso me aprofundar ainda mais em romances de época, achei interessante como o título do livro interagiu com a história, de que precisamos parar de sermos perfeitos para nos apaixonarmos, a personagem cansa de ser a certinha e decide fazer o que tem vontade, o que amo nos personagens, uma certa rebeldia pelo melhor dela mesma, espero ler e me surpreender

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Fernanda! Acho que é um livro ótimo para começar a ler livros desse gênero, é leve, engraçado e lindo, além de trazer meio que uma lição de moral, como você disse. Tomara que você goste :)

      Beijos

      Excluir
  2. Oi Adri. Não estava muito entusiasmada com esse livro mas gostei da sua resenha e até me animei pra ler. Pelo que você falou a Calpúrnia(que nome estranho!) na fase "rebelde" me lembrou um pouco a Jéssica de O Príncipe dos Canalhas e não tem como não gostar de personagens assim! Beijinhos.
    Ps: Você já leu A Rainha Normanda? Terminei de ler e estou ansiosa pra saber se a Arqueiro vai lançar a continuação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jade! Também não tinha me animado muito, mas me surpreendi, o livro é maravilhoso! O nome é super esquisito mesmo, por isso coloquei praticamente só o apelido dela na resenha rs. Acho que lembra um pouco a Jéssica sim, mas ao mesmo tempo tem algo de diferente, não sei rs.
      Nossa, A Rainha Normanda *-*. Tinha esquecido dele, é maravilhoso, né? Procurei aqui e não vi nada sobre lançarem a continuação por agora, apesar dela já ter saído a um tempinho nos Estados Unidos :/

      Beijos

      Excluir
  3. Oiii...
    Bom quem nao ama um romance de epoca....parece um livro divertidisimo....deve ser enguacado ver a protagonista se vestindo de homem...kkk....to ate imaginando....gosto de livros de epoca e que retratam mulheres forte e decididas apezar desse livro nao mostrar de cara isso...mas acho que a personagem vai criando mais coragem ao decorer da historia....otima resenha....bjsss..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karol! É uma coisa que aparece muito no livro, o desenvolvimento da personagem, depois de ela ganhar confiança em si mesma. É incrível, além de ser muito engraçado. Tem cenas ótimas que você não aguenta de tanto rir rs.

      Beijos

      Excluir
  4. Aaaah, esse livro... É muito amor, já faz um tempo que quero ler, e agora me deu mais vontade. É bem interessante essas histórias que pessoas digamos, tão diferentes e que nem deveriam estarem juntas, constroem uma relação que surpreende a todos e que dá super certo. Já que a história é boa, também é bom saber que o livro é grande. kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabiana! É um livro lindo, tomara que você consiga ler logo, e que goste!

      Beijos

      Excluir
  5. As capas de romances de epoca costumam ser bem ridiculas, mas essa é tao fina e delicada. A estória parece ser fofa e divertida, fiquei curiosa pra ler. PS. na idade que ela tinha na epoca ja era pra ser considerada que ficou pra titia kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Paula! Realmente, tem umas que você tem até vergonha de sair na rua com elas, né? rs Essa é linda mesmo, e a história é mais linda ainda.

      Beijos

      Excluir
  6. Oi!
    Quero muito ler esse livro, gosto muito dos romances de época mas ainda não nada da Sarah MacLean, essa foi uma historia que parece ser divertida pela lista da Callie e apaixonante pois gostei muito desse casal, com certeza irei ler esse livro !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana! Também nunca tinha lido nada da Sarah, mas já virei fã da autora. Tomara que você goste :)

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.