Morte Súbita - J.K. Rowling:
Editora: Nova Fronteira
Número de páginas: 512
Classificação: 4/5

Resenha:
Desde que ouvi pela primeira vez sobre esse livro, sobre o fato de a JK Rowling ter escrito um novo livro, soube que precisava lê-lo. Não importava sobre o que era, nem mesmo a capa horrorosa dele, eu precisava tê-lo nas mãos. Assim, comprei-o em inglês assim que foi lançado, determinada a lê-lo em seguida. Porém, como vocês perceberam, isso não aconteceu. O medo de me decepcionar, principalmente depois de tantos comentários negativos, foi adiando e adiando a minha leitura, até que peguei-o para ler agora nas férias. E foi uma surpresa.

Morte Súbita me enganou. Por algum motivo, desde sempre achei que ele fosse um livro policial. E não, não o confundi com O Chamado do Cuco, pois achava isso antes mesmo do outro ser escrito. Não sei porque, já que na sinopse realmente não deixa nada claro sobre ser um livro policial, mas eu tinha certeza de que era. Mas não é. Nem um pouco. Morte Súbita conta a história de uma cidadezinha, e o que acontece nela após a morte de uma pessoa importante para a comunidade.

Barry Fairbrother era uma pessoa importantíssima na pequena cidade de Pagford. Ele estava a frente da luta contra a transferência de uma parte da cidade, onde moram os pobres e problemáticos, para outra cidadezinha, de modo com que eles não fossem mais responsáveis por aquela área. Barry, nascido naquela parte da cidade, acreditava que não existiam apenas drogados lá, e que aquela parte da cidade merecia ser cuidada. Porém, ele era minoria no Conselho da cidade, de modo que sua morte impactou profundamente o futuro da cidade.

Isso é basicamente o que temos ao início do livro, e, a partir daí, a autora nos mostra como os cidadãos de Pagford reagirão a perda de Barry. Sua família, seus amigos, seus conhecidos, seus inimigos, pessoas que o admiravam, pessoas que não se importavam com ele, todos os que foram afetados. E veremos como eles seguirão suas vidas a partir daí. É incrível como a JK Rowling conseguiu escrever uma coisa tão diferente de Harry Potter, ao mesmo tempo em que conseguimos identificar tão bem traços da escrita dela.

Eu não gostei exatamente da história, para mim faltou o 'início e fim', só teve um 'meio', começou do nada, e terminou do nada. Porém, eu acredito que tenha sido de propósito, já que a história aconteceu nesse tempo. Só não deu muito certo para mim. Outro problema que eu tive foi com a grande quantidade de personagens, o que deixou a história meio confusa a princípio, me desanimando bastante, mas quando começamos a entender quem é quem a história começa a prender.

A edição da Nova Fronteira é boa, apesar da capa horrorosa (não adianta, não consigo gostar dela), que foi mantida a original. Achei a história bem dividida, não notei erros nem nada. No geral, o livro é bom. Mesmo não tendo me entendido muito bem com a história não consegui dar menos de quatro estrelas, ele é tão bem construído que não dá para dar menos. Esperava mais do livro, é claro, mas não posso dizer que ele é ruim, porque não é. Recomendo a leitura, mas não vão ler esperando algo como HP.


16 Comentários

  1. Morte Súbita me faz querer ler para ver como a J.K. se sai em outras histórias que não sejam da sua saga mais querida, rsrs. O livro parece ser bem interessante e construído, que pena que não lhe proporcionou uma leitura perfeita. Adorei a resenha ! Abraços =)
    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dan! A escrita da JK Rowling é perfeita, mesmo não gostando muito do livro não posso deixar isso de lado. Espero ter mais sorte com os outros livros dela rs e tomara que você goste desse :)

      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Adri! Logo que eu vi que a JK ia lançar um outro livro, completamente diferente de HP, eu me entusiasmei. Ela escreve extremamente bem, então só podia esperar coisa boa, principalmente quando se tem em mente o efeito que HP causou em mim. Mas esse é um dos piores erros: a comparação. Depois de um tempo, me deparei com resenhas sobre o livro e procurei lê-las para me decidir se devo ou não ter, de fato, expectativas. Assim como você, li muitas resenhas negativas e elas diziam a mesma coisa que você disse. Excesso de personagens, história sem um inicio e um fim... Confesso que acabei me desanimando muito. Por um lado, isso é bom! Pode ser que um dia eu decida ler e me surpreenda. Quanto a capa, eu não acho ela maravilhosa, mas também não acho feia. Essa impressão sua de ser policial talvez seja devido ao título. Se você não ler a sinopse, é essa a impressão que causa.
    Terá série desse livro, não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ingrid! Foi exatamente por isso que eu demorei tanto para ler, o medo de me decepcionar. Tomara que você goste se você ler, ler um livro sem ter expectativas é completamente diferente, te dá a oportunidade de gostar do livro pelo que ele é, né? Acho que foi realmente pelo título, eu até estranhava que não falava nada sobre ser policial na sinopse rs.
      Tem uma minissérie do livro, são só três episódios, mas nunca cheguei a assistir, queria ler antes. Será que é boa?

      Beijos

      Excluir
  3. Sou a única no mundo que não gosta? oi? hahahha
    Quando li HP, não consegui sair do 2º livro, odiei a história. A partir disso nenhum outro livro da J.K. Rowling me interessou. Sim, me julguem!!!
    Tenho esse preconceito, se não gostei de um livro, duvido que eu goste de outro.
    Odeio livros com personagens demais, me dá agonia, me perco, acho que é um, ai é o outro... Ih, pra mim não rola.

    Espero que não se "decepcione" com um talvez proximo livro.
    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila! Sério que você não gosta de HP? rs Mas é normal, tem muita gente que não gosta também :)

      Beijos

      Excluir
  4. Oiiii...
    bem eu nao sabia absolutamente nada sobre esse livro...e apesar da resenha ainda to confusa...talvez seja so burrice...kk...mas gente JK é JK.....vamos da uma chance...e eu nao achei a capa tao ruim...eu ate gostei....otima resenha....bjss....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karol! Mas o livro é meio confuso mesmo, até agora, mesmo depois de ler, eu não entendi muito bem o propósito dele rs.

      Beijos

      Excluir
  5. Olá, tudo bom?
    Eu ainda não li esse livro, e confesso que ele não me interessou, eu sou apaixonada pelos livros sobre o Harry, e quero muito ler O chamado Cuco, mas Morte Súbita, não sinto nenhum minima vontade de ler, gostei da resenha, e realmente eu também acho que quando se tem muitos personagens acaba ficando meio confuso.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila! Tinha esse mesmo problema que você, sou doida para ler O Chamado do Cuco, mas não tinha tanta vontade de ler esse. Porém, coloquei na cabeça que tinha que ler esse antes do outro, e é por isso que não li o outro ainda rs.

      Beijos

      Excluir
  6. Oi, Adri.

    Desde que eu soube que a JK ia lançar um livro fora do universo do HP fiquei com medo de ler afinal, é difícil dissocia-la do Harry. Por causa disso sempre tive a impressão de que não iria gostar do que ela escrevesse uma vez que nada será tão bom quanto Harry Potter.
    Assim como você sempre achei que Morte Súbita fosse um livro policial e, como este não é meu gênero favorito, foi mais um motivo para não ler este livro.
    Quem sabe um dia ainda não o leio...

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina! É difícil separar, não é? Mas achei tão incrível reconhecer os traços da escrita dela nesse livro rs.

      Beijos

      Excluir
  7. Oi!
    Quando vi esse lançamento da JK Rowling fiquei bem curiosa para ler, mas assim que fui lendo algumas resenhas do livro vi que não é muito o tipo de leitura que gosto de fazer e também fico confusa em historia com muitos personagens !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana! Foi um livro que veio com muitas expectativas, mas que acabou não agradando muita gente. Também não é o meu tipo de leitura, acho, li achando que era outra coisa rs.

      Beijos

      Excluir
  8. Oi Adri!
    Eu também estou adiando minha leitura por medo de me decepcionar e essa capa não ajuda mesmo, a editora bem que podia ter feito uma diferente... Não sei se ia me acertar com essa história sem um começo ou fim bem definido, mas algum dia ainda me convenço a ler haha
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Evelise! Expectativas são terríveis, né? Podem estragar totalmente a leitura. Tomara que, quando você decida ler, você goste :)

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.