Oi! Essa vai ser uma wishlist especial, só com romances de época. Fazer o que, né? São os livros que eu estou doida para ler rs. Alguns desses não conheço as autoras, mas acabei vendo eles na Amazon e um foi puxando o outro e, quando vi, já estavam todos no carrinho. Espero que gostem.

Ligeiramente Escandalosos – Mary Balogh:
Série: Os Bedwyn #3
Editora: Arqueiro
Sinopse: Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa – até mesmo do amor. Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata. Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima. Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam.

Quando li o primeiro livro da série, não gostei tanto quanto esperava, e acabei não lendo logo o próximo. Porém, ouvi que os livros seguintes são melhores, então estou morrendo de vontade de ler.

As Regras da Sedução – Madeline Hunter:
Série: Os Rothwells #1
Editora: Arqueiro
Sinopse: Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado – um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden. Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível. Num gesto impensado, ela se entrega a ele, e ambos se veem obrigados a se casar. O que Alexia não sabe é que os atos aparentemente arrogantes de seu belo e sensual marido são motivados por uma dívida de honra que pode levá-lo a sacrificar tudo. Com tantas mágoas e segredos entre eles, o casal tem tudo para se manter afastado. Mas Hayden é um homem apaixonante e Alexia, a tentação que o faz perder a cabeça. Morando sob o mesmo teto, eles acabam se aproximando e, juntos, vão descobrir um jogo de sedução em que cada um faz as próprias regras.

Faz séculos que tenho vontade de ler esse livro e, desde que a Arqueiro relançou ele com outra capa, estou tentando comprar. Porém, sempre acabo deixando para depois, e nunca compro. Esses dias estava bem barato na Amazon, mas acabei não comprando. Porém, se voltar a ficar barato, compro na hora.

Era Uma Vez no Outono – Lisa Kleypas:
Série: Wallflowers #2
Editora: Arqueiro
Sinopse: Aconteceu em um baile... Inteligente, desrespeitosa e impulsiva, Lillian Bowman compreendeu rapidamente que seus costumes americanos não eram recebidos com simpatia pela sociedade londrina. E o que mais as desaprovava era Marcus, Lorde Westcliff, um insofrível e arrogante aristocrata que, por desgraça, também era o solteiro mais cobiçado da cidade.
Aconteceu em um jardim... Ali Marcus a estreitou entre seus braços e Lillian se sentiu consumida pela paixão por um homem que nem sequer lhe caía bem. O tempo se deteve; era como se existissem somente eles dois... E quase os apanham nessa atitude tão escandalosa.
Aconteceu em outono... Marcus era um homem que controlava suas emoções, um paradigma de aprumo. Com Lillian, entretanto, cada carícia supunha uma deliciosa tortura, cada beijo um convite a procurar mais- Mas como poderia considerar sequer tomar como sua prometida a uma mulher tão obviamente inapropriada?

Segredos de Uma Noite de Verão foi uma surpresa tão maravilhosa, que tenho certeza de que esse livro seguirá no mesmo estilo. Mal posso esperar para ler e saber da história da Lillian e do Marcus, personagens que eu já gosto tanto por conta do primeiro livro.

Série: Spindle Cove #1
Editora: Gutenberg
Sinopse: Spindle Cove é o destino de certos tipos de jovens-mulheres: bem-nascidas, delicadas, tímidas, que não se adaptaram ao casamento ou que se desencantaram com ele, ou então as que se encantaram demais com o homem errado. Susanna Finch, a linda e extremamente inteligente filha única do Conselheiro Real, Sir Lewis Finch, é a anfitriã da vila. Ela lidera as jovens que lá vivem, defendendo-as com unhas e dentes, pois tem o compromisso de transformá-las em grandes mulheres descobrindo e desenvolvendo seus talentos. O lugar é bastante pacato, até o dia em que chega o tenente-coronel do Exército Britânico, Victor Bramwell. O forte homem viu sua vida despedaçar-se quando uma bala de chumbo atravessou seu joelho enquanto defendia a Inglaterra na guerra contra Napoleão. Como sabe que Sir Lewis Finch é o único que pode devolver seu comando, vai pedir sua ajuda. Porém, em vez disso, ganha um título não solicitado de lorde, um castelo que não queria, e a missão de reunir doze homens da região, equipá-los, armá-los e treiná-los para estabelecer uma milícia respeitável. Susanna não quer aquele homem invadindo sua tranquila vida, mas Bramwell não está disposto a desistir de conseguir o que deseja. Então os dois se preparam para se enfrentar e iniciar uma intensa batalha! O que ambos não imaginam é que a mesma força que os repele pode se transformar em uma atração incontrolável.

Não conhecia o livro nem sei o que esperar dele, mas é um romance de época, e me interessou. Espero conseguir compra-lo logo, até porque ele não está caro. E espero gostar.

Entre o Amor e a Vingança – Sarah Maclean:
Série: O Clube dos Canalhas #1
Editora: Gutenberg
Sinopse: O que um canalha quer, um canalha consegue... Uma década atrás, o marquês de Bourne perdeu tudo o que possuía em uma mesa de jogo e foi expulso do lugar onde vivia com nada além de seu título. Agora, sócio da mais exclusiva casa de jogos de Londres, o frio e cruel Bourne quer vingança e vai fazer o que for preciso para recuperar sua herança, mesmo que para isso tenha que se casar com a perfeita e respeitável Lady Penélope Marbury. Após um noivado rompido e vários pretendentes decepcionantes, Penélope ficou com pouco interesse em um casamento tranquilo e confortável, e passou a desejar algo mais em sua vida. Sua sorte é que seu novo marido, o marquês de Bourne, pode proporcionar a ela o acesso a um mundo inexplorado de prazeres. Apesar de Bourne ser um príncipe do submundo de Londres, sua intenção é manter Penélope intocada por sua sede de vingança – o que parece ser um desafio cada vez maior, pois a esposa começa a mostrar seus próprios desejos e está disposta a apostar qualquer coisa por eles... até mesmo seu coração.

Me assustei quando vi esse porque achei que fazia parte da série do Príncipe dos Canalhas, por conta do nome da série, mas não fez sentido porque a autora era outra. Mas ai li a sinopse e fiquei com vontade de ler mesmo assim.

Madrugadas de Desejo – Jayne Fresina:
Série: Sydney Dovedale #2
Editora: Única
Sinopse: Um jogo de mistério e sedução que não terminará a menos que os dois se entreguem. A Inglaterra do século XIX é elegante, charmosa e aventureira. Um lugar onde é difícil não se deixar levar pelos deliciosos (e perigosos) jogos que lords e ladies libertinamente experimentam. Não poderia ser diferente na bela Brighton, o lar de Ellie Vyne e James Hartley: inimigos declarados desde a infância. Ellie sempre foi uma mulher de ideias a frente de seu tempo, temperamento forte, ousada e, principalmente, avessa a todas as tentativas de suas irmãs para lhe arrumarem um marido. Afinal, com 27 anos era um absurdo ainda perambular sozinha por aí. E é claro que James, um dos solteiros mais cobiçados da cidade, fazia questão de deixar clara sua desaprovação. Durante suas misteriosas escapadas, Ellie rouba algo muito precioso de James, que não terá paz até descobrir a identidade do ladrão. Querendo ou não, eles estão cada vez mais próximos. Como resistir ao charme de James e levar sua mentira adiante? Nesse jogo de perdição, Ellie arriscará tudo, inclusive seu coração. Enquanto James tenta desvendar o segredo da jovem, o desejo proibido que surge entre os dois será capaz de romper com todas as regras da alta sociedade inglesa.

Fiquei que nem doida correndo atrás do primeiro livro dessa série, mas aparentemente ele não foi lançado no Brasil. Apesar de gostar sempre de ler na ordem, adorei a sinopse desse, e vou ignorar que é o segundo.

Então, esses são os seis romances de época que eu estou doida para comprar. Já leram algum desses? Esses últimos três nunca li nada das autoras, então não sei bem o que esperar, mas tomara que sejam bons. E vocês, o que andam querendo comprar?



Oii! Em dezembro a Iza fez a meta dela de 15 livros para este ano, e eu acabei não fazendo na época. Mas, ainda não é tarde, e eu resolvi trazer a minha também. A minha meta do ano passado foi um completo desastre, li apenas Morte Súbita, e já bem no final. Assim, alguns livros vão se repetir, mas quis dar uma diversificada para ver se consigo ler esses.

De novo, a maioria são livros que já estão a tempos na minha estante, e espero conseguir finalmente tirar eles da lista de não lidos.

  

  

  

  

  


Os Miseráveis está na lista porque estou participando da Leitura Coletiva dele, apesar de ainda não ter começado. Será que consigo lê-lo todo esse ano? E vocês, fizeram alguma meta para 2016? Já leram algum desses?


Um Beijo Inesquecível – Julia Quinn:
Série: Os Bridgertons #7
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 272
Classificação: 5/5

Resenha:
Um Beijo Inesquecível é o sétimo livro da série Os Bridgertons. Apesar de ser uma série, não possui muitos spoilers a respeito dos livros anteriores, já que cada um conta a história de um irmão. Eu sempre recomendo a leitura dos livros na ordem, porque acho melhor. Porém, eles podem ser lidos independentemente. Esta resenha não possui spoiler nenhum dos livros anteriores.

Nesse sétimo livro temos a história de Hyacinth Bridgerton, a filha caçula da família. Hyacinth é única, e ninguém além de sua família e alguns amigos sabe muito bem como lidar com ela. E é por isso que, em sua quarta temporada, ela ainda recebeu nenhum pedido que valesse a pena considerar. Porque Hyacinth não iria se casar com um homem comum. Ela prefere continuar solteira a ter que se fingir de burra para agradar um homem.

Gareth St. Clair é o segundo filho de Richard St. Clair, um homem insuportável, e que claramente não gosta do filho mais novo. Não importa o que Gareth faça, ele sempre decepciona o pai. E é só quando ele completa 18 anos que ele descobre o porquê: Richard não é seu pai biológico, ele só o reconheceu para que ninguém soubesse que fora traído. Agora, dez anos depois, após a morte do irmão, a avó materna é toda família que lhe resta. E ele faria tudo por ela.

E é por isso que ele se vê acompanhando-a em um recital terrível. Lady Danbury sempre consegue o que quer. Só que agora, ela decidiu que quer juntar o neto com Hyacinth. Hyacinth, a garota que passa todas as tardes de terça-feira fazendo companhia para ela, e que está se tornando perigosamente parecida com ela. Hyacinth, a garota com a língua ligeira e que tem uma resposta para qualquer coisa que possam falar.

Mas Gareth parece conseguir deixa-la sem fala. E, a medida em que os dois vão se aproximando, primeiramente pelas tentativas nada sutis de Lady D e Violet, a mãe de Hyacinth, e depois pelo mistério do diário em italiano da avó paterna de Gareth, que Hyacinth se oferece para traduzir, eles vão percebendo que poderiam muito bem se apaixonar um pelo outro. Isso é, se isso já não tiver acontecido sem que eles mesmos percebessem.

A cada livro que passa Julia Quinn me impressiona mais. Eu sinceramente não sei mais dizer qual é o meu livro preferido. Em Um Beijo Inesquecível temos não só os dois personagens incríveis que são Hyacinth e Gareth, mas também a Lady Danbury, que é uma velha conhecida da série. Lady D é considerada pela sociedade como rabugenta e desagradável, mas na verdade é uma personagem extremamente divertida e que possui um coração enorme e, apesar de já sabermos disso desde o início da série, nesse livro ela teve o destaque que merecia (na verdade, por mim ela poderia ter um livro só dela, mas tudo bem).

As únicas duas coisas que eu posso falar que não foram tão boas foi o fato do Gareth ter problemas com o pai, o que anda sendo bastante repetitivo, e as narrações nos inícios dos capítulos para situar o leitor. Sobre essa segunda reclamação, achei que ficou estranho, não se encaixou com a história, me fez sentir falta da Lady Whistledown narrando com seus artigos de jornal (não me lembro como fizeram com os livros que ela não apareceu, mas não foi desse mesmo jeito). Mas mesmo com esses dois pequenos problemas a história não deixa nada a desejar, além de mais e mais histórias.

A edição da Arqueiro está, como sempre ótima. Tem só o problema da modelo da capa ser ruiva. Não me incomodou muito, já que não costumo prestar tanta atenção nas descrições dos personagens, mas vi que muita gente não gostou. Apesar disso, a edição segue o padrão das outras, bem estruturada, a diagramação ótima, e sem muitos erros. Agora é só esperar para o último livro para se despedir dessa série maravilhosa.

Série:
1. O Duque e Eu (resenha)
2. O Visconde Que Me Amava (resenha)
3. Um Perfeito Cavalheiro (resenha)
4. Os Segredos de Colin Bridgerton (resenha)
5. Para Sir Philip, com Amor (resenha)
6. O Conde Enfeitiçado (resenha)
7. Um Beijo Inesquecível
8. A Caminho do Altar (resenha).



Detalhe Final – Harlan Coben:
Série: Myron Bolitar #6
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 304
Classificação: 4/5

Resenha:
Detalhe Final é o sexto livro da série Myron Bolitar. Por ser uma série policial, os livros são independentes, então você não vai pegar grandes spoilers dos livros anteriores. Porém, eu sempre recomendo a leitura dos livros na ordem, para que você entenda melhor as histórias secundárias e tudo mais.

Vejo muita gente falando que os livros individuais do Harlan são bem melhores do que os da série do Myron. Porém, não sei se foi porque foi por essa série que entrei no mundo dos livros policiais, mas tenho um carinho especial por ela, e adoro todos os livros lançados, acho-os bem melhores do que os livros individuais dele. Então, já sabem que eu estava com expectativas gigantescas quando peguei esse livro, e mesmo assim gostei bastante.

Em Detalhe Final temos como personagem principal Myron Bolitar, obviamente. Myron é um agente esportivo que possui sua própria agência. Sem saber mais como lidar com os inúmeros problemas que está lidando, Myron decide tirar uns dias de folga. Ele não tinha que se preocupar com sua agência, sabia que sua sócia Esperanza daria conta e, se tivesse alguma emergência, tinha certeza de que seu amigo Win o encontraria.

É nesse momento que Myron conhece Terese, uma mulher que também está passando por inúmeros problemas, e os dois decidem fugir para uma ilha deserta, sem avisar ninguém. Mas as férias de Myron não vão durar muito. Assim como imaginava, Win vai atrás dele, trazendo uma péssima notícia: sua melhor amiga, Esperanza, acaba de ser acusada de matar o mais antigo cliente de Myron, Clu Haid.

Myron não acredita na história, mesmo com tantos fatos acusando Esperanza. E não aceita ficar fora disso, mesmo que ela peça. Assim, Myron vai investigar essa história, tendo como objetivo não só provar a inocência de sua amiga, mas também pegar o verdadeiro assassino de Clu. Mas Myron nem imagina que Esperanza possa ter uma boa razão para querer mantê-lo longe dessa história. Porque a verdade pode ser terrível, e pode causar um impacto enorme em sua vida.

Myron, Win e Esperanza são personagens incríveis, desde o primeiro livro. E continuam sendo, cada um com seu jeito único, e sempre apoiando um ao outro. Em Detalhe Final vimos um pouco mais de Big Cyndi, e ela é uma personagem que eu não dava muita atenção, mas que é incrível. Ela é leal e protetora, e me surpreendeu bastante. Sem contar que as descrições dela são impossíveis de ignorar, morro de rir.

Detalhe Final é mais um livro ótimo dessa série. Para mim, ele só teve um problema: fez muita referência ao que acontece no livro anterior, o que me deixou chateada por não lembrar de tudo o que acontece. Porém, não é nada indispensável para o entendimento da história desse livro, é mais para o entendimento do que se passa na vida dos personagens ao longo da série, a história de fundo.

A edição da Arqueiro está ótima, como sempre. Adorei a capa, a diagramação se mantém no mesmo estilo dos outros livros, e eu notei poucos erros de digitação/concordância. Não é o meu livro preferido da série, mas mesmo assim é um livro muito bom. Recomendo.

Série:
1. Quebra de Confiança (resenha)
2. Jogada Mortal
3. Sem Deixar Rastros (resenha)
4. O Preço da Vitória
5. Um Passo em Falso (resenha)
6. Detalhe Final
7. Darkest Fear
8. Promise Me
9. Quando Ela Se Foi (resenha)
10. Alta Tensão.


Morte Súbita - J.K. Rowling:
Editora: Nova Fronteira
Número de páginas: 512
Classificação: 4/5

Resenha:
Desde que ouvi pela primeira vez sobre esse livro, sobre o fato de a JK Rowling ter escrito um novo livro, soube que precisava lê-lo. Não importava sobre o que era, nem mesmo a capa horrorosa dele, eu precisava tê-lo nas mãos. Assim, comprei-o em inglês assim que foi lançado, determinada a lê-lo em seguida. Porém, como vocês perceberam, isso não aconteceu. O medo de me decepcionar, principalmente depois de tantos comentários negativos, foi adiando e adiando a minha leitura, até que peguei-o para ler agora nas férias. E foi uma surpresa.

Morte Súbita me enganou. Por algum motivo, desde sempre achei que ele fosse um livro policial. E não, não o confundi com O Chamado do Cuco, pois achava isso antes mesmo do outro ser escrito. Não sei porque, já que na sinopse realmente não deixa nada claro sobre ser um livro policial, mas eu tinha certeza de que era. Mas não é. Nem um pouco. Morte Súbita conta a história de uma cidadezinha, e o que acontece nela após a morte de uma pessoa importante para a comunidade.

Barry Fairbrother era uma pessoa importantíssima na pequena cidade de Pagford. Ele estava a frente da luta contra a transferência de uma parte da cidade, onde moram os pobres e problemáticos, para outra cidadezinha, de modo com que eles não fossem mais responsáveis por aquela área. Barry, nascido naquela parte da cidade, acreditava que não existiam apenas drogados lá, e que aquela parte da cidade merecia ser cuidada. Porém, ele era minoria no Conselho da cidade, de modo que sua morte impactou profundamente o futuro da cidade.

Isso é basicamente o que temos ao início do livro, e, a partir daí, a autora nos mostra como os cidadãos de Pagford reagirão a perda de Barry. Sua família, seus amigos, seus conhecidos, seus inimigos, pessoas que o admiravam, pessoas que não se importavam com ele, todos os que foram afetados. E veremos como eles seguirão suas vidas a partir daí. É incrível como a JK Rowling conseguiu escrever uma coisa tão diferente de Harry Potter, ao mesmo tempo em que conseguimos identificar tão bem traços da escrita dela.

Eu não gostei exatamente da história, para mim faltou o 'início e fim', só teve um 'meio', começou do nada, e terminou do nada. Porém, eu acredito que tenha sido de propósito, já que a história aconteceu nesse tempo. Só não deu muito certo para mim. Outro problema que eu tive foi com a grande quantidade de personagens, o que deixou a história meio confusa a princípio, me desanimando bastante, mas quando começamos a entender quem é quem a história começa a prender.

A edição da Nova Fronteira é boa, apesar da capa horrorosa (não adianta, não consigo gostar dela), que foi mantida a original. Achei a história bem dividida, não notei erros nem nada. No geral, o livro é bom. Mesmo não tendo me entendido muito bem com a história não consegui dar menos de quatro estrelas, ele é tão bem construído que não dá para dar menos. Esperava mais do livro, é claro, mas não posso dizer que ele é ruim, porque não é. Recomendo a leitura, mas não vão ler esperando algo como HP.


Oii! Viemos trazer o resultado do Top Comentaristas de Dezembro, que terminou domingo passado, dia 10 de janeiro, e valia os livros Se eu Ficar e Para onde ela Foi, da Gayle Forman.


Regras do Top Comentaristas: quem comentar mais nos posts de dezembro (posts feitos entre os dias 01 e 31/12/2015) até o final da promoção (10/01/2016) será o vencedor. E, caso ocorra empate, faremos um sorteio entre eles pelo site random.org.

Foram 11 postagens durante o mês de dezembro, sendo que duas delas foram posts de promoção, que não contam para o Top, totalizando 9 postagens válidas.


Tivemos três participações no Top Comentaristas e, dentre elas, duas comentaram em todos os nove posts, então realizamos um sorteio entre elas:


Parabéns Karol!

Tomara que você goste dos livros! Você tem cinco dias a partir da data de divulgação do resultado (hoje) para entrar em contato conosco pelo e-mail stolennights.rab@gmail.com e nos enviar seus dados. Caso isso não aconteça, realizaremos um novo sorteio.

Muito obrigada pela participação de vocês! Aproveitem e deem uma olhada lá no Top de Janeiro, que está valendo o livro Encanto Mortal, da Sarah Cross. Tomara que gostem e participem!


Oi gente! Primeiro mês do ano e é claro que não podia faltar mais uma promoção top comentaristas pra vocês. Espero que gostem e não se preocupem, o resultado da promoção de dezembro não vai demorar pra sair.


Como sempre, o top comentaristas vai funcionar da seguinte forma:
  • Quem comentar mais nos posts de janeiro até o final da promoção será o vencedor. Caso haja duas ou mais pessoas com o mesmo número de comentários, será feito um sorteio entre elas.
  • Obs: Podem comentar quantas vezes quiserem dentro de um post, porém só será contabilizado um comentário por post.

O prêmio é o livro:
Encanto Mortal, da autora Sarah Cross

Regras:
  • Seguir o blog publicamente pelo GFC ou pelo facebook (não precisa seguir pelos dois, mas se seguirem agradecemos);
  • Deixar um comentário nessa postagem para sabermos quem está participando, com o nome de seguidor e uma forma de contato (não é obrigatório deixar a forma de contato, porém sem ela não teremos como avisar se você for o vencedor). ATENÇÃO: Somente serão contabilizados os comentários de quem deixar um comentário nesse post, então não esqueçam;
  • Ter endereço de entrega no Brasil;
  • Os comentários devem ter conteúdo para contarem para o top comentarista. Ou seja, comentários estilo ''gostei do post'', ''legal'', não serão considerados;
  • Caso haja um empate de vencedores, será feito um sorteio pelo site random.org

As considerações de sempre:

  • O vencedor deverá enviar seus dados para o e-mail stolennights.rab@gmail.com em até 5 dias após a divulgação do resultado, independentemente de ser avisado ou não. Caso isso não aconteça, o sorteio será refeito;
  • O livro será enviado em até um mês para o vencedor;
  • A promoção vai ficar no ar até o dia 10/02/2016, para que todos tenham tempo de comentar nos posts. Porém, só serão contabilizados os comentários feitos nos posts publicados entre os dias 01/01/2016 e 31/01/2016 (ou seja, os posts anteriores a esse também contam), as postagens feitas antes ou após esse tempo não serão consideradas nessa promoção.


Oi gente! Esse é meu top #10 personagens masculinos de 2015. Foi bem difícil escolher apenas dez, então acabei roubando um pouquinho na lista. Espero que gostem. E vocês? Quais foram os seus personagens masculinos favoritos do ano passado?

Han Solo
Filme: Star Wars: O Despertar da Força


Doctor
Série: Doctor Who

Tyrion Lannister e Jon Snow
Série: Game of Thrones


Demolidor
Série: Marvel's Daredevil


Wolfgang e Will
Série: Sense8



Felix
Série: Orphan Black

Rollo
Série: Vikings


Harrison Wells
Série: The Flash

Tony Stark (Homem de Ferro) e Steve Rogers (Capitão América)
Filme: Vingadores: A Era de Ultron




Jamie Fraser
Série: Outlander



Tecnologia do Blogger.