Oii! O final do semestre está chegando, e já estou montando a minha lista de livros para ler assim que terminar as aulas (não é a lista de férias ainda, pretendo ler esses antes mesmo de me considerar de férias de verdade). São aqueles livros que estou doida para ler e que estou adiando por completa falta de tempo. Foi difícil escolher só esses, se pudesse colocava minha estante inteira aqui, mas enfim. Vamos aos escolhidos.

Sinopse: O agente esportivo – e detetive ocasional – Myron Bolitar está num verdadeiro paraíso. Divide uma praia caribenha com Terese, uma mulher deslumbrante que acabou de conhecer – uma forma perfeita de se recuperar da perda recente de uma amiga querida. Seu retiro é interrompido por Win, seu amigo e parceiro em inúmeras investigações. Ele não traz boas notícias: um dos clientes mais antigos de Myron, o problemático Clu Haid, arremessador dos Yankees, foi assassinado e a principal suspeita é Esperanza, melhor amiga e sócia de Myron. De volta a Nova York, Myron está determinado a provar a inocência de Esperanza, mas os obstáculos são maiores do que imaginava. Para desvendar o crime, Myron terá de encarar o submundo nova-iorquino e abrir feridas antigas que podem ser o seu fim.

Sou apaixonada por essa série do Harlan, são sem dúvida os meus livros favoritos dele. E é por isso que esse livro parado na minha estante está me matando, mal posso esperar para ter um tempinho e poder ler ele todo de uma vez, tenho certeza de que vou adorar.

Sinopse: "Meus dedos tocaram a selenita em meu colar. Tudo o que podia imaginar era que ele foi mandando comigo, como uma espécie de recordação, talvez por minha mãe, quando Pa Salt me adotou. Ele dissera, quando me deu o presente, que havia uma história interessante pode trás daquela joia... Ele esperava que eu perguntasse. E eu desejava com todo o coração, naquele momento, ter perguntado." Agora que Maia e suas irmãs perderam o pai, cada uma delas tem em suas mãos a decisão de buscar ou não a verdade sobre sua família biológica. Maia não resiste ao chamado do passado e é atraída até o Rio de Janeiro, onde, auxiliada pelo escritor Floriano, irá mergulhar em uma história quase centenária. Nos anos 20, uma paixão devastadora entre uma aristocrata brasileira e um escultor francês é sufocada pelas convenções sociais. Uma pequena placa de pedra-sabão eternizou o amor de Izabela e Laurent, selando o destino de Maia.

Livros da Lucinda são perfeitos, mas são enormes. O que não seria um problema, se eles não fossem viciantes. Não posso pegar para ler porque sei que não vou parar até terminar, e aí quem estuda? Agora saiu o segundo livro e preciso correr para ler esse, espero que seja tão bom quanto os outros.

Sinopse: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.

Comecei a ler ele faz um tempinho mais acabei não tendo tempo de continuar. Mas estava adorando a história, então tenho muita vontade de voltar a ler. Claro, vou ter que começar de novo, já que esqueci tudo, mas não me importo rs.

Sinopse: Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. Com essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry criou há 70 anos um dos maiores clássicos da literatura universal. Não há adulto que não se comova ao se lembrar de quando o leu quando criança. Trata-se da maior obra existencialista do século XX, segundo Martin Heidegger. Livro mais traduzido da história, depois do Alcorão e da Bíblia, ele agora chega ao Brasil em nova edição, completa, com a tradução de Frei Betto e enriquecida com um caderno ilustrado sobre a obra e a curta e trágica vida do autor.

Escondi o livro lá no alto da estante porque vivia querendo pegar ele, com a desculpa de que é pequeno e seria rápido de ser lido. Mal posso esperar para saber mais dessa história maravilhosa que todos falam tão bem, e que eu mal conheço.

Sinopse: Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda. Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera. Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar. Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote. Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado. Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.

Esse eu comecei a ler faz bastante tempo já, mas não cheguei a passar do segundo capítulo e tive que deixar de lado. Espero conseguir uma chance de ler ele com calma e atenção porque acho que vou adorar.

Então, esses são os cinco livros que estou mais ansiosa para ler assim que terminar minhas intermináveis provas e trabalhos. Tem muitos outros, claro, mas esses são os principais, os que eu realmente espero conseguir ler. E vocês, quais os livros que estão mais ansiosos para ler por agora? Alguém já tem uma lista de férias? A minha deve sair início de dezembro, se eu conseguir esperar até lá rs.


Tecnologia do Blogger.