Oii! O primeiro semestre foi uma correria total para mim. Li muito menos do que eu gostaria, foram apenas 24 livros lidos, e no geral foram leituras boas, nem excelentes nem ruins. Porém, existiram aqueles livros que se destacaram, e eu gostaria de mostrar aqui os cinco livros que mais gostei nesse semestre. Tomara que gostem! Estão em ordem de leitura, e não de preferência.

Estudos Sobre Veneno – Maria V. Snyder (skoob):
Não sabia muito o que esperar desse livro, além de que a Iza e a Camilla viviam falando para eu ler ele, que ele era muito bom. Foi uma surpresa incrível, me apaixonei pela história logo no início. Ainda não consegui ler a continuação, mas espero conseguir fazer isso nesse segundo semestre.
Quote:
“— Você me enlouqueceu. Você me causou um bocado de problemas e, desde que a conheci, contemplei a ideia de dar um fim à sua vida pelo menos duas vezes. [...] Contudo, você conseguiu penetrar a minha pele, invadir o meu sangue e se apossar do meu coração. — Parece mais um veneno do que uma pessoa — foi tudo o que consegui dizer. Sua confissão ao mesmo tempo me empolgava e me chocava. — Exatamente — ele retrucou. — Você me envenenou.”

Post Mortem – Patricia Cornwell (skoob):
Patricia Cornwell é extremamente elogiada no mundo dos livros policiais, então eu não via a hora de ler algo dela. E não me decepcionou, nem um pouco. Post Mortem traz uma história incrível, muito bem construída, toda encaixada, não deixa nada sem sentido. É uma leitura indispensável para quem gosta do gênero.
Quote:
“Mortes violentas são um espetáculo público, e essa faceta da profissão que eu exercia conflitava violentamente com minha sensibilidade. Tentava ao máximo preservar a dignidade das vítimas. Pouco podia fazer, porém, depois que a pessoa se tornava um caso, ganhava um número, transformava-se num item protocolado que circulava de mão em mão. A privacidade acabava, como a vida.”

A Rainha Normanda – Patricia Bracewell (resenha):
Sempre que eu vejo um livro histórico logo me interesso, e com A Rainha Normanda não foi diferente. Nunca tinha lido nada sobre essa época da história, e fiquei morrendo de curiosidade. Terminei o livro com vontade de procurar tudo sobre essa época para conhecer melhor, adorei.
Quote:
“Emma teve a impressão de que haviam chegado a uma época em que o amor não tinha lugar. Que era algo a ser apagado, queimado e descartado, deixando espeço apenas para o ódio, o medo e, na melhor das hipóteses, uma fria aliança ocasional. O amor que ela própria sentira [...] nada lhe trouxera além de dor. O amor pertencia a um outro mundo. Talvez pudesse ser encontrado após a morte, mas seria imprudente, pensou, procurá-lo durante a vida.”

Ritos da Primavera – Diana Peterfreund (skoob):
Essa série estava para ser lida fazia anos, mas eu nunca pegava para começar. Mas foi só ler o primeiro livro para viciar completamente nessa série incrível. E o melhor é que, a cada livro, a história só melhora. Li só os três primeiros e, apesar de todos serem ótimos, esse terceiro ganhou como favorito. Vale muito a pena.
Quote:
“– Você quer... dividir uma pizza ou algo assim? – Eu disparei. Ele hesitou. – Você quer ser vista em público com... – uma pausa milimétrica, – ...seu rosto desse jeito? – Eu inclinei minha cabeça para o lado. – A verdadeira questão é: você quer ser visto em público ao lado de alguém com um rosto desse jeito? – Eu consideraria isso. – Ele se levantou, sua expressão ainda cautelosa.”

A Viajante do Tempo – Diana Gabaldon (skoob):
Já tinha ouvido falar dessa série faz uns anos, mas não tinha prestado muita atenção (a edição da Rocco era caríssima). Agora, com a série de TV e o relançamento pela Saída de Emergência, finalmente peguei para ler. E, apesar de o livro ser bem cansativo por conta de toda a descrição que ele tem, a história é incrível, e eu já estou doida para ler mais sobre ela.
Quote:
“Duzentos anos à frente, mais ou menos, eu me casara naquela capela, encantada na época com sua natureza antiga e pitoresca. A capela agora estava estalando de nova, as tábuas ainda não estavam assentadas com aquele charme que iria adquirir ao longo do tempo, e eu estava prestes a casar com um escocês de vinte e três anos, católico e virgem, com a cabeça a prêmio.”

Então, esses foram os cinco livros que mais gostei durante o primeiro semestre. São leituras super recomendadas, e que eu já estou com vontade de reler (menos Outlander porque é gigante). E vocês, quais foram os livros preferidos do semestre? Já leram algum desses?


Tecnologia do Blogger.