Oii! Faz muito tempo que não respondo TAGs aqui no blog, e pretendo mudar isso. Achei uma bem legal no blog De Tudo Um Pouquinho e, mesmo sendo meio fora de época (era em homenagem ao dia das mães), achei tão legal que quis responder mesmo assim!

A TAG foi criada pela Taty Salazar do blog Coleções Literárias e pelo Marcio Silva do blog Um Baixinho nos Livros, e consiste em escolher livros que se encaixam em famosas frases de mães. Espero que gostem.

Regras:
1. Mencionar e Linkar os blogueiros que criaram a tag: Taty Salazar – Coleções Literárias e Marcio Silva – Um Baixinho nosLivros.
2. Indicar no mínimo 5 blogs para responder a tag (não esqueça de avisar que você os tagueou).
3. Escolher entre as duas imagens e colocar no post junto com a tag. Imagem 1 ou Imagem 2.

1. Eu vou contar até 3...
Um livro que você não via a hora de acabar.

Nem lembrava mais desse livro, mas foi um que eu lia, lia e lia, e não saia do lugar. Levei um mês para ler esse livro, e só consegui terminar com muito esforço. Não digo que o livro é ruim, porque cada um tem sua opinião, mas ele não deu certo para mim. Não gostei nem um pouco.




2. Se você falar isso de novo eu te arrebento os dentes!
Um livro que você não suporta que falem mal.

Não sou de brigar com ninguém, pois acredito que cada um possa ter sua opinião, e quem sai xingando não vai me escutar de qualquer forma. Mas bate aquela agonia quando alguém vem falar mal de Harry Potter...





3. Se você correr vai ser pior!
Um livro que você corre dele, mas sabe que um dia vai ter que ler.

Não corro dele exatamente, só não tive coragem de ler ainda. Morro de medo de me decepcionar e acabar estragando um pouco a imagem que tenho da JK Rowling como autora.



4. Vem comer se não esfria!
Um livro que você leu logo que lançou.

Não tinha outra escolha, li com uma tradução meio mal feita na internet assim que o livro saiu em inglês, tamanho o desespero que era para saber o que iria acontecer (e depois não acreditei que era o livro real e continuei desesperada).




5. Você não é todo mundo!
Um livro que todo mundo odeia, menos você.

Foi o que mais se encaixou na resposta, não é todo mundo que odeia. Lembrei dele porque o tanto de gente reclamando desse livro foi o que me fez querer ler Enfeitiçadas em primeiro lugar. Me apaixonei por essa trilogia logo no início do primeiro livro e agora estou sofrendo de antecipação pelo último.



6. Quantas vezes eu já disse para você não fazer isso?
Um personagem que mais te irritou e fez burrada.

Não podia perder a oportunidade de falar desse livro. Tessa me irritou profundamente com as atitudes dela, passei tanta, mas tanta raiva com esse livro, que até hoje só de lembrar já me dá raiva. Dá vergonha por ela. E mais raiva.




7. Não! Quando eu digo que não, é não!
Um livro que você não lerá, não importa o quanto as pessoas falem bem.

Não interessa o quão elogiado seja esse livro, ou qualquer outro do autor, eu nunca vou ler um livro desses. Não é nem por não querer, porque tenho sim curiosidade, mas as consequências não seriam boas. Sou extremamente medrosa, e não dormiria por sabe-se lá quanto tempo depois de ler rs.


8. Não mente para mim!
Um personagem mentiroso ou um personagem que te enganou direitinho.

Tive que pegar emprestada a resposta da Taty do Coleções Literárias. Gregory me enganou direitinho no segundo livro (dá para ver pelas minhas resenhas da série), normalmente eu percebo as intenções dos personagens, ou pelo menos se eles são bons ou ruins, mas o Gregory me enganou completamente.


9. Coração de mãe não se engana!
Um livro que te conquistou pela capa e a leitura foi ainda melhor?

Tive uma época de procurar e-books grátis na Amazon. Ficava olhando as listas e “comprava” os que me interessava. Pela capa, óbvio. E acabei me deparando com esse. É um livro lindo, e foi graças a ele que surgiu minha vontade gigantesca de conhecer a Nova Zelândia.



10. Tá chorando sem motivo por quê? Pera aí que eu vou te dar um motivo para chorar!
Um personagem chorão, que te fez raiva.

Agora vou ter que roubar a resposta da Layane do De Tudo Um Pouquinho, apesar de ter vários outros livros com personagens chorões que me passaram raiva (eu só não consigo lembrar quais são). Julien me irritou profundamente nesse livro, sempre se fazendo de coitadinho, de vítima, e não levando em consideração a vida da esposa, que se sacrificava tanto para ele ter a oportunidade de seguir seu sonho.


11. Come só mais um pouquinho!
Um livro que fez você dizer: Vou ler só mais um pouquinho!

Na verdade foi assim com todos os três primeiros livros da série (não li o último ainda). Mas atingiu ao máximo nesse terceiro, virei a noite em dia de semana lendo ele, e não parei enquanto não terminei (sim, eu costumava fazer isso direto antigamente, mas agora evito ler a noite por conta disso). Completamente viciante.



12. Quantas vezes vou ter que repetir?
Um livro que você teve ou terá que reler para entender melhor.

Falei isso na resenha dele. É um livro interessantíssimo, e que tem uma história que te prende e te faz querer ler rápido. Mas não deve ser lido rápido, senão você se perde. E foi isso que eu fiz. Fui lendo e ignorando o que não entendia e acabei sem entender tudo, e morrendo de vontade de ler de novo com calma para pegar os detalhezinhos que perdi da primeira vez.


13. Não fez mais que sua obrigação!
Um livro que você leu por “obrigação”.

Nunca fui de ler por obrigação, os livros da escola que tinha que ler eu lia, se tinha vontade, ou não lia. Nunca quis estragar um livro ao ler por obrigação. Mas a adaptação de Os Miseráveis me chamou a atenção e acabei lendo, e me apaixonei. Tanto que fui atrás do livro original (que um dia termino de ler).


14. Coração de mãe sempre cabe mais um!
Os três próximos livros que você está louco para comprar.
  
Não li ainda o segundo de Trono de Vidro, mas me apaixonei pelo primeiro e quero ler todos os livros da série, então A Lâmina da Assassina está nos super desejados. O Príncipe dos Canalhas está sendo tão elogiado que eu realmente não sei como ainda não comprei. E Royal Wedding é o meu mais novo super hiper mega desejado (junto com From the Notebooks of a Middle School Princess), não importa o quão infantil possa ser, O Diário da Princesa sempre vai ter um cantinho especial na minha vida.


15. Isso, quebra mesmo! Não foi você quem pagou!
Um livro que você emprestou e voltou irreconhecível.

Felizmente nunca recebi de volta um livro destruído (acho que as pessoas me conhecem e percebem que isso não seria legal), mas já recebi livros de trocas descritos como em “ótimo estado” que vieram destruídos. Becky Bloom: Delírios de Consumo na 5ª Avenida não tenho nem coragem de ler, porque tenho a impressão de que o livro vai se soltar todo :/


Bom, todo mundo sabe que nós não indicamos ninguém em específico para responder as tags. Quem quiser responder, sinta-se indicado. E não se esqueça de deixar o link aqui nos comentários para que eu possa comentar lá! E quem quiser responder aqui nos comentários também sinta-se indicado!


Tecnologia do Blogger.