Branca de Neve e o Caçador – Lily Blake, Evan Daugherty, John Lee Hancock e Hossein Amini:
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 208
Classificação: 3/5

Resenha:
Apesar de a história da Branca de Neve ser a minha preferida, eu nunca me interessei muito por esse livro. Assisti ao filme e achei a história dele até que legal, mas não fiquei curiosa em ler o livro, já que ele foi baseado no filme. Porém, ele estava aqui em casa e era fininho, e eu resolvi dar uma chance. E acabei até que gostando, achei melhor do que o filme (até porque no livro não tem a Kristen estragando a personagem).

Em Branca de Neve e o Caçador temos, assim como na história original, uma rainha má que enganou o rei para se casar com ele. Porém, nesse livro, logo após o casamento Ravenna mata o rei e todos os que são fieis a ele, e toma o castelo, juntamente com seu irmão, Finn. Ela fica com pena de matar a pequena princesa, e manda tranca-la nas masmorras. E assim Branca de Neve passa mais de metade da sua vida, esquecida em sua cela.

Até que outra garota é levada para as masmorras, e Branca de Neve ouve pela primeira vez notícias do lado de fora. Ela descobre que William, seu melhor amigo e filho do duque, escapou e vive em uma fortaleza longe do castelo, e que eles ainda lutam contra a rainha. Em um golpe de sorte Branca de Neve consegue escapar, justamente quando a rainha descobre que precisa do coração de Branca para que a magia que utiliza funcione permanentemente.

Afinal, já não estão mais sobrando jovens bonitas para ela sugar a beleza delas, e ela está precisando cada vez de mais. E, de acordo com o espelho, Branca de Neve é a única que pode salva-la. E é por isso que Finn precisa encontra-la. Mesmo que ela esteja na Floresta Sombria, ela não pode escapar. Assim, Ravenna vai contratar o caçador, Eric, para que ele a encontre. Afinal, ele é o único que sabe andar dentro daquele lugar.

Mas o caçador logo vai perceber que a garota não fez nada de errado, e vai se perguntar se realmente vale a pena aceitar a oferta da rainha. Será que ela conseguirá cumprir sua parte do acordo? Será que é possível? Será que não é melhor salvar a garota de um destino terrível, ao invés de algo que pode ou não acontecer? Afinal, a rainha não é confiável, todos sabem disso.

Eu me surpreendi ao encontrar uma história extremamente fiel à do filme. Acho que, por ser um livro adaptado do filme, ao invés de o contrário, fica mais próximo, apesar do livro acrescentar bastante coisa. Fiquei o tempo todo com a impressão de que já tinha lido essa história, e lembrava das cenas todas na minha cabeça, como se eu tivesse acabado de assistir ao filme e lembrasse de tudo, e não a muito tempo atrás sem lembrar de nada.

A edição da Novo Conceito está maravilhosa. A capa é baseada no filme, e combina bastante, a diagramação está perfeita, muito caprichada e bem feita, com páginas especiais nas mudanças de capítulos e tudo. Não notei erros de digitação nem de concordância, a editora fez um ótimo trabalho com esse livro. Branca de Neve e o Caçador é um livro bem rápido de ser lido, bem pequeno, e que vale a pena para quem gosta de recontagem de contos de fada. Não é a melhor recontagem que existe, mas é bem boa, e eu achei melhor que o filme.


12 Comentários

  1. Ari, acredita que estou lendo justamente esse livro?
    Juro que não sabia que era baseado no filme. Eu não assisti, mas estou gostando do filme.
    Fiquei mega chocada quando a rainha mata o rei e a forma fria que ela faz tudo isso, assim como você descreveu.
    Uma dozinha a Branca de Neve presa durante anos e sem poder fazer nada.
    A edição está mais que maravilhosa, concordo com você. A capa está lindíssima.
    Adorei sua resenha e mesmo não tendo terminado o livro, li sem medo de ter spoilers hahaha. Estou gostando bastante da obra. A história da Branca de Neve também é a minha preferida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Naty! Sério? rs Eu assisti o filme faz uns anos já, e não gostei muito, aí acabei desanimando com o livro. Mas acabou que ele me surpreendeu, até cheguei a gostar dele rs. Vou elogiar essa edição da Novo Conceito quantas vezes eu puder, porque realmente, ela está maravilhosa rs :)

      Beijos

      Excluir
  2. Oi Adri!
    Eu não tinha interesse nesse livro exatamente por ele ser baseado em um filme que não gostei muito. Sou fã de releituras de contos de fadas e, agora que sei que o livro é melhor, fiquei curiosa. Já faz tempo que assisti, mas acho que também vou lembrar da história enquanto leio.
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Evelise! Também tive esse medo, mas acabou que gostei do livro. É bem fiel ao filme, mas ele acrescenta alguns pontos que melhoram bastante. Tomara que você goste :)

      Beijos

      Excluir
  3. Assim como você, Adri, assisti o filme e também achei ele legalzinho, por isso nunca me interessei em ler o livro, até porque soube que era fiel ao filme. Uma pena porque adoro contos de fadas. Acho que deveria ter lido o livro primeiro e depois assistido o filme. Talvez quando não lembre mais do filme eu pegue o livro para ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amália! O livro é realmente muito fiel, mas eu gostei mais do livro rs. Fazia tempo que eu tinha assistido ao filme e não lembrava de quase nada, mas ao ler o livro fui lembrando de tudo, e isso não acabou estragando não, porque o livro tinha alguns detalhezinhos que faziam a diferença, e que acabaram me surpreendendo. Tomara que você goste :)

      Beijos

      Excluir
  4. Oxe! Confesso que me surpreendi com sua resenha, pensei que fosse ler e ia te ver apenas reclamando do livro. Também achei o filme apenas legalzinho, mas você me deixou com vontade de ler, mesmo que tenha sido um livro 3 estrelas. Vou pegar pra ler uma hora dessas porque gosto de releituras de contos de fadas, apesar de não ter tido muito contato com isso.

    Beijos, Greice.
    diariodaalvorada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Greice! Eu também pensei que iria fazer uma resenha desse jeito, antes de ler o livro. Mas acabou que ele me surpreendeu, porque é uma boa releitura. Pelo menos na minha opinião, o que me fez não gostar tanto do filme foi alguns atores, e não a história em si. E o livro é bem rápido de se ler, então vale a pena :)

      Beijos

      Excluir
  5. Oi Adry nossa bem diferente do filme neh hahaha bem que o diga que o livro e sempre melhor que o filme e é mais pura vdd.. sentir que o livro e bem mais emocionante e cheios de coisinhas a mais, ameei a sua resenha gostei mto do livro, espero em breve poder lê-lo rsrsr.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elenita! Não posso dizer que sempre acho o livro melhor que o filme, mas na maioria das vezes sim. Quando o filme é feito em cima do livro quase sempre prefiro o livro, mas quando o livro que é escrito em cima do filme já é mais complicado, sei lá. Mas esse é bom até, tomara que você goste :)

      Beijos

      Excluir
  6. Até hoje não assisti esse filme inteiro, talvez seja pela atuação da Kristen ou algo mais que não me motiva, talvez lesse o livro, afinal é uma releitura fiel ao filme lógico já que foi adaptado do mesmo, mas podemos conhecer os personagens mais a fundo, todas as vontades e maldades de Ravenna, os questionamentos do caçador Eric e o que Branca enfrenta para retomar o poder e derrotar a rainha, tenho alguns outros livros que reconstroem esse mesmo conto e por enquanto ficarei com eles, bom saber que a editora trouxe uma edição muito bem trabalhada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi David! Também tenho muitos problemas com a atuação da Kristen, e isso estragou um pouco do filme para mim. Mas realmente, o livro vai bem mais a fundo nos personagens, gostei bem mais.

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.