Simple Genius – David Baldacci:
Título em português: Gênios do Poder
Série: Sean King & Michelle Maxwell #3
Número de páginas: 420
Classificação: 4/5

Resenha:
Simple Genius é o terceiro livro da série Sean King & Michelle Maxwell. Sendo uma série policial, não é necessário seguir a ordem de lançamento dos livros, pois são histórias independentes. Porém, é sempre melhor seguir a ordem cronológica, pois assim você pega as histórias paralelas, percebe o crescimento dos personagens, entende mais a história deles.

Eu estava muito ansiosa para ler esse livro, porque eu adoro essa série e queria muito saber o que acontecia entre o segundo e o quarto livro, mas acabei demorando bastante tempo para começar. E um tempinho maior que os outros para terminar também, mas não por culpa minha. Esse livro envolve a CIA, envolve conspiração, espionagem, e tudo isso, o que dificulta um pouco a leitura, principalmente sendo em inglês. Mas vale a pena.

Em Simple Genious, Sean e Michelle se mudaram de volta para Washington, a fim de esquecer o que aconteceu no livro passado. Michelle está mal, e Sean não sabe mais o que fazer para ajuda-la. É como se ela tivesse desistido de viver, não é mais ela mesma. Depois de um incidente em um bar, Sean não acha outra alternativa senão interna-la em uma clínica de reabilitação. E convence seu amigo Horácio a ajuda-la.

Só que ele não pode esperar Michelle melhorar para voltar a trabalhar. Afinal, ele não sabe quanto tempo vai demorar a ela voltar ao normal, e eles precisam de dinheiro. Então ele vai fazer o que jurou nunca fazer: ele vai ligar para sua antiga colega Joan, que trabalha agora em uma grande agência de detetives particulares, e pedir a ela trabalho. Só que o caso simples que ela passou a ele vai acabar se tornando mais complicado do que parecia.

Sean vai se ver no meio de uma cidade onde tudo é secreto e bem protegido, com guardas em todos os cantos, e onde ninguém quer responder às suas perguntas, ele não consegue descobrir nem o que é feito naquela cidade. Ele vai atrás de respostas em todos os cantos e, a cada descoberta que ele faz, só acaba trazendo mais perguntas. E as perguntas que ele faz podem começar a ser perigosas, quando ele acaba se envolvendo com a CIA.

Ao mesmo tempo, Michelle está na clínica, sem entender muito bem o que precisa fazer para melhorar, sem acreditar que aquilo vá fazer algum bem a ela. Então ela vai começar a descobrir coisas suspeitas na clínica, e investigar, porque é isso que ela faz, ela investiga, e não fica sentada sem fazer nada. E ela vai cansar logo daquele lugar, e fazer o possível para ajudar Sean naquele caso que ele pegou, mesmo ela não sabendo quase nada sobre ele.

De todos os livros da série que eu li até agora (os quatro primeiros), esse foi o que eu menos gostei, mas não por ele ser ruim. Eu não gosto muito de livros que envolvem espionagem, porque é necessário ler eles com mais calma para entender, e eu não tenho paciência, leio tudo rápido. E esse livro eu ainda li em inglês, o que dificultou mais ainda, e eu acabei demorando bastante tempo para entender direito a história.

Mas mesmo assim foi um livro bom, a parte que envolve a CIA foi muito bem trabalhada, e acabou me deixando curiosa, mesmo eu não gostando tanto assim de histórias desse tipo. Adoro a parceria entre o Sean e a Michelle, e adorei que nesse livro focou bastante na história da Michelle, no passado dela, adorei conhecer mais de sua vida. É um livro muito bom, assim como os outros da série, e eu recomendo.

Série:
1. Split Second (resenha)
2. Hour Game (resenha)
3. Simple Genius
4. Traição em Família (resenha)
5. O Sexto Homem (resenha)
6. King and Maxwell.


Tecnologia do Blogger.