Amor Sem Limites – Abbi Glines:
Série: Sem Limites #3 e Rosemary Beach #4
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 192
Classificação: 4/5

Resenha:
Amor Sem Limites é o quarto livro da série Rosemary Beach. Então, se você ainda não leu os outros, eu aconselho que você não leia esta resenha, pois ela contém spoilers dos livros anteriores.

Blaire e Rush estão noivos e pretendem se casar logo, antes do bebê nascer. Mas o aparecimento de Dean Finlay, o pai de Rush, vai adiar os planos deles. Rush precisa dar um jeito em Nan, sua irmã, que está infernizando a vida do pai dela, desde que descobriu quem ele era. E Dean não aguenta mais as gritarias em sua casa, já que Kiro, seu companheiro de banda e amigo, não se entende de jeito nenhum com a filha, e nem faz questão disso.

Então Blaire e Rush vão deixar Rosemary Beach para ir até Los Angeles ver se conseguem fazer Nan e o pai se entenderem. Mas isso vai se provar bem difícil, pois Kiro já tem uma filha, e Nan não aceita o fato de ele a ter assumido e a ela não. E Rush vai ficar mais uma vez dividido entre cuidar da irmã ou de Blaire e seu filho, vai ficar em dúvida em quem pôr em primeiro lugar.

E Blaire vai ter que decidir se aceita isso, sempre ficar em segundo lugar, ou se acredita que merece mais. E, depois disso, ela vai ter que lutar para conseguir o que quer, o que acredita merecer. Mesmo que isso signifique deixar Rush. Afinal, ela precisa fazer o que é melhor, não só para ela, mas para seu filho também.

Em Amor Sem Limites conhecemos novos personagens, e revemos antigos. A autora introduz personagens que serão abordados nos próximos livros, além de nos apresentar personagens importantes para os personagens principais. Sobre a ordem cronológica da série Rosemary Beach, ele se passa meio que junto ao primeiro livro da Della e do Woods, mas é melhor ler Estranha Perfeição antes porque este termina um pouco depois.

Eu me decepcionei um pouco com o livro porque achei que a autora iria achar outra coisa para por na história da Blaire e do Rush, mas ao invés disso ela colocou a Nan de volta para incomodar. Acabou ficando meio repetitivo, principalmente porque ela vai continuar aparecendo no livro do Grant, continuar incomodando lá. Isso acabou me fazendo me decepcionar, mas mesmo assim a história foi muito boa, e teve um final lindo.

A edição da Arqueiro está como sempre, impecável. Não notei erros de digitação nem de concordância nem nada, e a diagramação está ótima. A capa é linda, e combina com as do resto da série. Eu recomendo, não somente esse livro, como toda a série, os livros da Abbi Glines são leves e rápidos de se ler, e valem muito a pena.

Série:
1. Paixão Sem Limites (resenha)
2. Tentação Sem Limites (resenha)
3. Estranha Perfeição (resenha)
4. Amor Sem Limites
5. Simples Perfeição (resenha)
6. Rush Sem Limites (resenha)
7. A Primeira Chance (resenha).


10 Comentários

  1. Ai Adri agora eu descobri que eles estão noivos, ainda bem que parei nessa frase mas bem que você avisou. Essa primeira trilogia com certeza termina de uma forma bem clichê, ainda não li Tentação sem limites mas é bastante óbvio o ritmo que a história vai tomar. Espero gostar bastante dos 2 que ainda faltam, uma pena que você tenha achado repetitivo o final e concordo com seu ponto de vista, fica chato quando o autor insiste em bater sempre na mesma tecla, perde a graça e o ânimo pela leitura diminui.

    Beijos, Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Greice! Essa série é extremamente clichê, mas mesmo assim é tão boa de ler rs. Tomara que você goste :)

      Beijos

      Excluir
  2. Quando foi o lançamento dessa série não pensei em ler, mas depois de ver as resenhas e de acompanhar por elas acabei convencendo lê-la apesar de saber que há os clichês e não é uma série espetacular, mas creio que pela forma rápida e não cansativa ao lê-la, também gosto de clichês de vez em quando. Mas, fiquei curiosa em saber o que acontece, o desenvolvimento da história em si.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! A série não é daquelas que você vai se lembrar para o resto da vida, mas é uma ótima série para passar o tempo, não? Dá para ler em uma tarde e tudo mais, acho que é uma das coisas que mais me encanta nela rs.

      Beijos

      Excluir
  3. Oi Adri, confesso que achei essa série meio bobinha mas como é gostosinha de ler estou acompanhando.
    Em Paixão sem Limites eu havia adorado o Rush mas depois em Tentação sem Limites ele começou a me irritar e essa relação dele com a Nan me pareceu extremamente forçada no enredo.
    Agora que sei que isso continua neste terceiro livro a série cai um pouquinho no meu conceito, preferiria que a Blaire ficasse com o Woods afinal ele trata ela melhor que o próprio Rush.
    Gostaria também que a relação da Blaire com o pai fosse mais explorada, adoraria que eles se entendessem de vez e passassem a ter uma relação melhor.
    Mas, apesar de tudo isso, a curiosidade é maior e continuarei a ler os livros kkk.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina! É extremamente óbvia, mas é tão boa de ler que não dá para abandonar, né? Você leu o primeiro livro da série do Woods? A autora achou alguém para ele, e fiquei bem feliz pela escolha, tomara que você goste. Sobre a relação entre a Blaire e o pai dela, esse último livro explora bem mais as relações familiares, acho que você vai gostar.

      Beijos

      Excluir
  4. Ainda não li a série, por isso não li a resenha. Sempre falam muito bem dessa série. Só que putz, são 8 livros, e pelo visto ainda estão na metade! Não gosto de começar a ler uma série e ter que ficar aguardando os outros livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria! São muitos livros mesmo, mas na verdade são várias trilogias que se entrelaçam, sabe? Então as histórias tem início, meio e fim logo, e aí continua por outros personagens. Aí fica bem melhor :)

      Beijos

      Excluir
  5. Eu fiquei chateada com a autora, pois eu adoro a série Rosemary beach, mas esse livro foi muito rápido, não foi muito rico em detalhes, eu fiquei curiosa com várias coisas e por ser o ultimo livro, eu esperava muito mais, eu gostei, mas acho que poderia ter sido melhor ainda. Pensei que a Nan ia melhorar, mas ele continuou insuportável e vai ser sempre assim. Por isso tudo é que o livro me chateou, espero me surpreender nos outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda! Também queria mais da história, mas, como não é o último livro da série mesmo, acredito que veremos mais um pouco do Rush e da Blaire nos outros livros, mesmo que seja um pouquinho. Pelo menos espero isso rs. Não tem jeito, a Nan não muda mesmo, e o pior é que ela vai mesmo continuar aparecendo :/

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.