Iluminadas – Lauren Beukes:
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 320
Classificação: 3/5

Resenha:
Eu nunca iria ler Iluminadas pela capa ou pela sinopse porque, apesar de a sinopse ser interessante, parece muito um livro de terror. Mas vi uma resenha no blog S2 Ler e decidi que precisava ler de qualquer jeito, e que não parecia tão assustador. Realmente, eu não fiquei com medo, não achei assustador (e isso é muito vindo de mim). Mas também não achei toda aquela coisa que eu esperava que fosse. Sim, o livro é bom, a história é muito bem desenvolvida e tudo mais, mas eu não gostei tanto assim.

Iluminadas conta a história de Harper, um assassino da época de 1930, que encontra uma casa “mágica”. Nela, ele consegue se transportar para várias épocas diferentes, e tem como missão matar as garotas iluminadas. Aquelas garotas que brilham para ele, aquelas que não devem ter um futuro. É como se fosse um jogo, ele deve seguir exatamente os passos que a casa determina. E ele não está nem um pouco triste com isso, afinal, é seu destino fazer isso. E ele adora matar. Principalmente aquelas garotas.

São crimes perfeitos. Afinal, ele não tem como ser pego, porque ele não existe naquelas épocas. Ninguém o encontra, a não ser que ele queira. Ele encontra as garotas quando elas ainda são crianças, se apresenta a elas, e diz que vai voltar por elas. E, quando elas crescem, ele volta. Mas ele não é mais aquele cara simpático que traz presentes a elas. Agora ele é o assassino, o cara que gosta de mata-las de uma forma bem lenta e dolorosa. E ninguém sobrevive a ele. Até Kirby.

Kirby é uma das garotas iluminadas, e Harper a encurrala em uma floresta. Ela não era para escapar. Ninguém devia escapar. Mas ela acaba escapando. E é só em uma diferente época que Harper descobre que ela sobreviveu. Agora, já adulta, Kirby começa um estágio de jornalista no local onde Dan trabalha. Dan, o jornalista que noticiou sua história. O jornalista que costumava cobrir as matérias de crimes. Mas agora ele não mexe mais com isso. Agora ele é um jornalista esportivo.

Um jornalista esportivo que não pretende aceitar tão facilmente ajudar Kirby em sua busca contra o cara que quase a matou. Mas isso não importa, porque Kirby sabe insistir até conseguir convencer as pessoas. E ela não vai desistir facilmente de fazer o trabalho que a polícia não fez. Ela acredita que o cara já matou antes, e que continuará matando se ninguém o impedir. E ela vai atrás de descobrir suas outras vítimas, não importa o quão estranhas as coisas possam parecer.

Mas o que ela vai encontrar vai tirar todo o sentido de suas pesquisas, porque nada faz sentido. Principalmente quando ela começa a tentar entender os estranhos objetos deixados junto com as vítimas. Objetos que podem parecer comuns, mas que definitivamente não são. E cada vez mais suas teorias vão parecendo mais estranhas e malucas. E cada vez mais ela vai achando mais difícil de acreditar nelas, porque é impossível. Mas ela não vai desistir, enquanto não encontra-lo, ela vai continuar procurando. Porque ela não pode simplesmente deixar para lá.

Iluminadas tem o jeito de um livro meio de terror, mas eu não achei que seja o caso. Não achei assustador, tem partes bem agoniantes, que você sente o medo das personagens, porque a autora descreve o momento em que o Harper as mata, mas eu não fiquei com medo. Fiquei agoniada querendo tirar as personagens de lá, gritando com elas, mas não tive medo daqueles de ficar com medo de se mexer em casa imaginando que pode aparecer alguém e tal.

A história é incrível, super bem escrita, mas acho que a autora falhou um pouco na hora de intercalar os personagens. Porque como o personagem principal viaja no tempo, as coisas não acontecem em uma ordem temporal, é tudo misturado. Então a autora fez exatamente isso, misturou tudo, e foi seguindo os passos do personagem. Mas, pelo menos para mim, ficou um pouco confuso. Apareciam do nada personagens que eu não fazia ideia de quem eram. Acho que a autora poderia ter dado um pouco mais de base no início para que os leitores pudessem se localizar melhor na história.

Mas, tirando isso, a história é ótima. Achei a ideia da casa que viaja pelo tempo e orienta o morador a matar certas garotas super original, nunca tinha visto algo nesse estilo. A edição da Intrínseca está ótima, a capa é bonita e combina com o tom do livro, e eu não notei erros de ortografia ou digitação. Apesar de o livro não ter me prendido tanto e de ter me decepcionado um pouco, ainda achei uma ótima história, e recomendo sim que todos que gostam do estilo leiam.


20 Comentários

  1. Oi Adri ,tudo bem?

    Já li várias resenhas desse livro pela blogosfera e todas ela são três estrelas. A sua foi a mais bem elaboradas das que li, mas mesmo assim esse livro não me chamou a atenção. Não pretendo lê-lo. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel! Sério? Eu tinha visto um monte de gente dando cinco estrelas, mas para mim três estrelas encaixaram perfeitamente. O livro é bom, a história é bem interessante, mas ficou confuso, não sei.

      Beijos

      Excluir
  2. Pelo que você disse o livro realmente é interessante, mas acho que tem gostar realmente do estilo, o que não é o meu caso :/ Mas o livro parece bom a capa e a diagramação pela internet tbm são boas. Acho legal quando o autor saber que o leitor ira ter certeza dificuldade para se situar como ocorreu com você, escreva algo no inicio para que possamos ser orientados.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivian! Realmente, é um livro para quem gosta do estilo. A autora meio que situou os leitores no tempo, e no início de cada capítulo tinham as datas e nomes dos narradores, mas mesmo assim ficou faltando um pouco mais de explicação, sabe? Pelo menos eu fiquei bem confusa rs.

      Beijos

      Excluir
  3. Oi Adri, eu não gosto de livros de terror, mas vc disse que ele não é muito, mas mesmo assim eu gostei da historia, a resenha me deixou muito curiosa, mas ainda não sei se leria, sou uma medrosa assumida... rsrs

    Abçs :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamires! Pode ler tranquila, eu sou muito medrosa, e nem fiquei com medo rs. O livro parece ser bem assustador, mas, pelo menos eu, achei bem leve e tranquilo :)

      Beijos

      Excluir
  4. Adoro terror quero ler este livro... http://diariosdeumadesconhecidacomilona.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Eu imaginava outra coisa lendo o titulo do livro rs,
    uma casa que teletransporta um assassino, bem diferente, confesso que adoro um livro investigativo e este me deixou com uma vontade de quero ler.
    Quando é um livro que vai para frente, volta no tempo, e vai novamente,...bem pode ser confuso mesmo, uma pena a autora não ter opitado poo datas no começo de capitulos, assim facilita,
    mas vou ler.
    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neny! Leia sim, a história é bem interessante mesmo. A autora colocou as datas no começo de cada capítulo, e ainda colocou o nome de cada narrador junto, mas mesmo assim ficou meio confuso, sabe? Mas não muito, aos poucos você ia entendendo quem era quem.

      Beijos

      Excluir
  6. Oi Adri,
    Vou ser sincera. Antipatizei logo de cara com o livro.

    Gosto muito de livros policiais mas, casa mágica, que viaja no tempo e orienta o morador a sair matando garotas... eu já acho que é forçar um pouco a barra.

    Sua resenha está muito bem escrita te achei bastante imparcial acerca de suas opiniões mas, não senti nenhuma vontade de ler este livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu não me interessei muito pelo livro, só de ler a resenha eu já fiquei agoniada, como esse babaca do Harper pode gostar de matar, e decidir matar as pobrezinhas quando elas ainda são crianças, aterrorizando as meninas dizendo que um dia iria voltar, tudo bem que ele era simpático e tal, mas isso é um tanto assustador, e como ele pode se safar dos crimes, com essa facilidade de matar em outra época, é muita emoção pro meu pobre coração, já estou com ódio, dessa leitura eu passo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda! Não dá agonia? rs Imagina eu lendo, morria querendo ver como iam descobrir ele. Na verdade ele não aterrorizava as meninas quando elas eram pequenas, sabe? Quando elas eram crianças ele era realmente simpático e tudo mais, elas nem ficavam com medo. E aí que eu ficava mais agoniada ainda, sabendo que quando elas crescessem ele ia aparecer de novo e não ser nem um pouco simpático.

      Beijos

      Excluir
  8. Li "Iluminadas" e achei confuso, não sei porque, foi o primeiro Thriller que eu li então...Mesmo assim gostei da história-apesar de me perde um pouco precisei ler duas vezes para entender algumas partes.Apesar disso indiquei ele a uma amiga que gosta de livros assim e ela amou.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tânia! Também achei ele bem confuso em algumas partes, mas acho que algumas pessoas já são acostumadas, não? Por isso que não se perdem. Mas mesmo assim foi uma boa história :)

      Beijos

      Excluir
  9. Comprei esse livro meio as cegas, não imaginava do que falava fui apenas pela capa e sinopse que li rapidamente, ainda não fiz a leitura, mas depois de começar a ler as resenhas pude ver que é uma boa história, misturando sobrenatural com realidade e suspense, realmente a originalidade é ponto forte da escrita da Lauren, por se passar em tantas épocas ao mesmo tempo pode ser confuso as vezes mesmo, farei a leitura e espero entrar no ritmo e conseguir ficar assustado e surpreendido positivamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi David! Tomara que você goste bastante, apesar de eu ter achado meio confuso, a história é incrível :)

      Beijos

      Excluir
  10. Oi, tudo bem?
    Gostei da sua resenha, o livro me parece ser muito bom, e que cara do mal hein, realmente ele parece que não dá muito medo , mas tenho vontade de ler o livro vai que eu acabo me apaixonando pela historia.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila! Leia sim, só vá com calma prestando atenção nas datas para não se perder na história rs. É um livro muito bom, a história é incrível, tomara que você goste!

      Beijos

      Excluir
  11. Oiee
    Eu nunca tinha lido uma resenha desse livro e pela capa e sinopse ele não me chamou muita atenção,por isso é bom saber a opinião dos outros.Gostei muito da história,é bem diferente mesmo mas tenho certeza que vou ficar bem confusa,isso sempre acontece.Mas a leitura deve valer a pena,eu tive a oportunidade de comprar ele mas não fiz isso,é o que dar não procurar saber mais sobre a história,que arrependimento.Agora ele vai entrar na minha lista com certeza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia! Acho que é só ler com calma prestando bastante atenção nas datas que é tranquilo de entender, o problema é que fico agoniada e tento ler com pressa, ai me perco rs. Se tiver a oportunidade, leia sim, a história é fantástica!

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.