Oii! Hoje é um dia importante para mim, assim como é para a maioria dos fãs de Harry Potter! Há 49 anos, nascia a mulher que iria mudar a vida de muita gente, que iria sofrer muitas rejeições, passar muitas dificuldades, mas que não iria desistir. A mulher que iria revolucionar a literatura infantil. A mulher que iria revolucionar o mundo, que iria dar a milhões de pessoas, não somente crianças, uma história em que acreditar, uma história em que sonhar. Uma história que, mesmo depois de sete anos finalizada, continuaria sendo tão importante quanto sempre foi. Continuaria sendo o sonho, a infância, a alegria de milhões de pessoas.

E nesse dia tão importante para todos nós, a única coisa que podemos desejar é um feliz aniversário para essa mulher, que ela continue escrevendo histórias tão incríveis, continue sempre nos presenteando com pequenas histórias sobre esse mundo que tanto amamos (pode ser grandes histórias também, a gente não se importa nem um pouco). E não podemos nos esquecer de desejar também um feliz aniversário àquele a quem acompanhamos durante todo esse tempo, aquele com quem passamos nossa infância, acompanhando suas aventuras, aquele que foi nosso amigo por tanto tempo.

E para comemorar o aniversário desses dois, a Editora Galera Record divulgou uma novidade: o lançamento de O Livro das Criaturas de Harry Potter, um livro que conta como essas criaturas foram criadas nos filmes. Será uma edição de capa dura e, apesar de ainda não ter previsão de lançamento, não deve demorar muito espero. Como fã, o livro já está nos desejados e, assim que sair para venda, não vou descansar enquanto não tiver ele em mãos rs.

Dementadores e Elfos domésticos, sereianos e dragões Meteoros-chinês... Essas são apenas algumas das criaturas mágicas e monstros assustadores que habitam o mundo mágico de J.K. Rowling. "O livro das criaturas de Harry Potter" é um olhar fascinante sobre como esses seres ganharam vida para a bem-sucedida série de filmes Harry Potter. Perfis detalhados de cada criatura incluem ilustrações conceituais raras, fotografias dos bastidores e segredos cinematográficos dos arquivos da Warner Bros. Pictures. Um pôster removível retratando todas as criaturas e um catálogo interativo do Empório das Corujas completam esta indispensável coleção. Tudo isso em uma lindíssima edição de capa dura!

Então, era isso que eu tinha para dizer. Um feliz aniversário à J.K. Rowling e ao nosso querido Harry!


Oi gente! Esse post é um resumo dos lançamentos de julho, que foram divulgados na página do facebook do blog durante todo o mês. Espero que gostem das novidades :)


Skoob                                             Skoob                                               Skoob
 Buscapé                                         Buscapé                                           Buscapé

Skoob                                             Skoob                                               Skoob
 Buscapé                                         Buscapé                                           Buscapé


Skoob                                             Skoob                                               Skoob
Buscapé                                         Buscapé                                           Buscapé

Skoob                                             Skoob                                               Skoob
Buscapé                                         Buscapé                                           Buscapé

Skoob                                             Skoob                                               Skoob
Buscapé                                         Buscapé                                           Buscapé


Skoob                                             Skoob                                               Skoob
Buscapé                                         Buscapé                                           Buscapé


Skoob                                             Skoob                                               Skoob
Buscapé                                         Buscapé                                           Buscapé


Skoob                                             Skoob                                               Skoob
 Buscapé                                         Buscapé                                           Buscapé

Skoob                                               Skoob
      Buscapé                                           Buscapé     
                          


Oii! Quem aí está ansioso para a Bienal? Já está chegando! Infelizmente não vou poder ir, mas mesmo assim estou empolgada. A Editora Arqueiro divulgou a sua programação durante a Bienal, e vim aqui mostrar para vocês!

Desses da Arqueiro, o autor que eu mais queria conhecer era o Harlan Coben, adoro os livros dele, e queria muito ir para a Bienal para ele autografar meus livros, mas infelizmente nem vou ter como. Os outros autores nunca li nenhum livro deles, mas tenho muita vontade de ler! E vocês, qual desses autores mais queriam conhecer? E quem vai conseguir conhece-los, estão ansiosos?


Oi gente! Esses dias, eu fiz um post sobre as novidades divulgadas na Comic Con, porém não param de sair notícias, e eu não podia deixar de atualizar o blog. Espero que gostem :)

Pôster completo de Os Vingadores: A Era de Ultron. Mais informações sobre o filme aqui.


Novos pôsteres do filme Maze Runner. Mais informações sobre o filme aqui e sobre o livro aqui. O novo trailer do filme será divulgado amanhã, assim que sair coloco aqui no blog.


Revelado uniforme da Mulher-Maravilha em Batman v Superman. Mais informações aqui. O teaser trailer do filme também foi divulgado na Comic Con, porém até agora só tem com uma imagem bem ruim. Assim que sair em alta definição, coloco aqui no blog.


Teaser trailer de O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos. Mais informações sobre o filme aqui e sobre o livro aqui.


Teaser trailer de Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1. Mais informações sobre o filme aqui e sobre o livro aqui.




Oi gente! Essa semana, o Grupo Editorial Record divulgou as datas da Turnê Encontrada. A autora nacional Carina Rissi lança Encontrada, a aguardada continuação do livro Perdida. Eu fiquei muito animada e não posso perder esse evento por nada. Confiram a programação e confirmem presença no facebook:


14 de agosto, quinta-feira, às 18h
17 de agosto, domingo, às 16h
18 de agosto, segunda-feira, às 18:30h

26 de agosto, terça-feira, às 18h
Saraiva MegaStore, Shopping Patio Brasil.

30 de agosto, sábado, às 13h
Bienal do Livro de SP
11 de setembro, quinta-feira, às 19:30h

Florianópolis
12 de setembro, sexta, às 19:30h

Porto Alegre
14 de setembro, domingo, às 16h

Qualquer mudança ou divulgação de novas datas, eu atualizo o post aqui no blog.



Cidade do Fogo Celestial – Cassandra Clare:
Série: Os Instrumentos Mortais #6
Editora: Galera
Número de páginas: 532
Classificação: 5/5

Resenha:
Cidade do Fogo Celestial é o sexto e último livro da série Os Instrumentos Mortais. Então, se você ainda não leu os outros, eu aconselho que você leia a resenha deles antes, pois esta resenha contém spoilers dos livros anteriores.

Cassandra Clare começa o livro nos apresentando os protagonistas de sua próxima série, The Dark Artifices: Emma Castairs e Julian Blackthorn. Em Cidade do Fogo Celestial eles são apenas crianças, mas já dá para conhecermos os dois e nos apaixonarmos por eles. Eles aparecem bastante, e nos vemos cada vez mais nos apegando a eles, e querendo saber mais, não apenas sobre eles, mas sobre suas famílias também. Foi uma ideia genial da autora introduzi-los nesse livro, e já estou contando os dias para que o primeiro livro seja lançado (infelizmente ainda falta muito).

Em Cidade do Fogo Celestial temos os Institutos de todos os lugares sendo evacuados e os Caçadores buscando refúgio em Idris, pois Sebastian e seu exército de Crepusculares (nome dado àqueles que beberam do Cálice Infernal e se transformaram) estão atacando e transformando todos os Caçadores de Sombras que conseguem, com o objetivo de aumentar seu exército. Mas eles vão acabar descobrindo que nem em Idris estão seguros, que Sebastian consegue fazer o que quiser, e que ele não vai desistir enquanto não conseguir o que quer. E ele quer Clary.

Ele quer Clary, e terá Clary. Nem que para isso ele tenha que sequestrar a própria mãe, juntamente com os membros do submundo que fazem parte do conselho, e oferece-los como troca. Magnus, Luke, Raphael, Meliorn e Jocelyn por Jace e Clary. E, com isso, ele põe à prova a lealdade da Clave para com os membros do Submundo. Afinal, se eles se recusarem eles estarão abertamente mostrando aos seus aliados que dão mais valor a vida de dois Caçadores de Sombras do que a vida dos quatro líderes do Submundo.

Mas Clary e Jace não vão esperar a decisão do Conselho. Não agora que sabem onde Sebastian está se escondendo. Eles vão até o fim do mundo para conseguir os cinco de volta. Mas eles não vão sozinhos. Alec, Isabelle e Simon estão junto com eles, e não vão aceitar serem deixados para trás. E então eles irão para um lugar desconhecido e perigoso, contando apenas com o fogo celestial que Jace ainda não sabe controlar e com as habilidades de cada um, na esperança de conseguir derrotar de vez Sebastian e seu exército e salvar o mundo.

Cidade do Fogo Celestial foi um ótimo fechamento para essa série. A autora soube explorar os personagens, não somente os principais, como também os secundários. Foram muitos os personagens explorados, mas não ficou nada confuso, a autora sabe escrever de um jeito que você entenda tudo. O livro inteiro foi incrível, passou longe da enrolação que senti em Cidade das Almas Perdidas, nesse tudo tinha um sentido. A autora conseguiu introduzir perfeitamente os personagens de sua próxima série, nos fazendo querer lê-la também, e além disso nos trouxe referências e personagens de As Peças Infernais, o que me fez terminar esse e querer ir correndo ler a série.

Falando em As Peças Infernais, tenho que deixar uma sugestão: não façam como eu e ignorem quando te falarem para ler a série antes de ler Cidade do Fogo Celestial, pois esse livro entrega muita coisa do que aconteceu no final da trilogia. Claro, a autora não conta exatamente o que acontece, mas dá para adivinhar. Por isso, acredito que é realmente melhor ler As Peças Infernais antes, pois, além dos spoilers que são dados nesse livro, ainda tem o fato de toda a emoção de ver as referências e entendê-las direitinho, coisa que eu senti falta um pouco. Sim, você não vai ficar perdido ao ler esse livro sem ter lido As Peças Infernais, mas vai perder toda a emoção que a autora quis trazer ao interligar essas séries tão maravilhosas.

Eu tenho que confessar que eu esperava uma coisa totalmente diferente para o final. Não que eu não tenha gostado do jeito que terminou, porque eu gostei sim, mas não imaginava que a Cassandra fosse finalizar desse jeito. Os personagens todos foram muito bem desenvolvidos, desde Clary até Sebastian, e acredito que todos tenham tido um final decente (menos os que participarão de The Dark Artifices, óbvio), e a autora conseguiu fechar tudo de uma maneira excelente.

A edição desse livro está bem melhor que a dos livros anteriores. Primeiramente, nesse livro as letras não são pretas, são cinzas. Não sei se isso é bom ou ruim, para mim não fez muita diferença. Mas as falhas de impressão diminuíram muito. Quase não há falta de pontuação no livro, se comparado aos outros livros. Claro, ainda há falhas, tanto de pontuação, quanto de letras, mas está bem menos. A edição está bem caprichada, só senti falta dos extras que deveriam ter vindo na edição de colecionador. A Galera ficou de disponibilizar esses extras nos eventos do livro, mas como não teve em Brasília, fiquei sem. No mais, a tradução continua ótima, como em todos os outros livros. Os Instrumentos Mortais é uma série incrível, super bem construída e desenvolvida, e recomendo sempre, não somente esse livro, como a série inteira.

Série:
1. Cidade dos Ossos (resenha)
2. Cidade das Cinzas (resenha)
3. Cidade de Vidro (resenha)
4. Cidade dos Anjos Caídos (resenha)
5. Cidade das Almas Perdidas (resenha)
6. Cidade do Fogo Celestial.


Cidade das Almas Perdidas – Cassandra Clare:
Série: Os Instrumentos Mortais #5
Editora: Galera
Número de páginas: 434
Classificação: 5/5

Resenha:
Cidade das Almas perdidas é o quinto livro da série Os Instrumentos Mortais. Então, se você ainda não leu os outros livros, eu aconselho que você não leia esta resenha, pois ela contém spoilers dos livros anteriores.

Depois de reler Cidade dos Anjos Caídos e me apaixonar completamente pelo livro, as expectativas por esse quinto livro estavam enormes. Porém, me decepcionei. Achei esse livro lento e enrolado demais. Sim, ainda dei cinco estrelas, porque amo a série, e acabei gostando bastante do livro depois de terminar, mas mesmo assim me decepcionei.

Em Cidade das Almas Perdidas descobrimos que Jace e o corpo de Sebastian sumiram. Clary os deixou lá no topo do prédio, e, quando foram buscá-los, eles não estavam mais lá. Nenhum dos dois. E ninguém entende como Sebastian possa ter revivido e sequestrado Jace. Estão todos tentando entender o que era exatamente o ritual que Lilith estava querendo fazer, ao mesmo tempo em que tentam inutilmente encontrar algum sinal de Jace, ou de Sebastian, mas nada dá certo.

E o pior ainda está por vir. Porque Clary vai acabar descobrindo que Sebastian não sequestrou Jace. Jace parece inteiramente a vontade, feliz em ajudar Sebastian em seus planos, agindo como se ele fosse seu melhor amigo, e não seu inimigo. Ele não parece se importar por Sebastian ter matado Max, nem por todas as outras coisas horríveis que ele tenha feito. Ele parece estar realmente acreditando que Sebastian está fazendo o certo.

Mas Clary não vai aceitar isso. Ela sabe que esse não é o Jace que ela conhece e ama, ela sabe que há algo de muito errado com ele. E ela vai fazer o possível e o impossível para ter ele de volta. Ela não vai desistir dele, mesmo que a Clave desista. Mesmo que a Clave esteja considerando-o cúmplice, mesmo que a Clave tenha decidido destruí-lo. É a única maneira de destruir Sebastian, os dois estão ligados, e não há nada que possam fazer.

Felizmente, Clary não está sozinha. A família de Jace não vai abandoná-lo. Os Lightwood vão fazer o que puderem para salvá-lo. Assim como Simon, Magnus, Maia e Jordan. Eles não vão perder as esperanças, mesmo que não pareça ter nada a fazer, eles não vão desistir. Vão atrás de tudo o que puder existir, arriscar tudo o que precisarem, para arranjar um jeito de trazer o Jace real de volta. Mas a questão é: ainda há um Jace real para se trazer de volta?

Em Cidade das Almas Perdidas, assim como Cidade dos Anjos Caídos, a autora mostra mais da visão de outros personagens, não somente da Clary. Isso traz um diferencial enorme no livro, já que podemos nos conectar mais com os outros personagens, e saber mais das histórias deles. Conhecemos melhor eles, e assim a Cassandra conseguiu explorar lados que não tínhamos visto ainda de alguns personagens.

O que mais me impressionou foi que a Cassandra explorou bastante do Sebastian nesse livro. Confesso que teve uma parte do livro que eu estava até começando a gostar dele, afinal, mesmo tendo sangue de demônio, ele ainda foi rejeitado pela família, e está sozinho, não foi uma escolha dele para ele ser punido assim. Claro, ele é mal, ele é parte demônio, mas mesmo assim. Eu terminei o livro sem conseguir descobrir se ele possui algum sentimento, ou se ele mente tão bem assim.

Cidade das Almas Perdidas não é nem de perto o meu favorito da série, acho que é o que eu menos gostei até agora, mas ainda é bom, e nos deixa morrendo de vontade de ler o próximo livro. Confesso que só não li Cidade do Fogo Celestial ainda porque é o último da série, e ainda não tive coragem. Passei duas madrugadas lendo esse livro, chorei, me desesperei, senti raiva, senti muita raiva, duvidei, quis xingar alguns personagens, quis matar alguns personagens, quis esganar alguns personagens, enfim. Apesar de ter achado o livro enrolado, gostei bastante da história que a autora criou, e do que acho que ela pretende fazer para o próximo livro.

A edição da Galera, assim como a de todos os outros livros, deixou a desejar. Sinceramente não entendo qual é a das falhas de impressão de pontuação, não faz o menor sentido para mim. A diagramação continua no mesmo estilo das outras, bem feita e bonita. A capa é linda, mas sem a holografia fica parecendo desbotada. E por fim, a tradução é ótima, o que faz toda a diferença. Apesar de esse não ter sido o meu preferido, vi muitos comentários dizendo que é o melhor da série, então varia para quem lê. Recomendo com certeza.

Série:
1. Cidade dos Ossos (resenha)
2. Cidade das Cinzas (resenha)
3. Cidade de Vidro (resenha)
4. Cidade dos Anjos Caídos (resenha)
5. Cidade das Almas Perdidas
6. Cidade do Fogo Celestial (resenha).


Oi gente! Essa semana está acontecendo a Comic Con em San Diego, Estados Unidos. É um evento sobre quadrinhos e cultura pop que eu sempre morro de vontade de ir, apesar de ser muito cheio. Algumas novidades sobre filmes já foram divulgadas e não tinha como eu não mostrar aqui no blog. Espero que gostem :)

Pôsteres de Os Vingadores: A Era de Ultron. Mais informações sobre o filme aqui.



Alguém mais está morrendo pra ver esse filme? Não acredito que vai demorar tanto pra estreia. Eu amei Os Vingadores e não podia estar com as expectativas mais altas. Gostei bastante das artes conceituais e o mais legal é que vão liberar uma de cada personagem, o que juntas formam um banner gigante. Os Vingadores: A Era de Ultron estreia dia 1 de maio de 2015 nos Estados Unidos.

Primeiro pôster oficial de O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos. Mais informações sobre o filme aqui.


Nem acredito que O Hobbit já vai sair dia 11 de dezembro (17 de dezembro nos Estados Unidos). Ao mesmo tempo em que estou agoniada pra assistir, fico triste porque vai ser o último filme. Eu adoro a história, e ao contrário de muita gente, não me incomodei de dividirem o livro em três filmes, mesmo com todas as coisas diferentes entre os dois.

Primeiro pôster oficial de Homem-Formiga. Mais informações sobre o filme aqui.


Eu ainda não li nenhuma história em quadrinhos do homem-formiga, apesar disso acho que vou gostar do filme. O pôster é bem estranho, mas ao mesmo tempo muito legal (isso faz algum sentido?). De qualquer forma, é da Marvel e não posso deixar de assistir. Homem-Formiga estreia dia 17 Julho de 2015 nos Estados Unidos.

Primeiro trailer de Cinquenta Tons de Cinza. Mais informações sobre o filme aqui e sobre o livro aqui.



Não fiquei animada com essa novidade, já que não li Cinquenta Tons de Cinza (a Adri leu e não gostou muito). Porém, é um filme bastante esperado por várias pessoas e tenho que dizer que o ator Jamie Dornan (Xerife Graham, pra quem assiste Once Upon a Time) está muito lindo nesse trailer. O filme estreia dia 13 de fevereiro de 2015 nos Estados Unidos.

Essas são só algumas notícias já liberadas, provavelmente até o final da Comic Con, vão sair muitas mais. Pretendo atualizar o blog com as novidades.


Cidade dos Anjos Caídos – Cassandra Clare:
Série: Os Instrumentos Mortais #4
Editora: Galera
Número de páginas: 364
Classificação: 5/5

Resenha:
Cidade dos Anjos Caídos é o quarto livro da série Os Instrumentos Mortais. Então, se você ainda não leu os livros anteriores, eu aconselho que você não leia essa resenha, pois ela contém spoilers deles.

Primeiramente, ao reler o livro, notei que o fato de esse ser o livro que eu menos tinha gostado da série até agora tinha sido mais por birra com a autora do que por o livro ser ruim. O problema foi que achei que a série estava finalizada perfeitamente no terceiro livro, e peguei birra por achar que esse livro seria enrolação. Então não gostei tanto quando li da primeira vez, porque tinha certeza de que era enrolação. Mas não é. Em Cidade dos Anjos Caídos a autora nos mostra que, mesmo as coisas parecendo bem naquele momento, elas não iriam continuar assim por muito tempo. Nesse livro Cassandra Clare nos traz uma reviravolta incrível, e que faz total sentido.

Depois do final de Cidade de Vidro, o esperado era que todos estivessem felizes e tranquilos seguindo suas vidas. E é mais ou menos o que está acontecendo. Clary e Jace finalmente estão juntos de verdade, Luke e a mãe de Clary vão se casar, Alec e Magnus estão viajando pelo mundo, e Simon está namorando com Isabelle e Maia, apesar de nenhuma saber sobre a outra. O mundo dos caçadores de demônios está em paz, ou pelo menos o mais em paz do que poderia estar.

Claro que Jace e Clary ainda têm de enfrentar alguns problemas, como o fato de que Jocelyn não confia nem gosta de Jace, e está em cima dos dois sempre que pode. Também tem a dificuldade que Clary está enfrentando no treinamento para se tornar uma Caçadora de Sombras, já que ela começou os treinamentos muito tarde. Porém, os dois não são os únicos a ter problemas. Simon está tentando descobrir uma maneira de contar para as duas namoradas a respeito uma da outra, o que não será nada fácil, e muito menos agradável. Mas isso tudo são coisas simples depois de tudo o que passaram.

E é aí que entra a reviravolta genial que a Cassandra Clare criou. Caçadores de Sombras começam a ser encontrados mortos por aí. Pessoas estranhas começam a atacar Simon, fazendo com que a Marca de Caim mostre seu poder. Jace começa a ter pesadelos muito reais e se afastar cada vez mais de Clary. Como isso tudo pode se interligar?

O que eu mais gostei nesse livro foi o fato de que a autora deu lugar à história dos outros personagens também. Temos um foco muito maior na história do Simon, entendemos melhor como ele se sente, e tudo o que ele está passando. Por focar mais no Simon, acabamos conhecendo mais da história da Maia e da Isabelle, que aparecem bastante nesse livro, e conseguimos nos conectar bem mais com as duas. Além disso, conhecemos nesse livro Jordan, o ex namorado de Maia, que a transformou, e descobrimos mais a respeito dele. Também temos mais da relação entre o Alec e o Magnus, além de conhecer mais do passado de Magnus. Conhecemos melhor a mãe de Clary, que nunca foi realmente explorada nos livros anteriores. Entendemos melhor suas ações, suas atitudes, seus sentimentos. E também temos bastante do Luke *--*.

Mas Clary e Jace não ficam de fora, muito pelo contrário. A relação entre eles é linda, eles claramente se amam, e não fazem qualquer esforço para esconder isso. Clary está mais determinada, querendo aprender a ser uma Caçadora de Sombras, se preocupando com todos, e tentando resolver tudo como sempre. Jace, apesar de tentar esconder, não está nada bem. Os pesadelos que anda tendo o assustam demais, e com isso ele passa a dormir pouco, a comer pouco, e a se afastar de todos, principalmente de Clary. Mas Clary não vai aceitar isso facilmente, e vai achar um jeito de descobrir o que tem de errado com Jace.

Confesso que peguei esse livro para reler meio com vontade de pular ele, tinha pego realmente antipatia por ele. Mas ainda bem que não fiz isso, porque Cidade dos Anjos Caídos é incrível, eu só não tinha notado da primeira vez que li. Esse livro é mais voltado para o Simon, o que inicialmente eu não gostei, já que não gostava tanto do Simon antes. Mas ele cresce bastante nesse livro, e comecei a gostar dele de verdade. Nesse livro temos uma parceria entre Simon e Jace, e adorei ver isso, pois eles viviam implicando um com o outro antes, e foi bem legal ver isso mudar.

Sobre a edição da Galera, na minha opinião a revisão desse livro só não perde para a de Cidade dos Ossos, tinha melhorado no segundo e no terceiro livro, mas nesse piorou de novo. Sinais de pontuação faltando demais, realmente não entendo o porquê disso. A capa é linda, apesar de eu achar a capa sem a holografia muito sem graça (não a imagem em si, mas o livro mesmo, parece desbotado, sem brilho). Mas, apesar disso, a tradução é bem boa, então vale a pena. Cassandra Clare nos traz uma história tão bem ligada aos livros anteriores que é difícil imaginar que ela não pensou nisso desde o início. E o final só nos deixa mais desesperados ainda para ler o próximo livro. Indico bastante.

Série:
1. Cidade dos Ossos (resenha)
2. Cidade das Cinzas (resenha)
3. Cidade de Vidro (resenha)
4. Cidade dos Anjos Caídos
5. Cidade das Almas Perdidas (resenha)
6. Cidade do Fogo Celestial (resenha).


Tecnologia do Blogger.