O Lado Mais Sombrio – A.G. Howard:
Série: Splintered #1
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 364
Classificação: 4/5

Resenha:
Sou apaixonada por adaptações de contos de fadas e, apesar de Alice não ser uma das minhas histórias favoritas, ainda gosto bastante da história e estava animada a respeito desse livro. Simplesmente adorei a ideia da autora de escrever sobre uma descendente de Alice. E sobre a maldição sobre a família dela. E sobre ela entender o que os insetos e as plantas falam. E sobre o País das Maravilhas. Enfim, o conjunto do que a autora fez.

Alyssa sofre alucinações onde os insetos e as plantas falam com ela desde que completou 13 anos. Ela sabe o seu destino: o sanatório, assim como sua mãe, sua avó, e todas as outras mulheres de sua família, desde Alice Liddell, que começou com toda essa história do País das Maravilhas. Mas ela está decidida a se manter sã, e o mais longe de um sanatório que puder. E é em sua arte que ela se esconde. Ela captura insetos, os mata, e os usa em seus quadros. Até por que, mortos, os insetos ficam quietos.

Mas ela não pode evitar completamente o sanatório. Sua mãe vive lá, desde que teve uma crise e tentou matá-la quando Alyssa ainda era uma criança. Alyssa não se lembra muito bem do acidente, mas não parece como se a mãe tivesse tido a intenção de machucá-la. Mas não há nada que ela possa fazer, além de visitar sua mãe toda semana, e torcer para que ela melhore. Alyssa sabe que as chances de sua mãe sair de lá são mínimas, mas ela não vai desistir.

Principalmente quando ela descobre que Alison e ela compartilham algumas alucinações. Como é possível duas pessoas alucinarem a mesma coisa? Será que há algo de verdade na fixação que a mãe tem em Alice no País das Maravilhas? Ser á que é possível que elas realmente entendam o que os insetos e as flores falam? E, se for, ela terá que considerar o que eles dizem, o que sua mãe diz. E ela terá que tomar uma decisão a respeito do que fazer com o que descobriu. Ela deve considerar essa história e ir atrás da verdade, ou deve ignorar e acreditar que Alison enlouqueceu de vez, e que ela está indo pelo mesmo caminho?

O que Alyssa deve fazer cabe somente a ela decidir, mas ela irá precisar de ajuda. Afinal, como ir dos Estados Unidos a Londres sem ninguém saber? Porque ela já tentou convencer o pai, e ele não tem a menor intenção de deixá-la ir para longe. E com que dinheiro? Com que passaporte? Ela vai precisar arranjar um caminho alternativo para chegar onde acredita ser o local da Toca do Coelho, onde Alice caiu tantos anos antes.

Para acompanhá-la nessa aventura (olha a frase da sessão da tarde rs), Alyssa contará com a companhia de Jeb, seu melhor amigo superprotetor e por quem ela é completamente apaixonada há anos, e a de Morfeu (a Lagarta de Alice), um intraterreno com quem ela cresceu, e que tinha se esquecido. O caminho para consertar toda a bagunça que Alice fez é longo, e Alyssa não sabe nem em quem confiar. Afinal, Jeb só quer fazer com que os dois voltem para casa, e Morfeu está sempre omitindo alguma coisa. E, além disso, os dois não conseguem se entender. Como ela irá quebrar a maldição de sua família desse jeito?

O País das Maravilhas é incrível, ao mesmo tempo em que é o País das Maravilhas criado por Lewis Caroll, é um País das Maravilhas completamente diferente, mais sombrio e perigoso. Os personagens estão todos lá, e, ao mesmo tempo em que são os mesmos, são diferentes. É incrível ver como a autora conseguiu criar tudo isso. Mas eu tenho que dizer que eu passei o livro todo comparando a história com O Rei do Ferro (não que seja uma coisa ruim, já que adoro O Rei do Ferro). Nunca tinha pensado no mundo dos seres élficos comparado com o País das Maravilhas, mas eles possuem bastantes coisas em comum (um é inspirado no outro ou algo do tipo?).

Alyssa é uma boa personagem. O fato dela não querer contrariar o Jeb hora nenhuma me irritou bastante, mas ao mesmo tempo ela é corajosa, sabe se virar sozinha, e luta para proteger aqueles com quem se importa a qualquer custo. Apesar de ter adorado o Jeb, me irritei com o fato dele estar sempre querendo proteger a Alyssa, tomar decisões por ela, não acreditando que ela possa ser capaz de se virar sozinha. E tem o fato de que, mesmo apaixonada por ele, passei o livro todo desconfiando dele não ser o que dizia. Sobre o Morfeu, adorei ele desde o início, mas como não queria um triângulo, ficava torcendo para não acontecer nada entre ele e a Alyssa. E acho que a autora fez um bom trabalho a respeito disso. Adorei o personagem, o fato de que se passa o livro inteiro tentando descobrir se ele é mocinho ou vilão. Outro personagem que tenho que mencionar é o pai dela que, apesar de praticamente não ter aparecido, me encantou. Gente, a mulher dele está no sanatório, completamente doida, e mesmo assim ele não desiste dela, não perde a esperança de que um dia ela irá ficar boa. E ele faz de tudo por ela. Lindo demais.

A única coisa que não gostei foi que o livro é uma série. Ando lendo tantas séries que normalmente fico só no primeiro livro, quando lança o segundo nem lembro mais da história e acabo desistindo da série. Mas o fato de ser uma série faz sentido, porque a autora ainda tem muita história para contar. E o que eu mais gostei foi que, mesmo assim, ela deu um final para esse livro. Se não quiser continuar, não precisa, o livro em si tem um final. Claro, tem um gancho para a continuação, mas é um final mesmo assim, e totalmente satisfatório.

A diagramação desse livro está impecável. A editora manteve a capa original, que é linda, e por dentro a diagramação é incrível, os inícios de capítulos são lindos, e todas as páginas são enfeitadas. As minhas únicas reclamações foram: a fonte usada nos títulos dos capítulos e os números das páginas. A fonte é linda, mas tive um pouco de dificuldade de ler. E os números das páginas ficaram junto dos enfeites das páginas, demorei séculos para achá-los. Mas não dá para negar que o conjunto final ficou lindo, a editora está de parabéns a respeito da edição do livro. Sobre erros, só o normal, alguns errinhos de digitação e tal, nada que atrapalhe a leitura. Livro recomendado a todos que gostam de uma releitura mais sombria de Alice.

Série:
1. O Lado Mais Sombrio
2. Atrás do Espelho
3. Ensnared.


Oi gente! Foram divulgadas várias novidades internacionais esse mês, e como a maioria delas me deixou bastante interessada, eu resolvi fazer um post comentando um pouco sobre os livros. Espero que gostem :)

Blue Lily, Lily Blue - Maggie Stiefvater: Esse é o terceiro livro da série The Raven Boys. Eu gostei bastante de Os Garotos Corvos e apesar de ainda não ter conseguido ler o segundo, fiquei bem animada quando revelaram a capa desse. O lançamento está previsto para o dia 28 de Outubro de 2014*. Achei a capa bem bonita *-*
Heir of Fire - Sarah J. Maas: Trono de Vidro é um dos meus livros favoritos e eu estou doida para continuar a ler essa série. Esse é o terceiro livro de seis e estou agoniada porque a editora não lança logo o segundo aqui e nem o dólar baixa pra eu poder comprar em inglês. O lançamento está previsto para o dia 2 de Setembro de 2014*.
The Revenge of Seven - Pittacus Lore: Apesar de ter gostado de Eu sou o Número Quatro, até agora só li os dois primeiros livros da série Os Legados de Lorien. Esse já é o quinto livro e estou bem atrasada. Quem acompanha a série direitinho deve ter ficado bem animado com a divulgação. O lançamento está previsto para o dia 26 de Agosto de 2014*.

Happenstance - Jamie McGuire: Esse é o primeiro livro da nova série new adult da Jamie McGuire. Eu gosto bastante de livros nesse gênero e fiquei bem curiosa. A capa é linda *-* O lançamento está previsto para o dia 9 de Maio de 2014*.
Beautiful Oblivion - Jamie McGuire: Eu fui uma das pessoas que gostou de Belo Desastre. Apesar de não ter achado maravilhoso nem nada disso, tive um bom tempo lendo. Por isso, fiquei bem animada com a nova série da Jamie McGuire sobre os irmãos Maddox. Esse primeiro livro é sobre o Trenton e acredito que deva ser interessante saber mais sobre ele. O lançamento está previsto para o dia 1 de Julho de 2014*.
The Young Elites - Marie Lu: Legend é uma série que fez bastante sucesso nos Estados Unidos e apesar de eu ainda não ter lido, pretendo mudar isso logo. Já vi vários comentários positivos sobre a autora e fiquei interessada nesse novo livro. O lançamento de The Young Elites está previsto para o dia 7 de Outubro de 2014*.

1733182817830562
Talon - Julie Kagawa: Eu adoro essa autora, e quando soube que ela ia lançar mais um livro e principalmente sobre dragões, fiquei bem animada. Achei a capa diferente e mostra direitinho o assunto principal do livro. Por que dólar? Por que tão caro? O lançamento está previsto para o dia 28 de Outubro de 2014*.
Ripped - Katy Evans: Real é uma série new adult bem conhecida nos Estados Unidos e é claro que está na minha wishlist. Esse é o quinto livro da série, com o lançamento previsto para o dia 16 de Dezembro de 2014*. O primeiro livro, Real, vai ser lançado aqui no Brasil pela editora Novo Século.
The Iron Trial - Cassandra Clare e Holly Black: Esse livro está na minha lista dos mais esperados de 2014 e é claro que eu estava doida para ver como essa a capa ia ficar. Apesar de ter gostado da capa, esperava que ela fosse ficar bem mais bonita, sei lá. De qualquer forma, não diminuiu minha vontade de ler o livro. O lançamento está previsto para o dia 2 de Outubro de 2014*.

* lançamento nos Estados Unidos


Enfeitiçadas – Jessica Spotswood:
Série: As Crônicas das Irmãs Bruxas #1
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 272
Classificação: 5/5

Resenha:
Logo que saiu a divulgação desse livro, solicitamos ele para a Editora Arqueiro, já que tanto eu quanto a Iza estávamos mortas de vontade de ler. Mas acabou que nenhuma das duas conseguiu ler logo, fui lê-lo só agora, e não me arrependi.

Ouvi tantos comentários negativos, li tantas resenhas negativas, que quase perdi a vontade de ler esse livro. Mas as expectativas eram maiores que isso, e eu acabei mesmo assim morrendo de vontade de ler. Claro, com as expectativas muito mais baixas, mas ainda existiam. E me surpreendi. Não achei a narrativa nem um pouco lenta, como tinha visto muitos reclamarem, nem tive nenhum problema com a história. Adorei. Terminei o livro completamente apaixonada e doida para ler o próximo.

Cate Cahill é uma bruxa. Suas irmãs, Maura e Tess, também são bruxas. Sua mãe também era uma bruxa. Mas ser uma bruxa na época em que vivem é um perigo. Se os Irmãos da Fraternidade as descobrem, elas serão presas, condenadas sem nem julgamento. E é por isso que Cate se esforça tanto para fazer com que as irmãs estejam seguras, que não pratiquem magia mais do que o necessário, e nunca, mas nunca, na frente de alguém. E elas estão bem assim. Mesmo que Maura e Tess não gostem de Cate as controlando, elas conseguem entender que é para o próprio bem delas. Afinal, Cate prometeu à mãe que iria sempre proteger as irmãs.

O problema é que Cate não sabe como conseguirá manter essa promessa, agora que seu aniversário de 17 anos está chegando. Ela terá que fazer uma escolha. Ou ela arranja um marido, ou os Irmãos arranjam um marido para ela, ou ela se junta à Irmandade (o “braço feminino da Fraternidade”). Mas um marido poderia levá-la para longe das irmãs, e ela não teria qualquer escolha. E a Irmandade não é uma opção, além do fato de ela ter que ir para longe das irmãs, como ela esconderia o fato de ser uma bruxa?

Sua maior esperança é se casar com Paul McLeod, seu melhor amigo de infância. Mas será que ele ficaria em Chatham por ela? Porque ela não quer nem pensar em deixar que os Irmãos escolham um marido para ela, ela iria acabar sendo obrigada a se casar com algum velho viúvo membro da Fraternidade, e cuidar de seus filhos. E Cate definitivamente não quer essa vida para ela. Mas ela logo vai descobrir que esse não é nem o maior de seus problemas. Cate recebe uma carta de uma pessoa misteriosa, que a alerta que ela e as irmãs estão em perigo. E que ela deve ler o diário de sua mãe.

E no diário da mãe Cate encontra uma profecia, a última profecia feita pelo Oráculo antes do último templo ser queimado pela Fraternidade. E essa profecia pode muito bem se referir a ela e suas irmãs. Afinal, não existem muitos trios de irmãs todas bruxas por aí. Muito menos onde uma delas consegue fazer magia mental, já que esse tipo de magia é extremamente raro. Cate está assustada, porque, se elas forem as irmãs da profecia, elas estão correndo um perigo enorme, e ela não sabe em quem confiar.

E agora, como se tudo isso não tivesse ruim o suficiente, o pai resolveu contratar uma governanta para cuidar das filhas, já que ele quase nunca está em casa. Tudo o que Cate não quer é mais uma pessoa que possa acabar vendo alguma delas praticando magia. E não é qualquer pessoa, é a Irmã Elena, uma garota da Irmandade. O que ela faria se descobrisse que elas são bruxas? Cate não sabe o que fazer, e Maura parece estar cada vez mais decidida a complicar cada vez mais a vida de Cate.

O tempo de Cate para decidir está acabando, e ela terá que encontrar uma resposta. E é assim que ela encontra Marianne Belastra, a dona da livraria da cidade. E uma amiga de sua mãe. Marianne sabe quem ela é, e possui algumas respostas para ela. Mas nem ela possui todas as respostas. E Marianne também está em perigo, os Irmãos estão de olho na livraria, só esperando ela cometer o menor deslize para conseguirem fechá-la. Cate não deve ser vista em sua companhia, ela não deve fazer com que os olhos dos Irmãos se voltem na direção de sua família.

Nem mesmo por Finn, o filho de Marianne. Finn, que agora está trabalhando de jardineiro em sua casa para pagar as contas, já que a livraria está prestes a ser fechada. Aquele a quem ela nunca tinha prestado atenção, mas com quem ela se vê cada vez mais envolvida. Como pensar em se casar com Paul depois de conhecer Finn? Como pensar em qualquer outra coisa além de Finn? Cate terá que fazer uma escolha, porque nem mesmo uma bruxa pode ter tudo o que quer.

Enfeitiçadas é um livro LINDO. Eu tive algumas dificuldades no início para me situar na época em que ele acontece, já que algumas coisas me pareciam atuais, mas ele se passa no final do século XIX. Os personagens são todos muito bem estruturados, alguns te fazem se apaixonar por eles, outros te fazem odiá-los, outros não te deixam decidir o que sentir por eles. Eu não vou comentar o final, já que é só eu pensar nele que começo a chorar de novo.

A edição da Arqueiro está linda, a capa é maravilhosa, a diagramação está muito caprichada, com detalhes lindos nos inícios de capítulos. Não notei erros, nada que atrapalhasse a leitura. A minha única reclamação é que não tenho o próximo livros em mãos, porque estou morrendo de vontade de lê-lo. Vale a pena, recomendo Enfeitiçadas demais.

Série:
1. Enfeitiçadas
2. Amaldiçoadas (resenha)
3. Predestinadas (resenha).


Oii! Hoje eu vim trazer mais uma caixinha de correio, e ela está enorme! :D Chegaram um monte de livros que estavam perdidos, livros que eu tinha comprado, livros que eu tinha trocado, livros que eu ganhei. Super feliz! Agora é só arranjar tempo de ler tudo rs.

The Story of Us – Deb Caletti: Li Um Lugar para Ficar e me apaixonei pelo livro e, mesmo não tendo gostado tanto de Meu Amor, Meu Bem, Meu Querido, continuo com vontade de ler todos os outros livros da autora. Esse foi o que veio menos bonitinho dessa compra do BWB, veio uma página rasgada, mas mesmo assim o resto está direitinho, em muito bom estado.
Such a Rush – Jennifer Echols: Faz séculos que quero ler esse livro, desde que li Como Fui Esquecer Você e Longe Demais, mas nunca o encontrava barato. Comprei ele em novembro no Better World Books, e chegou agora, quando eu não esperava mais. Veio completamente novo. Estou doida para lê-lo, mas estou com tantos outros que acho que vai demorar um pouco para conseguir pegar esse.

Shattered Souls – Mary Lindsey: Esse livro veio completamente novo. E o hardcover não é com papel normal, ele é estilo a capa de Fallen, sabe? Não sei explicar. Não lembro direito da sinopse dele, faz muito tempo que eu li, mas eu adorei, e ainda morro de vontade de ler. Mas também vai demorar.
Demonglass – Rachel Hawkins: Faz anos que tento completar essa coleção, mas só tinha o terceiro livro, e nunca encontrava os outros dois baratos. Consegui comprar Hex Hall em outubro, e Demonglass em novembro, mas Hex Hall acabou não chegando. Vou esperar mais um pouco e, se não chegar mesmo, compro de novo. Quero muito reler, essa série é linda.

Caçadores de Bruxas, Corações de Neve e Círculos de Chuva – Raphael Draccon: Faz quase uns cinco anos que tenho vontade de ler essa série, mas nunca encontrava barato para vender. Esses dias estava baratinho, e não pensei duas vezes antes de comprar. Meu irmão já leu e gostou bastante, e eu tenho certeza que vou gostar!

Os Escolhidos: The 100 – Kass Morgan: Estou assistindo a série de TV e adorando, então não podia deixar de comprar o livro e ler, né? Chegou ontem e, se eu pudesse, já teria começado a ler, mas nem deu. Vai demorar um pouquinho também, mas assim que conseguir pego ele para ler.
Convergente – Veronica Roth: Ganhei o livro de presente de aniversário da Camilla (sim, meu aniversário já passou faz tempo, mas a gente só conseguiu se ver agora rs), e pretendo ler ele rapidinho. Apesar de não querer terminar a série, estou morrendo de raiva, cada vez que abro o facebook dou de cara com mais um spoiler, daqui a pouco nem preciso mais ler o livro. Mas enfim, adoro a série e quero muito ler o final.

Procura-se Um Marido – Carina Rissi: Li Perdida início do ano e me apaixonei completamente (toda vez que lembro dá vontade de reler). Então, estava doida pelo outro livro da autora. Esse a Iza me deu de aniversário, e mal posso esperar para ler. Pena que também vou demorar para conseguir lê-lo.
A Rosa do Inverno – Meg Cabot: Meg é Meg. Sempre quis ler esse livro, mas ele sempre esteve caríssimo em todos os lugares. Achei ele um pouco mais barato na FNAC e não pensei duas vezes antes de comprar. Pretendo ler ele assim que tiver um tempinho, mas vai demorar.

Atormentada – Jeannine Garsee: A primeira vez que li essa sinopse, fiquei com medo. Mas depois fiquei morrendo de vontade de ler. E demorei para consegui-lo. Achei para troca no Skoob, e corri para trocar. Veio novinho, e também estou morrendo de vontade de ler.
Austenlândia – Shannon Hale: Assisti o filme faz um tempinho, e é a coisa mais linda. Depois descobri que havia um livro. Assim que a Galera lançou, corri comprar. Sim, eu sei que o filme mudou muito as coisas, mas ainda assim espero gostar bastante.

O Rei do Inverno – Bernard Cornwell: Esse conta a história do Rei Artur!! Queria comprar o box com a série toda, mas só vende a edição econômica. Demorei para achar a edição normal, e mais ainda para achar um preço bom. Então, esses dias estava um pouco mais barato, pedi para o meu pai e ele me deu. O livro é lindo, mal posso esperar para ler.
Restos Humanos – Elizabeth Haynes: Esse eu tinha me interessado pela sinopse, mas tinha ficado com medo. Não tinha dado muita atenção, mas vi a resenha no blog S2 Ler e adorei. Aproveitei que ele tem o preço um pouco mais barato e fui correndo comprar, e espero ler logo.


Então, esses foram os livros que chegaram esses dias. Viram eu falando que vai demorar para eu ler todos esses, né? Pois é. Estamos com um monte de livros de parceria atrasados e estou tentando dar uma adiantada, então esses da caixinha vão acabar ficando para depois. E vocês, o que receberam nos últimos tempos?


Oi gente! A promoção de Eleanor e Park, da autora Rainbow Rowell, acabou sexta dia 18 de abril e hoje nós viemos trazer o resultado. Muito obrigada a todos que participaram, e não esqueçam que a promoção de O Tabuleiro dos Deuses ainda está aberta. Vamos ao resultado:

Parabéns Larissa Telles (Larissa e Carol)!

Você tem cinco dias para entrar em contato conosco pelo e-mail stolennights.rab@gmail.com e nos enviar seus dados. Caso isso não aconteça, infelizmente, faremos um novo sorteio. Espero que goste bastante do livro e que se encante com a história do Park e da Eleanor.


Easy – Tammara Webber:
Série: Contornos do Coração #1
Editora: Verus
Número de páginas: 305
Classificação: 5/5

Resenha:
Apesar de já conhecer Easy bem antes dele ser lançado aqui no Brasil, nunca tinha parado para ver sobre o que era ou algo assim, sempre o confundia com outro livro que não tenho vontade de ler. Então, foi uma surpresa quando eu finalmente descobri sobre o que se tratava o livro depois de ver tanta gente falando super bem dele. E ele passou, de uma hora para outra, de não quero ler para preciso ler neste exato momento. Mas, como demorou para chegar, ele acabou ficando esquecido na estante, e só fui ler agora final do ano passado.

Jacqueline abandonou o seu sonho de entrar em uma faculdade prestigiada de música para seguir seu namorado na faculdade que ele escolheu. E só depois de ser largada por ele é que ela percebe no que ela se meteu: está em um lugar onde não queria estar, fazendo um curso que não queria fazer, praticamente sem amigos, e sem a menor ideia do que fazer. E é aí que bate o arrependimento. Arrasada é pouco para descrever o que Jacqueline sente. E ela não pode nem culpar Kennedy, pois foi ela quem tomou a decisão de acompanhá-lo.

Apesar de não ter vontade de fazer nada, Jacqueline aceita acompanhar Erin, sua melhor amiga, a uma festa da faculdade. E é quando ela está indo embora que Buck, um amigo de seu ex, a encontra em seu carro, e vai para cima dela. Ele está completamente bêbado, e não importa o que ela fale ou faça, ele não vai sair. A realização de que ela não tem força suficiente para obrigá-lo a parar vai assombrá-la para sempre. E é nessa hora que aparece alguém que o tira de cima dela. Alguém que ela nunca viu, mas que pelo jeito a conhece. E é só depois que ele a deixa em seu dormitório que ela percebe que nem sabe seu nome. Mas isso não importa, tudo o que ela quer é esquecer aquela noite.

Mas não vai ser tão fácil simplesmente esquecer aquela noite. Principalmente quando ela começa a encontrar aquele garoto misterioso, Lucas, por todas as partes. Como ela nunca o notou antes? Ele está até na sua aula de economia, aquela que ela faltou por duas semanas, perdeu uma das provas principais, e está com sérios riscos de reprovar. Mas Jacqueline nunca foi reprovada na vida, e isso não vai mudar agora. Seu professor concordou em lhe dar uma chance para recuperar a nota da prova que perdeu, mas ela vai precisar de toda a ajuda que conseguir, o que significa frequentar as reuniões que o monitor, Landon, faz. Mas ela não pode frequentar as aulas extras, seu horário não é compatível, e é assim que ela começa a tirar suas dúvidas com Landon através de e-mails. E é através desses e-mails que ela passa a conhecer mais e mais o monitor.

Enquanto ela se interessa por Landon por sua personalidade, mesmo sem nunca tê-lo visto, a atração que sente por Lucas é imensa, mesmo ela não sabendo de quase nada sobre ele. Landon é inteligente, responsável, bem-humorado, e parece se importar com seus sentimentos, com sua vida. Lucas é lindo, misterioso, possui milhões de empregos, e parece estar sempre no lugar e na hora certa, pronto para protegê-la, para cuidar dela. E é com ele que ela se sente segura. Apesar de não conhecê-lo direito, ela confia totalmente nele. Mas será que ela já está pronta para um novo relacionamento? E será que as coisas são tão fáceis assim? É óbvio que ele possui segredos, que possui traumas, medos, assim como ela. Será que eles conseguem superar isso?

Normalmente livros nesse estilo ou são pesados demais, ou não abordam o tema direito, mas a autora conseguiu adequar a história ao tema perfeitamente, de modo que vemos o sofrimento da personagem, mas o livro inteiro não fica exagerado, não fica irreal, porque é, infelizmente, o que acontece muitas vezes. Os personagens são ótimos, tanto os principais, como os secundários. Eu até consegui gostar do ex da Jacqueline em algumas partes (só para logo em seguida ele estragar tudo completamente). Erin, a melhor amiga dela, é uma personagem ótima, ela é uma amiga de verdade, que vai sempre apoiar a amiga, vai acreditar nela, vai brigar por ela. O namorado da Erin, Chaz, é um fofo. Ele erra sim, mas ele vai fazer o que for preciso para concertar seus erros, para arrumar as coisas. Outro personagem que merece destaque é o dr. Heller, o professor de Economia. Ele aceita as explicações de Jacqueline, dá uma nova chance a ela, apresenta a ela tudo o que ela precisa para recuperar a nota, mas ele não vai dar a nota de graça. Ela vai ter que se esforçar para conseguir. O que me impressionou foi que a autora escolheu mostrar o lado humano do professor, normalmente nos livros vemos os professores não se importando com os alunos, não dando novas chances, ou simplesmente dando notas desmerecidas. E isso não aconteceu. Outros personagens poderiam ser citados, mas acho que esses são os principais.

A edição da Verus está linda, super caprichada (amei que a parte de dentro da capa é rosa, ficou linda demais). Não notei erros de escrita, a diagramação é simples, sem enfeites e tal, o que é muito bom (não que eu não goste das com enfeites), deixa uma aparência mais leve ao livro. É um livro que eu recomendo demais. Estava com expectativas altíssimas, e elas foram alcançadas.

Série:
1. Easy
2. Breakable (resenha)
3. Sweet.


Oi gente! Hoje eu vim responder uma tag, criada pelo Guilherme Almeida, que a Grayce Kelly do blog Pandalândia indicou aqui para o blog. Espero que gostem :)


Regras: Você deverá ir até sua estante, fechar os olhos e pegar um livro qualquer, sem dar nenhuma espiadinha. Depois, deve responder 10 perguntas relativas ao livro que você pegou e indicar 10 blogs para participar.

1. Quantas páginas tem o livro?
390 páginas.

2. Qual a cor predominante na capa?
Branco, com algumas partes azuis.

3. Qual a editora?
Galera Record.

4. Qual o Gênero?
Ficção, fantasia, jovem adulto.

5. Faz parte de uma trilogia/saga?
Sim, é o primeiro de uma série de seis livros.

6. É autor ou autora?
Autora.

7. É de autor(a) brasileiro?
Não. 

8. É um livro muito conhecido?
É um livro bem conhecido nos Estados Unidos e fez sucesso quando saiu aqui no Brasil. Recebeu muitos comentários positivos em vários blogs, inclusive no Stolen.

9. É um best-seller?
Sim.

10. Tem adaptação cinematográfica?
Ainda não.

E ai? Descobriram qual é o livro? Como não gosto de indicar blogs, quem quiser, sinta-se livre para responder a tag também.



Chá de Sumiço – Marian Keyes:
Série: Família Walsh #5
Editora: Bertrand
Número de páginas: 644
Classificação: 4/5

Resenha:
Chá de Sumiço é o quinto livro da série Família Walsh. Apesar de ser uma série, não é necessário ler em ordem, pois cada livro é sobre uma pessoa da família. Mas, é sempre melhor ler os livros na ordem, já que aprendemos mais a respeito das histórias secundárias que existem e tal. A não ser que os livros anteriores não te interessem, como não me interessavam, então dá para pular eles sem problemas (apesar de que agora estou interessada nos outros rs).

Eu nunca tinha prestado muita atenção nos livros da Marian Keyes, apesar de sempre ouvir falar muito bem dela. Os livros nunca tinham me chamado a atenção, Chá de Sumiço foi o primeiro. Assim que li “detetive particular” na sinopse, sabia que precisava ler esse livro. E assim, fui atrás dele e, assim que chegou aqui em casa, li. E nem me importei com as mais de 600 páginas. O livro foi completamente diferente do que eu esperava, mas eu acabei gostando mesmo assim.

Helen Walsh nunca foi uma mulher comum. Desde sempre, ela nunca conseguiu manter o interesse nas coisas, sempre começava alguma coisa e logo desanimava, e acabava desistindo. E foi assim, no meio dos muitos cursos que ela começava e não terminava, que ela acabou em um curso para ser detetive. E foi a primeira vez que ela conseguiu, não só concluir o curso, como também continuar interessada depois de um tempo.

A ideia de vigiar alguém, descobrir casos, encontrar respostas, a fascinava. E ela era ótima no que fazia. Até que a crise na Irlanda fez com que as pessoas não tivessem mais dinheiro para contratar detetives particulares. E é aí que a vida de Helen começa a ir de mal a pior. Completamente sem trabalho, ela começa a colocar as prestações do apartamento no cartão de crédito, que já há muito não dava conta de pagar. A TV a cabo é cortada, mas ela pode viver sem TV. O recolhimento de lixo é cortado, mas ela pode levar o lixo até a casa dos pais e lá ele é recolhido. A energia elétrica é cortada, mas Helen está confiante de que consegue viver sem luz. Até que ela é despejada, e é aí que seu mundo cai de verdade.

Obrigada a voltar a morar com os pais, Helen não sabe o que fazer de sua vida. A depressão, que ela pensava ter superado, começa a dar sinais de que está voltando. E ela não faz a menor ideia do que fazer. Até que seu ex-namorado, aquele que ela não queria ver nunca mais, aparece com uma proposta de trabalho. Tudo o que Helen não quer é voltar a ver Jay, principalmente agora que ela está se dando tão bem com Artie, seu atual namorado. Mas ela está realmente precisando de dinheiro, e Jay está oferecendo mais que o dobro do que ela normalmente cobraria.

Tudo o que ela tem que fazer é encontrar Wayne Diffney, o antigo integrante da Laddz, uma banda que fez muito sucesso a um tempo atrás. Wayne desapareceu do nada, depois de ter aceitado e até ensaiado para os três shows de reencontro que a banda fará na semana seguinte. E é por isso que Helen deve encontra-lo o mais rápido possível, antes que o público descubra.

A casa de Wayne é linda, é a casa de seus sonhos. Principalmente agora que ela não tem mais uma casa. Quanto mais ela vai descobrindo coisas sobre Wayne, mais ela vai percebendo como ele parece ser um cara legal, e que talvez ele tenha desaparecido simplesmente para evitar a vergonha de ter que se apresentar de novo. Porque sim, ele passou muita vergonha naquela época. E seria uma vergonha maior ainda fazer tudo isso de novo.

Mas Wayne não parece ser o tipo de cara que sumiria sem dizer nada a ninguém, deixando sua família preocupada, e seus companheiros de banca desesperados, porque todos eles precisavam muito do dinheiro. Por tudo o que Helen descobriu sobre ele, ele não faria isso. Mas é a única coisa que faz sentido, porque ele não parece ter sido sequestrado. E o tempo está passando, e Helen não consegue descobrir onde ele está.

Isso já está a desesperando, afinal, ela já procurou em todos os lugares possíveis, e nada de Wayne. E seus companheiros de banda, por mais dispostos que pareçam para ajudá-la, não parecem estar sendo inteiramente honestos com ela. Mas como ela faz para fazer com que eles contem a verdade? E será que essa verdade é tão importante assim?

E, o mais importante: será que ela deve mesmo encontrar Wayne? Será que ela não deve simplesmente deixa-lo escondido onde ele está? Se não fosse por estar sendo paga por isso, Helen já teria abandonado o caso fazia tempo. Mas ela não pode abandonar o caso, principalmente porque, se fizer isso, sua vida voltará a não ter perspectiva. E a depressão, que já está a sufocando, voltará de uma vez por todas. E aí ela perderá tudo.

Chá de Sumiço foi um livro bem diferente do que eu esperava, mas eu acabei gostando. Achei que ia ser um livro mais divertido, e que ia focar mais no mistério do sumiço do Wayne. Mas acabou que a autora focou mais na depressão da Helen. Não que isso tenha sido ruim, porque a autora conseguiu fazer com que a personagem ficasse legal mesmo depressiva, o que não é fácil. Não cheguei a viciar no livro, ao ponto de não querer parar de ler de jeito nenhum, mas ao mesmo tempo não sentia preguiça de continuar a leitura, o que significa que a escrita da autora é boa, porque ultimamente livros maiores andam me cansando facilmente (principalmente Guerra dos Tronos, foi um sacrifício terminá-lo). Gostei do livro, e recomendo, mas não vão ler pensando que encontrarão um grande mistério e tal, porque o livro não é sobre isso.

Série:
1. Melancia
2. Férias
3. Los Angeles
4. Tem Alguém Aí?
5. Chá de Sumiço.


Oi gente! Essa semana, foi divulgada a lista com as músicas da trilha sonora da adaptação do livro A Culpa é das Estrelas, do autor John Green. Estou bem animada com os milhões de filmes que vão sair esse ano, e não posso mais esperar pra assistir A Culpa é das Estrelas.

Confiram as músicas:

1.      Ed Sheeran – All Of The Stars
2.      Jake Bugg – Simple As This
3.      Grouplove – Let Me In
4.      Birdy & Jaymes Young – Best Shot
5.      Kodaline – All I Want
6.      Tom Odell – Long Way Down
7.      Charli XCX – Boom Clap
8.      STRFKR – While I’m Alive
9.       Indians – Oblivion
10.  The Radio Dept. – Strange Things Will Happen
11.  Afasi & Filthy – Bomfallarella
12.  Ray LaMontagne – Without Words
13.  Birdy – Not About Angels
14.  Lykke Li – No One Ever Loved”
15.  M83 – Wait
16.  Birdy – Tee Shirt (Faixa bônus)

O filme estreia aqui no Brasil dia 5 de Junho, um dia antes que nos Estados Unidos. Se você ainda não viu o trailer:


Oii! Hoje eu vim trazer algumas novidades, mas, antes disso, preciso contar: EU TERMINEI DE LER GUERRA DOS TRONOS!! Sim, só o primeiro livro, mas foi uma vitória, um mês e pouco enrolando e tentando terminar. Não que o livro seja ruim, muito pelo contrário. É ótimo. Mas eu já assisti a primeira temporada da série, então eu já sabia de tudo o que ia acontecer, porque a série é completamente fiel. E isso fez o livro ficar extremamente cansativo. Mas eu terminei! E agora pretendo ler os outros antes de ver as outras temporadas, acredito que assim fique melhor. Apesar de eu já saber um monte de coisas que acontecem. Mas, vamos as novidades.

O Feitiço Azul – Richelle Mead:
Série: Bloodlines #3
Editora: Seguinte
Previsão de Lançamento: 24 de Abril
Sinopse: Contém spoilers dos livros anteriores. A atual missão da alquimista Sydney Sage fez com que ela revisse seus conceitos não só sobre os vampiros, mas também sobre a própria organização à qual pertence, responsável por esconder a existência dessas criaturas do resto da humanidade. Sydney acabou descobrindo um grupo dissidente que tinha muito em comum com os alquimistas, mas objetivos bem mais radicais. Certa de que seus superiores estão guardando segredos sobre essa facção paralela, ela contará com a ajuda do misterioso ex-alquimista Marcus Finch para tentar desvendá-los. Mas isso só será possível se ela conseguir escapar de uma ameaça ainda mais urgente: uma feiticeira cruel que suga a alma de jovens usuárias de magia. Enquanto isso, a garota luta contra os sentimentos cada vez mais fortes pelo rebelde vampiro Adrian Ivashkov. Há tabus e preconceitos milenares arraigados entre as duas raças, que representam um obstáculo enorme para esse relacionamento. Mas Adrian é persistente e é o único em quem ela confia para enfrentar as ameaças que se aproximam. Será que Sydney conseguirá se libertar do seu modo de vida e se render a esse romance?

Gente, esse livro é um dos livros mais perfeitos que existem, lindo demais!! Dos quatro livros da série que já li, esse é o mais perfeito, sem dúvidas (por mais que o quarto também é perfeito, e os dois primeiros são lindos, mas enfim). Quero muito fazer minha coleção dessa série em português também mas, como já tenho eles em inglês, vou deixar para mais pra frente quando tiver mais barato.

Princesa Adormecida – Paula Pimenta:
Editora: Galera
Previsão de Lançamento: Maio
Sinopse: Era uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida. Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim...

Gente, uma releitura de A Bela Adormecida, e escrito pela Paula Pimenta! Sou apaixonada por releituras de contos de fadas e, apesar da Bela Adormecida não ser a minha preferida, a sinopse está linda e a capa totalmente perfeita, eu estou doida para ler.

O Vórtex Negro (Insígnia #2) – S.J. Kincaid: Abril
Subindo Pelas Paredes (Wallbanger) – Alice Clayton: Maio

A Rosa da Meia-Noite – Lucinda Riley:
Editora: Novo Conceito
Previsão de Lançamento: Maio
Sinopse: Atravessando quatro gerações, A Rosa da Meia-Noite percorre desde os reluzentes palácios dos marajás da Índia até as imponentes mansões da Inglaterra, seguindo a trajetória extraordinária de Anahita Chavan, de 1911 até os dias de hoje.
No apogeu do Império Britânico, a pequena Anahita, de 11 anos, de origem nobre e família humilde, aproxima-se da geniosa Princesa Indira, com quem estabelece um laço de afeto que nunca mais se romperia. Anahita acompanha sua amiga em uma viagem à Inglaterra pouco tempo antes da eclosão da Primeira Guerra Mundial. Ela conhece, então, o jovem Donald Astbury, herdeiro de uma deslumbrante propriedade, e sua ardilosa mãe.
Oitenta anos depois, Rebecca Bradley é uma jovem atriz norte-americana que tem o mundo a seus pés. Quando a turbulenta relação com seu namorado, igualmente rico e famoso, toma um rumo inesperado, ela fica feliz por saber que o seu próximo papel uma aristocrata dos anos 1920 irá levá-la para muito longe dos holofotes: a isolada região de Dartmoor, na Inglaterra. As filmagens começam rapidamente, e a locação é a agora decadente Astbury Hall.
Descendente de Anahita, Ari Malik chega ao País sem aviso prévio, afim de mergulhar na história do passado de sua família. Algo que ele descobre junto com Rebecca começa a trazer à tona segredos obscuros que assombram a dinastia Astbury.

Apesar de ter me decepcionado com o último livro que li da Lucinda, nada me faz diminuir meu amor pelos livros dela. Foi só ver que ia sair mais um livro que fui doida atrás dele pra ler a sinopse e ver quando seria lançado. Adorei a sinopse, e mal posso esperar para ler!

O Retrato – Charlie Lovett:
Editora: Novo Conceito
Previsão de Lançamento: Maio
Sinopse: 1995. A morte precoce de Amanda Byerly foi um golpe duro, que encheu de tristeza o coração de seu marido, Peter. Mais introspectivo do que nunca, ele decide deixar os Estados Unidos e se instalar na Inglaterra, onde passa a se dedicar à recuperação e à negociação de livros raros. Em um de seus dias de pesquisa solitária, Peter se depara com o retrato de uma jovem muito parecida com sua amada esposa, guardado dentro de um livro. A semelhança impressiona, mas a aquarela foi pintada há muito, muito tempo. Trilhando um sinuoso caminho entre a era vitoriana e o final do século XX, Peter passa a investigar a origem do misterioso retrato. As pistas acabam por levá-lo a se envolver em um mistério histórico: uma obra perdida do dramaturgo William Shakespeare.

Eu amo livros que se passam entre dois tempos (estilo os da Lucinda Riley), então é óbvio que me interessei por esse, né? Muito curiosa com esse mistério, quero descobrir o que acontece.

Os Solteiros – Meredith Goldstein:
Editora: Novo Conceito
Previsão de Lançamento: Maio
Sinopse: Cinco adultos. Cinco pessoas com idade suficiente para ter conquistado alguma tranquilidade. Mas sossego é algo que passa longe de suas vidas confusas. Hannah é diretora de elenco em Nova York e ainda chora pelo ex que a abandonou. Rob não é muito bom em assumir compromissos, mas nos tempos da faculdade quase namorou Hannah — e não se esquece disso... Vicki tem um trabalho lucrativo (embora tedioso) como designer de interiores de uma grande rede de supermercados, e é uma depressiva crônica. Nancy leva uma vida dupla, e Joe é um quarentão que adora namorar mulheres mais jovens... Não há como negar: juntos, eles podem comprometer seriamente os planos de Bee de ter o casamento mais elegante da cidade. Da união desses personagens apaixonados resulta um romance divertido e doce sobre vidas entrelaçadas, relações de amizade e o incontestável amor.

Esse livro parece bem leve e engraçado. Não leio tanto livros nesse estilo quanto gostaria, mas é bom para passar o tempo, para descansar de livros mais pesados e tal. Parece bem divertido.

Boneca de Ossos – Holly Black:
Editora: #Irado
Previsão de Lançamento: Maio
Sinopse: POPPY, ZACH E ALICE sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam. Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo...

Achei uma ótima ideia a Novo Conceito lançar esse selo para os livros infantis. O livro parece ser bem bonitinho, e ainda escrito pela Holly Black, mas acho que não é para mim. Mas quem sabe me dê vontade de ler, dependendo dos comentários que vir por aí.

Um Herói para Ela – Lu Piras:
Editora: Novo Conceito
Previsão de Lançamento: Maio
Sinopse: Bianca sempre quis ser roteirista de cinema. Para realizar seu sonho, ela sai do Brasil para estudar na famosa New York Film Academy. Em meio às emoções da nova vida na Big Apple, um rapaz misterioso acaba salvando a vida de Bianca em duas situações diferentes. Tudo o que ela sabe é que o seu herói tem no braço uma misteriosa tatuagem. Sem pistas sobre o seu protetor, ela é convidada para um show da banda The Masquerades, cujos componentes escondem os rostos atrás de máscaras. Uma rosa branca cai sobre o seu colo, arremessada pelo vocalista. Decidida a desvendar a identidade do mascarado, Bianca invade o camarim da banda. A surpresa que a aguarda por trás daquela porta poderá mudar o seu destino. Uma história cheia de humor e romance.

Li Equinócio, outro livro da autora final do mês passado, e adorei. E essa sinopse desse agora me interessou bastante. Sem contar a capa que é linda. Quero ler sim, adoro histórias assim!

Incendeia-Me – Tahereh Mafi:
Série: Estilhaça-Me #3
Editora: Novo Conceito
Previsão de Lançamento: Junho
Sinopse: Contém spoilers dos livros anteriores. Juliette agora sabe que ela pode ser a única pessoa que pode impedir O Restabelecimento. Mas, para derrubá-los, ela vai precisar da ajuda da única pessoa que ela nunca pensou que podia confiar: Warner. E como eles funcionam juntos, Juliette vai descobrir que tudo o que ela achava que sabia sobre Warner — suas habilidades, e até mesmo Adam — estavam errado.

Li o primeiro livro da série, mas não me apaixonei tanto quanto todo mundo. E não me animei em ler o segundo na época que lançou. Mas eu ando ouvindo tantos comentários que acabei ficando curiosa para saber como termina essa série, vou ter que ir atrás do segundo para ler. Essa capa é linda, apesar de sair do padrão.

Então, o que acharam das novidades? Eu adorei, estou doida principalmente por Princesa Adormecida, A Rosa da Meia-Noite e Um Herói para Ela, apesar de ter gostado dos outros também!


Tecnologia do Blogger.