Oii! Hoje eu vim trazer algumas novidades que saíram nos últimos tempos, tem saído tanta coisa, que fica difícil de acompanhar rs. Tomara que gostem!

O Teste – Joelle Charbonneau:
Editora: Única
Previsão de lançamento: Abril
Sinopse: No dia de formatura de Malencia ‘Cia’ Vale e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar – e esperar – é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela Comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém-formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela é finalmente escolhida e seu pai, que também havia participado da seleção, se mostra preocupado. Desconfiada de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam. Será que uma jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?

Eu ando meio enjoada de livros distópicos e, ao mesmo tempo, doida por eles. Tenho preguiça de começar a lê-los mas, assim que começo, não largo mais. Esse me interessou, obviamente, mas acho que vai demorar um pouco para que eu o leia.

Ressurreição – Jason Mott:
Editora: Verus
Previsão de lançamento: Abril
Sinopse: Harold e Lucille Hargrave perderam o único filho, Jacob, morto tragicamente no dia em que completava oito anos, em 1966. Já na velhice, eles se acomodaram à vida sem o filho, a dor amenizada pela ação do tempo. Até que um dia Jacob reaparece misteriosamente na porta de casa, em carne e osso, a criança meiga e alegre que sempre fora, ainda com oito anos. O fenômeno é mundial — nos quatro cantos do globo, pessoas estão inexplicavelmente voltando do além para suas famílias. Vistos por alguns como coisa do diabo e por outros como um milagre, a realidade perturbadora é que o planeta, já sobrecarregado, agora precisa suportar um fluxo descomunal de seres que têm necessidades humanas: comida, água, abrigo, saneamento. Individualmente, muitos precisam decidir se estão dispostos a receber de volta os entes queridos que já não fazem mais parte de sua vida. Conforme o caos irrompe ao redor do mundo, a família Hargrave se vê no centro de uma comunidade prestes a ruir, forçada a encarar essa misteriosa nova realidade e um conflito de proporções épicas.

Comecei a assistir a série de TV e estou adorando e super curiosa sobre como a história vai ficar, então obviamente quero ler o livro. A capa ficou maravilhosa, mal posso esperar para ter esse livro nas mãos.

Amor nas Entrelinhas – Katie Fforde:
Editora: Record
Sinopse: Prestes a ficar desempregada, Laura Horsley acha que o convite para ajudar na organização de um festival literário veio bem a calhar. Mas quando recebe a missão de convencer o famoso escritor Dermot Flynn a comparecer ao evento, ela é dominada pelo pânico. Dermot é temperamental, nunca sai de casa e enfrenta um bloqueio criativo. É também o escritor favorito de Laura, além de extremamente atraente e dono de uma longa lista de conquistas amorosas. Por isso, não é de surpreender quando ele diz que só vai participar do festival se ela concordar com uma única condição, que pode colocar em risco não só o sucesso do evento, mas também o coração de Laura.

Livro tendo como personagem principal um escritor famoso? Pela capa não tinha prestado muita atenção, mas foi só ler isso na sinopse que já deu vontade de ler. Super curiosa, e a história tem de tudo para ser ótima.

Sempre Teremos o Verão (Summer #3) – Jenny Han: Abril
No Limite da Ousadia (No Limite da Atração #2) – Katie McGarry: Maio
Mar de Rosas (Quarteto de Noivas #2) – Nora Roberts: 24 de Abril
O Verão Que Mudou a Minha Vida e Sem Você não é Verão são livros fofos demais, é uma série em si fofa demais. Tenho muita curiosidade em saber como ela vai terminar, mas acho que teria que reler os primeiros livros antes, pois não lembro de muita coisa. Li No Limite da Atração não faz muito tempo, e adorei a história. Estou morrendo de vontade de ler esse segundo livro e saber mais da história da Beth. Estou tentando conseguir o primeiro livro do Quarteto de Noivas para ler, mas está difícil. Quando saiu o primeiro, não me interessei muito, mas depois dos comentários que saíram estou morrendo de vontade de ler.

Os Assassinos do Cartão-Postal – James Patterson:
Editora: Arqueiro
Previsão de lançamento: 09 de Abril
Sinopse: Uma viagem a Roma: Jacob Kanon, um detetive da divisão de homicídios do Departamento de Polícia de Nova York, está muito longe de casa. Em sua longa viagem, já conheceu as mais belas cidades da Europa. No entanto, não é a paisagem que o atrai. Para ele, cada café, catedral ou museu é uma pista dos assassinos de sua filha. Um rastro de sangue: A filha de Jacob, Kimmy, é apenas uma peça de um doentio e intricado quebra-cabeças. Amsterdã, Copenhague, Madri, Paris... Em toda a Europa, jovens casais são encontrados mortos com a garganta cortada. Os assassinatos não parecem ter qualquer conexão, além de cartões-postais enviados para os jornais locais dias antes da descoberta de cada crime. Mais pessoas correm perigo Numa tentativa de salvar as próximas vítimas, Jacob vai se unir à jornalista Dessie Larsson, que acaba de receber um cartão-postal em Estocolmo. O que eles não imaginam é que os crimes têm um propósito bem diferente do que pensavam.

Não tem uma sinopse dos livros do James Patterson que eu não me interesse. E mesmo assim, eu contínuo sem ter lido nada dele. Como isso é possível? Cheguei a começar Fogo Cruzado esses dias, mas estava uma bagunça no ônibus e não consegui entender nada, e acabei deixando o livro de lado. Tenho que voltar nele e ler.

Querida Sue – Jessica Brockmole:
Editora: Arqueiro
Previsão de lançamento: 14 de Abril
Sinopse: Março de 1912: Elspeth Dunn, uma poetisa de 24 anos, nunca viu o mundo além de sua casa na remota Ilha de Skye, na Escócia. Por isso fica empolgada ao receber a primeira carta de um fã, David Graham, um estudante universitário da distante América. Os dois começam a trocar correspondências – compartilhando os segredos mais íntimos, os maiores desejos e os livros favoritos – e fazem florescer uma amizade que, com o passar do tempo, se torna amor. Porém a Primeira Guerra Mundial toma a Europa e David se oferece como voluntário, deixando Elspeth em Skye com nada além de esperanças de que ele sobreviva. Junho de 1940: É o início da Segunda Guerra Mundial e Margaret, filha de Elspeth, está apaixonada por um piloto da Força Aérea Real. A mãe a adverte sobre os perigos de se entregar ao amor em tempos de guerra, mas a jovem não entende por quê. Então, durante um bombardeio, uma parede de sua casa é destruída e, de dentro dela, surgem cartas amareladas pelo tempo. No dia seguinte, Elspeth parte, deixando para trás apenas uma carta datada de 1915. Com essa única pista em mãos, a jovem decide ir em busca da mãe e, nessa trajetória, também precisará descobrir o que aconteceu à família muitos anos antes. Querida Sue é uma história envolvente contada em cartas. Com uma escrita sensível e cheia de detalhes de épocas que já se foram, Jessica Brockmole se revela uma nova e impressionante voz no mundo literário.

Eu simplesmente AMO livros nesse estilo, com cartas e diários e passagens de tempo. É o que me faz gostar tanto dos livros da Lucinda Riley. E esse parece lindo demais, mal posso esperar para lê-lo, a curiosidade está grande.

Tigana (A Voz da Vingança #2) – Guy Gavriel Kay: 24 de Abril
Até Que Eu Morra (Renevants #2) – Amy Plum: Maio
Não li o primeiro livro de A Voz da Vingança ainda, mas tenho interesse. Ganhei Morra por Mim de Natal e estava doida para lê-lo. Porém, até hoje não comecei. Tenho que aproveitar que o segundo vai sair e ler ele logo.

Beta – Rachel Cohn:
Editora: iD
Previsão de lançamento: Abril
Sinopse: Bem-vindo ao mundo perfeito! Demesne é uma ilha paradisíaca. Seu mar cor de violeta é relaxante. O ar é o mais puro de toda a Terra. Os habitantes são ricos e sofisticados. Mas poucos são autorizados a fazer parte desse mundo privilegiado. Elysia ganhou essa chance. Mas ela é uma Beta, um clone criado a partir de uma matriz humana que precisou morrer para ela existir. Nasce com 16 anos, sem alma, sem lembranças, e com uma única missão: fazer companhia aos humanos, adultos e crianças. Mas, com o tempo, Elysia vai descobrir que é capaz de muito mais.

Eu sou a única pessoa que não tinha ficado sabendo desse lançamento? Eu não entendi muito bem a sinopse, mas me lembrou o estilo de Starters, alguém sabe se tem algo a ver? Me interessei, mas acho que vou esperar ler umas resenhas antes para saber melhor do que se trata o livro, antes de ir comprá-lo.

Belle Époque – Elizabeth Ross:
Editora: Verus
Previsão de lançamento: Maio
Sinopse: Quando Maude Pichon foge de casa, na provinciana Bretanha, e vai para Paris, seus sonhos românticos evaporam tão rápido quanto suas economias. Desesperada para arrumar um emprego, ela responde a um estranho anúncio de jornal — a Agência Durandeau está em busca de jovens pouco atraentes a fim de fornecer a suas clientes um serviço singular: uma moça sem graça contratada para acompanhar as damas da sociedade e fazê-las parecer mais belas. A condessa Dubern precisa de uma acompanhante para Isabelle, sua voluntariosa filha, e Maude é considerada o adorno perfeito para tornar a moça mais bonita. Isabelle nem desconfia de que sua nova “amiga” foi contratada pela mãe, e a mera presença de Maude entre a aristocracia depende de que consiga guardar esse segredo. No entanto, quanto mais ela conhece e se afeiçoa a Isabelle — uma jovem determinada a desafiar as expectativas da sociedade e a estudar ciências na universidade —, mais sua lealdade é posta à prova. E, enquanto a farsa persistir, Maude terá muito a perder.

Eu ando completamente viciada em livros de época, ou seja, preciso desse livro nesse exato momento. A capa dele me lembra o estilo de Belle, mas a história parece completamente diferente (apesar de ambos serem livros de época). Estou contando os dias para esse livro sair e eu poder lê-lo.

Nove Noites e um Sonho de Outono – Lesley Livingston:
Editora: Gutenberg
Previsão de lançamento: Abril
Sinopse: Kelley Winslow está vivendo seu sonho. Aos 17 anos de idade, ela se muda para Nova York e começa a trabalhar em uma companhia de teatro. Ela ainda é, claro, apenas uma assistente e eventual substituta, mas um dia as coisas começam a mudar: a atriz que interpreta a protagonista Titânia em “Sonho de uma noite de verão”, de Shakespeare, sofre um acidente, e ela tem uma chance de assumir o papel principal. Nesse mesmo dia, ela passa a perceber que o mundo mágico é mais real do que pensava. Ela conhece um lindo jovem chamado Sonny Flannery, a atração entre os dois é imediata, mas o rapaz é, na verdade, um dos guardiões do portal do Samhain, que dá passagem para o outro mundo. A cada solstício de inverno, o portal se abre, mas a cada nove anos ele permanece aberto durante as últimas nove noites do outono. E é nesse breve tempo que ela, ao descobrir sua verdadeira descendência, se vê ameaçada por uma terrível trama, que coloca em perigo o mundo real, o mundo encantado e a promessa de viver um amor verdadeiro.

Acabei de descobrir de onde o nome da autora me parecia familiar. Esse livro é Wondrous Strange! Eu não tinha reconhecido! Se, ao ler a sinopse já tinha me interessado, agora mesmo que mal posso esperar para ler. Adorei a capa brasileira, ficou linda.

Geek Girl – Holly Smale:
Editora: Fundamento
Sinopse: "Meu nome é Harriet Manners e sou uma geek." Harriet Manners tem 15 anos e sabe tudo... sobre quase tudo. Ela só não sabe porque ninguém na escola parece gostar dela - especialmente sua arqui-inimiga Alexa, que adora humilhá-la todos os dias. Harriet só queria que sua vida fosse diferente... Quando Nat, sua melhor amiga, a arrasta para fazer compras num evento badalado, Harriet é descoberta por uma agência de modelos. É a grande chance de recomeçar! Mas tem um pequeno detalhe: Harriet não conhece nada sobre moda. Na verdade, ela não "Dá a mínima para a moda". E, claro, tem a Nat, que é linda, fashionista e sempre quis ser modelo. Seria como roubar o sonho da sua melhor amiga, não é? Harriet decide fazer uma sessão de fotos com o famoso - e incrivelmente lindo! - Nick, mas esconde a verdade e mente para as pessoas que ama. O que ela não esperava é que no dia seguinte essas fotos fossem estar nas capas de todas as revistas de moda! Em meio a muitas confusões, Harriet descobre que ser modelo não é nada fácil... Afinal de contas, também existem "Alexas" nas passarelas. Será que Harriet vai gostar do mundo da moda? Ou melhor, será que o mundo da moda vai gostar dela?

Adorei. Me lembrou um pouquinho Cabeça de Vento, da Meg Cabot (série pela qual estou apaixonada), e, mesmo sabendo que não deve ser nada parecido, fiquei bem curiosa com essa sinopse. Pretendo ler.

Graffiti Moon – Cath Crowley:
Editora: Valentina
Previsão de lançamento: Abril/Maio
Sinopse: O terceiro ano do ensino médio chega ao fim, e Lucy tem a maneira perfeita de comemorar: hoje à noite, ela vai encontrar Shadow, o misterioso grafiteiro cujo trabalho aparece em toda a cidade. Ele está lá fora em algum lugar espalhando cores, pintando pássaros e colorindo o céu a noite. Lucy pensa que um cara que pinta como Shadow é alguém que ela poderia se apaixonar. Realmente se apaixonar. Em vez disso, Lucy está presa em uma festa com Ed, o cara que ela vem evitando, desde o encontro mais constrangedor de sua vida. Mas quando Ed diz a ela que sabe onde encontrar Shadow, eles subitamente vão a uma busca durante toda a noite ao redor da cidade. E o que Lucy não pode ver é a única coisa que está bem diante de seus olhos.

Não tinha gostado muito da capa, e por isso não tinha me interessado. Porém, quando descobri a capa original, que é linda, e li a sinopse, não tive como não querer ler. Gente, completamente apaixonada já. Preciso desse livro agora mesmo.

Então, foram muitos lançamentos, espero que tenham gostado. Quais foram os favoritos? Gostei da maioria, mas os que estou mais ansiosa para ler são Belle Époque e Graffiti Moon.


Oi gente! A promoção de A Filha do Louco, da autora Megan Shepherd, acabou ontem dia 28 de março e hoje nós viemos trazer o resultado. O livro foi disponibilizado pela editora Novo Conceito, parceira aqui do blog.

Parabéns Isabelle!

Espero que goste bastante do livro. Você tem cinco dias para entrar em contato conosco pelo e-mail stolennights.rab@gmail.com e nos enviar seus dados. Caso isso não aconteça, faremos um novo sorteio.

Muito obrigada a todos por acompanharem o blog e pela participação *--* E não esqueçam que ainda podem participar das promoções de Eleanor e Park e de O Tabuleiro dos Deuses.


O Visconde Que Me Amava – Julia Quinn:
Série: Os Bridgertons #2
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 304
Classificação: 5/5

Resenha:
O Visconde Que Me Amava é o segundo livro da série Os Bridgertons. Apesar de ser uma série, não temos muitos spoilers a respeito do livro anterior, já que o final é meio óbvio. Porém, é sempre melhor ler os livros na ordem, já que aprendemos mais a respeito das histórias secundárias que existem. De qualquer jeito, essa resenha não possui spoiler nenhum a respeito do livro anterior.

Em O Duque e Eu, conhecemos Anthony Bridgerton como um homem totalmente dedicado à sua mãe e aos seus irmãos. Vimos o quanto ele os amava, e fazia de tudo para protegê-los. Mas é só em O Visconde Que Me Amava que o conhecemos de verdade. Sim, ele ainda é totalmente ligado à família, se importa e se preocupa com eles, mas ele não é somente isso. Ele é um homem que quer aproveitar a vida ao máximo, porque ele tem consciência de que ela não será longa.

Anthony desde pequeno foi totalmente ligado ao pai, tudo o que ele fez em sua vida foi em função de fazê-lo se orgulhar dele. O pai era tudo para ele, um exemplo. Então, quando o pai morreu com apenas 39 anos, ele teve certeza de que não passaria disso. Afinal, não tinha como ele superar o pai. E, com essa visão, ele aproveitou a vida ao máximo. Mas ele sabe de seus deveres. Ele deve cuidar bem da mãe e dos irmãos, e ele deve construir uma família para ele, afinal, ele precisa de um herdeiro para assumir seu título de Visconde, e dar continuidade à sua linhagem.

E é por isso que, aos 29 anos, ele decide que está na hora de arranjar uma esposa. Uma mulher que se dê bem com sua família, e que consiga criar bem os filhos depois que ele morrer. Ele sabe que seus irmãos vão cuidar bem da sua família, ele nem precisa se preocupar com isso. E então, ele começa a procurar por uma esposa. Ela deve ser bonita, não ser burra, ser uma companhia agradável, e, principalmente, ser alguém por quem ele não vá se apaixonar, de jeito nenhum. E, com esse pensamento, ele encontra Edwina Sheffield, a jovem considerada a mais disputada da temporada.

Edwina é linda, inteligente, e dará uma ótima esposa. Mas, para conseguir alguma coisa com ela, Anthony primeiro terá que passar por sua irmã, Kate Sheffield. O que não será nada fácil, já que Kate não acredita que um ex libertino seja uma boa opção de marido para a irmã. E tem algo em Kate que o provoca, que o faz dizer coisas que ele não deveria, que o faz perder a razão.

O relacionamento entre os dois não é nada bom, eles não se suportam, mas Anthony não vai desistir de Edwina, ela seria a esposa perfeita. E Kate não vai deixar a irmã se casar com ele, afinal, ela quer que a irmã seja feliz, e isso nunca vai acontecer se ela se casar com Anthony. Mas, quanto mais eles discutem, mais dificuldade Anthony tem em parar de pensar nela, em parar de sonhar com ela. Quanto mais tempo passam juntos, mais eles vão percebendo que suas opiniões a respeito um do outro podem não ser tão corretas assim.

Kate provoca algo em Anthony, algo que poderia muito bem se transformar em amor. E isso não pode acontecer. Ele não pode se apaixonar, era tudo o que ele não queria. Mas, ele tem tudo sobre controle. Afinal, se ele não quiser se apaixonar, ele não vai. Ele é perfeitamente capaz de controlar seus sentimentos. Tudo o que ele precisa é convencer Kate de que ele será um bom marido para Edwina, e estará tudo resolvido, simples assim. Ou não.

A cada livro lido dessa série nos apaixonamos mais pelos personagens. Se eu já tinha me apaixonado pelo Anthony em O Duque e Eu, agora então, me apaixonei completamente. E a Kate é uma ótima personagem. Ela não é uma garota sem personalidade que está desesperadamente atrás de um marido, como grande parte das garotas daquela época, ela é inteligente, decidida, e vai fazer de tudo para proteger a irmã e a madrasta. Nesse livro temos menos participação dos outros irmãos do que em O Duque e Eu, mas não dá para deixar de mencionar a mãe deles, Violet Bridgerton. Tudo o que ela quer é que os filhos sejam felizes, que encontrem o amor. E ela não vai descansar enquanto todos os oito não estiverem devidamente casados e vivendo felizes.

Outra personagem que não dá para deixar de mencionar (apesar de eu não tê-la mencionado na resenha anterior) é a Lady Whistledown, a colunista de fofocas que parece saber de tudo o que acontece, mas que ninguém sabe sua verdadeira identidade. Ela acerta TUDO. E não poupa comentários a ninguém. A curiosidade em descobrir quem ela é está imensa, tenho alguns palpites, mas não consigo ter certeza de nada. E tenho certeza de que quando ela se revelar fará absoluto sentido, e eu vou morrer de raiva de não ter descoberto antes.

Achei linda a relação que Kate tem com sua madrasta, porque elas realmente são como mãe e filha, e isso é raro nos livros. Ver a dedicação que Kate tem para com sua família é ótimo, e compensa um pouco a falta de cenas entre os irmãos Bridgertons. Estou apaixonada por essa série, doida para que a Arqueiro lance os outros livros da série logo (já li Um Perfeito Cavalheiro, e o próximo livro é o do Colin *--*). Os Bridgertons não é a minha série favorita dentro dos romances de época (não tem como superar os Wherlocke *--*), mas é uma série incrível, cheia de romance e histórias lindas.

A edição da Arqueiro continua no mesmo padrão da primeira, com a diagramação simples, mas bem feita. Não notei erros de digitação nem nada. A capa, assim como as outras, é linda, e a árvore genealógica que tem no início do livro é super útil, adoro ficar olhando para ela e imaginando todos os livros que ainda vão sair (voto para que no final a autora escreva um livro com todos os irmãos com suas respectivas famílias interagindo, ia ser ótimo, e uma bagunça rs). Nem preciso dizer que recomendo, acho que já deu para perceber.

Série:
1. O Duque e Eu (resenha)
2. O Visconde Que Me Amava
3. Um Perfeito Cavalheiro (resenha)
4. Os Segredos de Colin Bridgerton (resenha)
5. Para Sir Phillip, Com Amor (resenha)
6. O Conde Enfeitiçado (resenha)
7. Um Beijo Inesquecível (resenha)
8. A Caminho do Altar (resenha).


Oi gente! Mais um post sobre livros nacionais que eu estou morrendo de vontade de ler. Minha lista não para de crescer. Espero que gostem :)

A Ilha dos Dissidentes - Bárbara Morais
Editora: Gutenberg
Sinopse: Ser levada para uma cidade especial não estava nos planos de Sybil. Tudo o que ela mais queria era sair de Kali, zona paupérrima da guerra entre a União e o Império do Sol, e não precisar entrar para o exército. Mas ela nunca imaginou que pudesse ser um dos anômalos, um grupo especial de pessoas com mutações genéticas que os fazia ter habilidades sobre-humanas inacreditáveis. Como única sobrevivente de um naufrágio, ela agora irá se juntar a uma família adotiva na maior cidade de mutantes do continente e precisará se adaptar a uma nova realidade. E logo aprenderá que ser diferente pode ser ainda mais difícil que viver em um mundo em guerra.
Onde Comprar: Submarino
Bárbara Morais
Nasceu e mora em Brasília e está se graduando em Economia pela Universidade de Brasília (UnB). É membro da Aiesec, organização internacional voltada ao intercâmbio cultural e desenvolvimento de lideranças entre jovens, e uma leitora voraz. Faz parte do Clube do Livro de Brasília e adora organizar eventos literários. Além de sua vasta experiência em trocar bilhetes em sala de aula, derrubar objetos por acidente e consumir cultura pop, ela escreve em seu blog, o Nem Um Pouco Épico. Já teve contos publicados em coletâneas, e sua trilogia "Anômalos" será publicada pela editora Gutenberg. O primeiro volume, "A Ilha dos dissidentes", foi lançado em setembro de 2013.
Créditos: Skoob

A Batalha do Apocalipse - Eduardo Spohr
Editora: Verus
Sinopse: Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final. Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedon, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo. Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval. A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana, mas é também uma jornada de conhecimento, um épico empolgante, cheio de lutas heróicas, magia, romance e suspense.
Onde Comprar: Submarino
Eduardo Spohr
Eduardo Spohr nasceu em junho de 1976, no Rio de Janeiro. Filho de um piloto de aviões e de uma comissária de bordo, teve a oportunidade de viajar pelo mundo, conhecendo culturas e povos diferentes. A paixão pela literatura e o fascínio pelo estudo da história o levaram a cursar comunicação social. Começou a trabalhar em agências de publicidade, mas acabou, gradualmente, migrando para o jornalismo. Formou-se pela PUC-Rio em 2001 e se especializou em mídias digitais. Trabalhou como repórter no Cadê Notícias, StarMedia e iG, como analista de conteúdo do iBest e depois como editor do portal Click 21. Hoje, além de criar projetos gráficos, ministra o curso “Estrutura Literária: a jornada do herói no cinema e na literatura”, nas Faculdades Hélio Alonso, do Rio de Janeiro. É, ainda, participante do NerdCast, o podcast do site Jovem Nerd.

Azar o Seu! - Carol Sabar
Editora: Jangada
Sinopse: Bia está parada num engarrafamento no Rio de Janeiro, pensando em sua vida azarada. Sem emprego, atolada em dívidas, ela não imagina que está prestes a viver a grande coincidência da sua vida. O motorista do carro ao lado está buzinando, tentando se comunicar com ela, como se fosse um velho conhecido... E ele é! Mas Bia não o reconhece. E como poderia? Ele é um homem, não mais o garoto de dez anos atrás. Está mais encorpado, cortou o cabelo, livrou-se do aparelho nos dentes e das espinhas do rosto, está tão diferente, tão lindo... O motorista sai do carro, mas não tem tempo de se explicar, pois começa um violento tiroteio e eles têm que se jogar lado a lado no asfalto. Certa de que está prestes a morrer, Bia entra em desespero e se prepara para dizer suas últimas palavras, na esperança de que o suposto desconhecido deitado ao seu lado possa levar um recado a Guga, seu amor da adolescência, sem perceber que é ele próprio que está ali, ouvindo a inesperada declaração de amor! Os dois escapam juntos do tiroteio e, a partir daí, começam a se envolver, dia após dia... Guga, sem coragem de assumir sua verdadeira identidade. Bia, fascinada por ele e feliz consigo mesma por finalmente estar se apaixonando por alguém que não é Guga... Azar o seu! Vai além de uma comédia romântica. É uma reflexão sobre a importância da amizade verdadeira, do perdão e do autoconhecimento, que nos resgata o poder de decidir sem medo e de reverter escolhas que nos impedem de ser feliz.
Onde Comprar: Submarino
Carol Sabar

Carol Sabar nasceu em 1984, em Juiz de Fora, Minas Gerais. Formou-se em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Juiz de Fora e trabalha na fábrica de meias da sua família. Carol é viciada em literatura desde a infância. Mas tem uma queda maior por "chick-lit", gênero em que se encontrou como escritora.
Créditos: Skoob


Lilac - Deise Müller
Editora: Literata
Sinopse: Lilin, uma súcubo ambiciosa, tenta aniquilar Lúcifer em como punição, é enviada a Terra e destituída de seus poderes. Transformada em feiticeira, Lilin assume vários consortes e começa um plano para reinar sobre os seis clãs dos feiticeiros. Meg cresceu acreditando ter herdado habilidades mágicas de sua tataravó feiticeira. Abandonada ainda bebê pela mãe, seu pai tenta fazer com que ela e sua irmã se interessem pela arte oculta, porém a última coisa que uma adolescente quer é aprender feitiços com sangue de galinha e adagas afiadas. Entretanto, quando Lauren, sua irmã, é assaltada e baleada, e Lucas seu ex-namorado, desaparece misteriosamente Meg se arrepende de não seguir os conselhos do pai. Meg retorna à cidade onde cresceu, para se afastar da dor do passado e da acusação nos olhos do pai. Seu passado, no entanto, não está disposto a deixá-la em paz. Craft, o suspeito inicial no desaparecimento de Lucas, acaba sendo o rei do clã Domovoi, o mais poderoso dos clãs, e sua única esperança de escapar de seu caçador, e da escuridão na qual seu coração se afundou. Mas quando sobreviver pode significar ser um receptáculo ambulante para um demônio que planeja destruir tudo o que você ama, e morrer significa destruir o coração daqueles que te amam, o que fazer? Um demônio banido… Uma linhagem condenada… E uma atração inevitável. O amor realmente supera tudo?
Onde Comprar: Submarino
Deise C. Müller 
Deise C. Müller nasceu em Vila Velha - ES, no ano de 1989. Durante a infância, não conseguia ir até a padaria e retornar sem ter imaginado uma história inteira. Na adolescência, se interessou por informática e achou ter encontrado sua paixão. Após seu casamento com Nelson, e durante a faculdade de Sistemas de Informação, redescobriu sua paixão por literatura, e após passar noites em claro consumida por ideias, resolveu escrever. Após vários contos e um livro não publicado, em 2010 surgiu Lilac. Sua estreia literária. Recentemente assinou contrato com a editora Literata para a edição de Silver, o segundo livro da série Lilac, e escreve contos para o site Amazon enquanto trabalha, em paralelo, com sua nova série ainda intitulada.
Créditos: Skoob

Outros livros de autores nacionais:



Oii! Essa sou eu ignorando completamente a ideia de não comprar livros. Mas, dos livros da minha última caixinha, só não li dois ainda, então até que não foi tão ruim rs. E, os dessa caixinha agora, só metade foi compra.

Harry Potter Page to Screen: Esse livro é lindo demais, estou apaixonada por ele. Ele é gigantesco! Nem cabe na minha estante rs. Mas é lindo, dei uma folheada nele e tem um monte de imagens e desenhos e descrições, e é lindo! Pedi pro meu pai um dia que estava em promoção e ele comprou, nem fiquei feliz, imagina rs.

Na Passarela – Meg Cabot: Estava doida por esse livro desde que terminei Sendo Nikki, mas demorou para eu conseguir pegá-lo na Saraiva (não tem Saraiva nos shoppings onde eu vou normalmente). Mas, consegui busca-lo, e ele é lindo, já li e sou apaixonada por essa série. O que não deveria ser uma surpresa, afinal, é um livro da Meg.
O Códex dos Caçadores de Sombras – Cassandra Clare: O principal motivo de eu ter comprado esse livro foi: os brilhos. Fica tão sem graça sem eles. Mas estou apaixonada, o livro é lindo. Só não li ainda porque quero terminar Os Instrumentos Mortais e As Peças Infernais antes, mas pelo que vi tem um monte de anotações e desenhos e tal, adorei.

Finale – Becca Fitzpatrick: Consegui esse livro por troca, e agora não tenho mais desculpas para não terminar essa série. Acho que vou reler os dois primeiros livros antes, porque não lembro muita coisa, mas queria fazer isso logo. Apesar de não gostar muito da Nora, não tem como resistir ao Patch rs.
Entre o Agora e o Nunca – J.A. Redmerski: Esse livro foi uma dificuldade para conseguir, mas acabei pegando ele por troca. Cheguei a começá-lo, mas não sei se vou terminar tão cedo, chegaram outros livros que quero ler rs.

O Visconde Que Me Amava e Um Perfeito Cavalheiro – Julia Quinn: Solicitei o primeiro livro esses tempos para a Editora Arqueiro, e me apaixonei pelo livro. Desde então, estava doida atrás desses, mas nunca os encontrava para troca. Então acabei comprando. E agora vou poder ler Terminei O Visconde Que Me Amava ontem e só não corri ler Um Perfeito Cavalheiro ainda porque não queria ler um seguido do outro, mas a vontade está grande. Adoro os Bridgertons *--*.

The Thing About the Truth – Lauren Barnholdt: Eu juro que eu tinha finalizado esse post justamente escrevendo sobre eu ter desistido dos meus livros do BWB. Ai, no mesmo dia, eu saio para a aula e, quando volto, esse livro chega. Tem como acreditar? Não entendi porque ele veio sozinho, afinal, junto com ele pedi outros 4 livros (isso sem contar os 6 livros do outro pedido), mas não vou reclamar. Agora as esperanças de que o resto chegue foram renovadas, afinal, o que será mais um tempinho depois dos cinco meses desde que os comprei? E nem posso reclamar, ele veio em perfeito estado, a jacket não estava colada no hardcover, e a capa de plástico em volta da jacket estava fácil de tirar, acreditam?

Então, esses foram os últimos livros que chegaram! O que acharam? Estou super animada com todos eles (o que talvez não seja muito bom nesse momento, já que estou entrando em semana de provas na faculdade rs).


Oi gente! Hoje, a editora Galera Record divulgou as datas do Encontro de Fãs da Cassandra Clare. Eu adoro os livros da autora, e gostaria muito de ir ao evento, pena que não vai ter aqui em Brasília. Se você ainda não conhece a série Os Instrumentos Mortais ou a série As Peças Infernais, clique aqui ou aqui para conferir a sinopse. Veja a programação:

Obs: Este post pode sofrer alterações de acordo com mudanças nos locais dos eventos.

Os fãs dos livros da autora Cassandra Clare já sabem o que é o Códex dos Caçadores de Sombras. Agora os mundanos terão acesso a esse livro que impõe leis e desvenda mistérios do mundo das sombras e seres do submundo. Para comemorarmos esse tão aguardado lançamento, a editora Galera Record e o site Idris Brasil convidam a todos para participarem de uma tarde de evento com muitas atividades e bate papo.

Porto Alegre
Rio Grande do Sul
Saraiva Mega Store - Shopping Praia de Belas
Avenida Praia de Belas 1181 
Sábado, 12 de abril às 14h00min

Rio de Janeiro
Saraiva Meg Store - Rio Sul
Rua Lauro Muller 116 Loja 301 C-13 Botafogo, 22290-160 Rio de Janeiro
Sábado, 12 de abril às 15h00min

São Paulo
Saraiva Meg Store - Center Norte
Av Rebolças - São Paulo
Sábado, 12 de abril às 15h00min


Tecnologia do Blogger.