First Drop of Crimson - Jeaniene Frost
Número de páginas: 371
Classificação: 4/5
Onde comprarAmazon e Book Depository
Observação: First Drop of Crimson é o primeiro livro de uma série spin-off chamada Night Huntress World, que acontece na mesma ordem cronológica que sua série mãe. É indicado que você leia esse livro depois de Destinada à Sepultura (NH #4) e antes de Deste Lado da Sepultura (NH #5).

Essa resenha pode conter spoilers dos quatro primeiros volumes da série Night Huntress. Então, eu aconselho que você clique aqui se ainda não leu o primeiro livro, aqui se ainda não leu o segundo, aqui se ainda não leu o terceiro ou aqui se ainda não leu o quarto.

Denise MacGregor não é a mesma desde a morte de seu marido. Ela se afastou completamente do mundo dos mortos-vivos, até de sua melhor amiga Cat e tudo que ela mais quer é ter uma vida normal e tentar lidar com a falta que sente de Randy. Porém, quando alguns de seus parentes próximos começam a morrer de um suposto ataque do coração e Denise tem um trágico encontro com um ser infernal, ela percebe que as únicas pessoas que podem ajudá-la são aquelas que ela deixou pra trás.

Spade, melhor amigo de Bones, é um poderoso vampiro que tem muitas responsabilidades sendo o mestre de sua linha. Quando recebe uma ligação de Denise pedindo ajuda, ele vai ao seu encontro acreditando que tudo não passa de uma fantasia dela. Contudo, Spade encontra algo muito mais perigoso do que imaginava e que vai mudar sua vida para sempre.

Ao contrário da série Night Huntress, First Drop of Crimson é escrito em terceira pessoa e intercala os pontos de vista da Denise com os do Spade. É muito diferente e interessante conhecer a história sem ser pela perspectiva da Cat, o que nos permite compreender melhor todo o mundo criado pela Jeaniene Frost.

Denise é uma personagem forte, perseverante, teimosa e bem divertida. É muito triste ver o quanto ela se sente culpada pela morte de Randy e quanto sofre com isso. Ao mesmo tempo, ela consegue ter forças para seguir em frente e tentar salvar sua família e ela mesma. Eu dei várias risadas com ela durante a leitura, principalmente quando ela ficava pensando em quando o Spade estava gastando e tentando achar uma forma de compensar ele por isso. A única coisa que me incomodou nela no início do livro, foi como ela tratava o Spade às vezes, porém isso vai mudando a partir da história, e é muito fofo.

''Denise ficou em silêncio por um minuto. Então ela disse: - Eu não quero saber como é a casa que você deu ao Ian por minha causa. Não é de se admirar que você fica me dizendo que não vai me deixar te reembolsar. Provavelmente eu nem poderia, nem se eu te desse cada centavo que eu tivesse.''

Eu já gostava do Spade desde A Caminho da Sepultura, em que ele apareceu bem pouco, agora então, fiquei completamente encantada por ele. O que não é novidade, já que os personagens masculinos da série são sempre muito bem construídos e cativantes. Outra coisa que gostei bastante foi à citação de Denise a Friends (que é a minha série favorita) e me peguei com um sorriso no rosto. Bones, Cat, Mencheres e Ian aparecem na história deixando tudo mais legal e eu realmente espero que a Jeaniene escreva algum livro sobre o Ian, que é um personagem que me deixa bem curiosa e intrigada.

Apesar disso, não gostei tanto assim do final, não que ele seja ruim, a resolução do conflito principal é ótima e bem agoniante, porém depois disso esperava um pouquinho mais de história envolvendo os personagens, já que não sei se a autora vai escrever algum outro livro com a Denise e o Spade como principais. De qualquer forma, se você gosta da série Night Huntress, indico completamente que você leia os livros das séries spin-offs, você não vai se arrepender.

''Se isso é morrer - Denise pensou - Eu recomendo totalmente.''

Então é isso. Espero que tenham gostado da resenha :)


Deixe um comentário

Tecnologia do Blogger.