Promessa de Sangue (Blood Promise) – Richelle Mead:
Série: Vampire Academy #4
Editora: Agir
Número de páginas: 384
Classificação: 5/5

Resenha:
Promessa de Sangue é o quarto livro da série Vampire Academy. Então, se você não leu os outros três ainda, eu aconselho que você não leia esta resenha, pois ela contém spoilers dos livros anteriores.

Se eu tinha conseguido não morrer de tanto chorar em Tocada pelas Sombras, Promessa de Sangue acabou de me matar. Eu não lembrava que ele era tão triste. No final de Tocada pelas Sombras, Rose deixou Lissa e a Escola para ir atrás de Dimitri. Tudo o que ela sabia era que ele estava na Rússia. E foi só quando ela chegou lá que ela percebeu que isso não seria suficiente para encontra-lo, já que a Rússia é enorme.

No meio de um país estranho, tentando se virar com um idioma completamente desconhecido, Rose tenta encontrar a comunidade de dhampir que Dimitri viveu, certa de que assim conseguiria encontra-lo. Mas não é tão fácil, já que os Moroi e os dhampir não se misturam muito com o mundo humano. Completamente frustrada, ela não desiste, e aproveita para matar todos os Strigoi que ela encontra. E isso trás até ela Sydney, uma alquimista. Rose nunca ouviu falar dos alquimistas, mas eles já ouviram falar dela. Ou melhor, dos vampiros. Eles ajudam a manter os vampiros escondidos, para proteger os humanos dos monstros que os vampiros são. Mas ela não está nem aí que Sydney não goste dela, o que importa é que ela irá leva-la até a comunidade.

E é assim que Rose acaba na casa de Olena Belikov, a mãe de Dimitri. E ela se vê na difícil missão de contar à família de Dimitri o que aconteceu com ele. E essa é a parte mais triste da história, eu simplesmente não consigo parar de chorar um minuto toda vez que eu leio. A vida na casa dos Belikov é ótima, eles são uma família, tudo o que Rose sempre quis ter. Mas lá não é o lugar dela, ela não foi até lá para viver com eles. Ela tem que ir atrás de Dimitri, e é óbvio que ele não está por lá.

E, com isso, Rose sai para caçar Strigoi com um grupo de dhampir. Mas ela não quer somente caçar Strigois aleatórios, ela precisa encontra-lo, e precisa mata-lo, mesmo que ela morra no processo. O que provavelmente irá acontecer, já que Dimitri já era praticamente invencível como dhampir, imagina agora. Mas será que, quando encontra-lo, ela conseguirá mata-lo? Conseguirá matar o amor de sua vida? Rose não quer nem pensar nisso, ela continua colocando em sua cabeça que ele não é mais o seu Dimitri, agora ele é um monstro, e ela precisa acabar com ele. Mas falar é mais fácil que fazer...

“Roza. - A voz possuía aquela mesma gravidade maravilhosa, o mesmo sotaque... só era mais gélida. - Você esqueceu a minha primeira lição: não hesite.
Mal vi o seu primeiro golpe em direção à minha cabeça... e, então, não vi mais nada.

Então, como eu falei no início da resenha, o início de Promessa de Sangue é extremamente triste. Você já sabe o que aconteceu, e sabe o que está para acontecer. Teoricamente, depois do final do terceiro livro, você está preparado para tudo. Mas como aguentar a Rose contando para a família do Dimitri o que aconteceu com ele? Como lidar com a tristeza eles sentem, logo depois de você se apegar tanto a eles? É impossível não chorar.

Além da família do Dimitri, Rose ainda conhece tantos outros personagens incríveis e super importantes que nem dá para falar de todos. Sim, eu fiquei triste que alguns personagens que eu amo tanto não tiveram tanto destaque nesse livro, mas eu fiquei impressionada que a Richelle ainda conseguiu fazer com que os antigos personagens continuassem presentes na história, mesmo que de forma diferente. Só temos notícias deles através de Lissa, quando Rose visita sua cabeça e vê como as coisas estão.

Esse livro é diferente dos anteriores, nada de Escola, tudo o que acontece é real para a Rose, então ela cresce bastante. Sim, ela tem seus momentos de indecisão, de fraqueza, de vontade de abandonar tudo e tal, mas ela tem uma força imensa, ela não aceita o que é fácil e deixa o que é certo para trás, e é isso que a faz uma personagem tão diferente das que normalmente vemos nos livros.

Promessa de Sangue é um livro lindo e perfeito, como todos os outros da série. Nunca vão me ouvir falar mal dessa série rs. Recomendo demais que leiam toda essa série que é tão perfeita, vale muito a pena. Richelle Mead é uma das minhas escritoras preferidas e não tem como não gostar do que ela escreve.

Série:
1. O Beijo das Sombras (resenha)
2. Aura Negra (resenha)
3. Tocada pelas Sombras (resenha)
4. Promessa de Sangue
5. Laços do Espírito (resenha)
6. Último Sacrifício (resenha).


Tecnologia do Blogger.