Oii! Hoje vim trazer o resto das novidades de ontem, tomara que gostem!

Névoa – Kathryn James:
Editora: Farol
Sinopse: Gwen, uma garota de 15 anos, marca sua festa de aniversário no meio da mata. Sua irmã Nell sabe dos perigos de fazer uma festa na floresta, mas Nell não consegue impedir a irmã. Gwen é levada pela névoa da floresta. Somente Nell sabe quem está por trás do sequestro de sua irmã – o garoto que ela imaginava ser seu amigo, o belo e misterioso Evan River. Evan não é um garoto comum – ele tem um segredo que fará com que Nell questione tudo o que ela sempre ouviu de sua avó: que as histórias sobre as meninas perdidas fossem apenas contos de fadas. Evan vive à margem do mundo de Nell, raramente vislumbrado, incompreendido e temido. Um confronto entre os dois mundos está prestes a começar.

Depois de ler essa sinopse eu percebi que faz um tempão que não leio um livro com fadas. Fiquei bem curiosa sobre esse, tenho a impressão de que já tinha visto a capa desse livro a um tempo atrás, mas nunca tinha lido a sinopse.

Cidades de Papel – John Green:
Editora: Intrínseca
Previsão de lançamento: Agosto
Sinopse: Em Cidades de papel, Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.

E eu fico com vergonha de dizer que eu ainda não li nenhum livro do John Green. Não sei porque, morro de vontade, tenho A Culpa é das Estrelas aqui em casa, mas toda vez que eu vou pegar, eu perco a coragem. Acho que tenho expectativas muito altas e tenho medo de me decepcionar, sei lá.

Atormentada – Jeannine Garsee:
Editora: Jangada
Previsão de lançamento: Julho
Sinopse: Rinn é uma garota bipolar, que mantém o transtorno sob controle com a ajuda de medicação. Ela mora com a mãe e estuda no Colégio River Hills, onde dizem que a piscina é assombrada por Annaliese, uma adolescente que se afogou ali vinte anos antes. Quando coisas terríveis começam a acontecer aos seus colegas e não a ela, Rinn promete descobrir por que não pode ser “atingida” pelo espírito de Annaliese. Ela consegue fazer contato com o fantasma, que não se mostra nada pacífico. Ao descobrir o motivo, Rinn pede ajuda para seu namorado Nate, e elabora um perigoso plano para descobrir a verdade. Logo realidade e fantasia se confundem, até Rinn perceber que é quase impossível diferenciá-las. Diante de uma força malévola que ameaça a vida de todos de quem ela gosta, Rinn se pergunta se de fato pode confiar no que sente ou se está novamente perdendo o contato com a realidade.

Me interessei, mas me deu um pouco de medo rs. Definitivamente não é o tipo de livro para eu ler de noite ou sozinha em casa, mas fiquei com vontade de ler sim. E a capa ficou bem legal, gostei.

Uma Prova de Amor – Emily Giffin:
Editora: Novo Conceito
Previsão de lançamento: 23 de agosto
Sinopse: Primeiro vem o amor, depois vem o casamento e depois… os filhos. Não é assim? Não para Claudia Parr. A bem-sucedida editora de Nova York não pretende ser mãe, e até desistiu de encontrar alguém que aceite esta sua escolha, mas, então, ela conhece Ben. O amor dos dois parece ideal. Ben é o marido perfeito: amoroso, companheiro e – assim como Claudia – também não quer crianças. No entanto, o inesperado acontece: um dos dois muda de ideia a respeito dos filhos. E, agora, o que será do casamento dos sonhos? Uma Prova de Amor é um livro divertido e honesto sobre o que acontece ao casal perfeito quando, de repente, os compromissos assumidos já não servem mais. Contudo, é também uma história sobre como as coisas mudam, sobre o que é mais importante, sobre decisões e, especialmente, sobre até onde se pode ir por amor.

Já fiquei com vontade de ler o livro só por ver o nome da autora. Quando um livro da Emily Giffin não vai ser bom? A sinopse me interessou, mas não muito. Mas, por ser da Emily Giffin, com certeza eu vou ler.

Quero Ser Beth Levitt – Samanta Holtz:
Editora: Novo Século
Previsão de lançamento: Julho
Sinopse: Amelie Wood perdeu os pais aos doze anos e, desde então, vive em um abrigo de meninas. Com a chegada do seu décimo oitavo aniversário, ela vive agora o temido e esperado momento de deixar o lugar que a acolheu por toda a adolescência para enfrentar o mundo em busca dos seus sonhos. Seu bem mais precioso é o velho exemplar do romance que sua mãe lia para ela, na infância. "Doce Acaso" contava a história de Beth Levitt, uma jovem que, como ela, amava o balé e tinha a vida transformada ao conhecer o príncipe Edward. Amie suspira ao reler incansavelmente aquelas páginas, imaginando quando o príncipe da vida real baterá em sua porta... Por isso, ao soprar as velas, não tem dúvida quanto ao seu pedido: "Quero ser Beth Levitt!". Através de grandes coincidências e uma trajetória que ela jamais imaginaria, Amie se vê, de repente, no fascinante mundo do cinema, cara a cara com o príncipe mais lindo que sonharia encontrar e lutando para se esquivar da maldade de muita gente invejosa, contando, para isso, com sua melhor arma: um coração puro.

Agora eu não tenho mais desculpas para não ler O Pássaro, que está na minha estante a um tempão esperando eu ter coragem de ler. Quando eu tenho muitas expectativas em um livro eu fico com medo de ler, sei lá, não por achar que ele vai ser ruim, mas porque depois que eu acabar de ler não vai ter mais aquela expectativa. Enfim, nem eu me entendo rs. Mas agora eu posso ler sem problemas.

Desastre Iminente – Jamie McGuire:
Editora: Verus
Previsão de lançamento: Setembro
Sinopse: Você conseguiria amar muito alguém? Travis Maddox aprendeu duas coisas de sua mãe antes dela morrer: Ame muito. Lute muito mais. Em Desastre Iminente, a vida de Travis está cheia de mulheres fáceis, jogos clandestinos e violência. Mas bem quando ele pensa que é invencível, Abby Abernathy coloca-o de joelhos. Todas as histórias têm dois lados. Em Belo Desastre, Abby teve sua chance. Agora é a hora de ver a história pelos olhos de Travis.

Sabe quando falam tanto de um livro que você pega raiva dele? Eu tenho isso com alguns, e com Belo Desastre foi assim. Não que eu não tenha vontade de ler, porque eu tenho, mas eu fiquei com raiva, não aguentava mais ouvir falar de Belo Desastre rs. Esse é o livro escrito pelo ponto de vista do Travis. Quem sabe agora eu consigo deixar minha raiva de lado e ler o primeiro livro?

Os Garotos Corvos – Maggie Stiefvater:
Editora: Verus
Previsão de lançamento: Setembro
Sinopse: Todo ano, na véspera do Dia de São Marcos, Blue Sargent vai com sua mãe clarividente até uma igreja abandonada para ver os espíritos daqueles que vão morrer em breve. Blue nunca consegue vê-los — até este ano, quando um garoto emerge da escuridão e fala diretamente com ela. Seu nome é Gansey, e ela logo descobre que ele é um estudante rico da Academia Aglionby, a escola particular da cidade. Mas Blue se impôs uma regra: ficar longe dos garotos da Aglionby. Conhecidos como garotos corvos, eles só podem significar encrenca. Gansey tem tudo — dinheiro, boa aparência, amigos leais —, mas deseja muito mais. Ele está em uma missão com outros três garotos corvos: Adam, o aluno pobre que se ressente de toda a riqueza ao seu redor; Ronan, a alma perturbada que varia da raiva ao desespero; e Noah, o observador taciturno, que percebe muitas coisas, mas fala pouco. Desde que se entende por gente, as médiuns da família dizem a Blue que, se ela beijar seu verdadeiro amor, ele morrerá. Mas ela não acredita no amor, por isso nunca pensou que isso seria um problema. Agora, conforme sua vida se torna cada vez mais ligada ao estranho mundo dos garotos corvos, ela não tem mais tanta certeza.

Maggie Stiefvater é outra autora que eu me interesso pelo livro só vendo o nome dela na capa. Apesar de só ter lido um livro dela (Calafrio), eu sou apaixonada por esse livro, e todos os outros parecem perfeitos pelas sinopses, eu só tenho que criar coragem para ler rs.

Juro que não separei os livros que eu mais queria pra esse post, mas ficou quase isso. Morrendo de vontade de ler todos esses, menos Desastre Iminente, porque ainda nem li Belo Desastre rs.


Tecnologia do Blogger.