Ecos da Morte – Kimberly Derting:
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 272
Classificação: 4/5
Onde comprar: Saraiva, Submarino

Resenha:
Ecos da Morte conta a história de Violet Ambrose, uma garota que tem o dom de sentir os mortos, principalmente os que foram assassinados. Ela sente os ecos deles, pode ser algum cheiro, algum som, alguma cor, qualquer coisa. Cada eco é diferente. Apesar de ser um pouco assustador (tipo muito assustador), Violet nunca teve muitos problemas com isso, ela encontrava no máximo animais enterrados pelo bosque. Mas, quando tinha oito anos, Violet desenterrou o corpo de uma menina que havia sido assassinada, e isso a assombra até hoje.

Oito anos mais tarde, seu dom não é sua maior preocupação. Jay, seu melhor amigo desde a infância, mudou completamente durante o verão. E Violet não é a única a notar isso. Percebendo que seus sentimentos pelo melhor amigo mudaram, Violet tenta agir o mais normal possível, pois não quer arriscar essa amizade de tanto tempo. Mas as coisas não estão fáceis, principalmente com todas essas garotas da escola indo atrás dele em todos os lugares possíveis.

A existência de seu dom é mantida em segredo. Apenas seus pais, seus tios e Jay sabem. E isso não deve mudar. Principalmente agora que garotas começam a desaparecer e seus corpos começam a ser encontrados. Principalmente agora que existe um serial killer na cidade. Violet se vê assustada com a possibilidade de ser a única que pode encontrar o culpado. Porque os ecos não ficam só nos mortos, o assassino leva consigo para sempre essa marca, tornando possível que Violet o identifique. Mas isso pode ser mais perigoso do que parece. Principalmente quando Violet resolve ir atrás dele sozinha.

Gente, eu tenho esse livro a duzentos anos aqui em casa, mas nunca tinha me animado em lê-lo. Foi uma indicação de uma pessoa que amou o livro que me fez ir atrás dele. E posso dizer que não me arrependi. Nem um pouco. A autora criou uma história que, mesmo sendo clichê, ficou linda. AMO romance entre melhores amigos. E AMO mistérios. Juntando isso, só podia sair uma coisa linda, né?

A autora me assustou profundamente em várias partes do livro, adorei o modo como ela conseguiu fazer isso. Além disso, ela coloca alguns capítulos narrados pelo serial killer, que foram super bem descritos, morri de agonia querendo gritar para os personagens saírem dali/tomarem cuidado. O romance é simplesmente perfeito, apesar de os dois serem super lerdos, não foi uma coisa forçada, foi lindo. Enfim, super recomendo a leitura desse livro, já corri comprar o segundo.

Série:
1. Ecos da Morte
2. Desejos dos Mortos (resenha)
3. The Last Echo
4. Dead Silence.


Tecnologia do Blogger.