School Spirits – Rachel Hawkins:
Número de páginas: 297
Classificação: 4/5
Onde comprar:

Resenha:
School Spirits é um spin-off da série Hex Hall (resenha). Essa resenha NÃO contém spoiler nenhum sobre a série anterior.

Apesar de ser um spin-off, School Spirits possui apenas um pequeno spoiler sobre o terceiro livro de Hex Hall, mas que não estraga em nada a história. Ou seja, pode ser lido separadamente.

Isolde Brannick caça monstros. Ou prodigium, como eles preferem ser chamados. É um trabalho de família, as Brannick fazem isso desde sempre. E agora, depois do misterioso desaparecimento de sua irmã, Finley, um ano antes, Izzy e sua mãe são as últimas Brannick restantes. As coisas estão normais para as duas, ou o máximo que poderia, tirando o distanciamento entre elas, e a recusa da mãe em tocar no assunto do desaparecimento da filha mais velha.

Após um problema em sua primeira missão sozinha, Izzy acha que a mãe nunca confiará nela de novo. E suas suspeitas são confirmadas quando a mãe resolve que sua próxima missão será se livrar de um fantasma que está assombrando uma escola de ensino médio. Missões com fantasmas são as mais fáceis, porque a maioria dos fantasmas não conseguem causar nenhum dano, e isso não faz Izzy nem um pouco feliz.

Essa missão envolve uma mudança para Ideal, uma pequena cidade no Mississippi, onde está o fantasma que ela deve se livrar. E não apenas isso, a mãe resolve que Izzy deve frequentar a escola para descobrir o máximo que puder sobre o fantasma. Izzy fica nervosa, pois nunca frequentou uma escola, na verdade nunca viveu junto dos humanos normais. Sempre foi somente ela, a irmã, e a mãe. E Torin, o bruxo preso no espelho. Mas a mãe está decidida.

O livro mostra Izzy tentando se adaptar à vida normal, aprender como os adolescentes vivem, ao mesmo tempo em que tenta descobrir sobre o fantasma que assombra a escola. Mesmo não sabendo muito bem se relacionar com as pessoas, Izzy acaba fazendo amizade com Romy, Dex e Anderson, um grupo de adolescentes que caçam fantasmas (ou tentam).

Eu senti falta dos livros da Rachel Hawkins. Eu não sei explicar o porquê de eu gostar tanto deles, acho que é por eles te envolverem tanto na história. Eu li do segundo capítulo até o final sem parar, e nem percebi. É engraçado, tem romance, é leve, é simples, é fofo, enfim, é lindo. Eu amo esse tipo de livro (apesar de ainda não ter conseguido definir exatamente que tipo de livro é esse rs). Super recomendado.


2 Comentários

  1. MEUS DEUSES!!! Tô procurando o próximo livro dessa série desesperadamente, mas não tenho ideia de quando sai as continuações... Se souber pode me avisar? Adorei a resenha, abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathalia, acredita que ontem mesmo eu estava procurando sobre a continuação desse? rs
      Não achei nada da autora falando sobre a série, o que vi foi no Goodreads alguém falando que ela não vai lançar mais livros sobre a história, que talvez disponibilize alguma coisa em ebook ou algo assim, mas não sei se é verdade. Tomara que não seja, a história era tão boa, e seria tão incrível ter mais uma história para ler.

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.