Dreamland - Sarah Dessen:
Classificação: 3/5
Onde comprar: Amazon, Book Depository

Resenha:
Esse é o quarto livro lançado pela Sarah Dessen. Eu estava tentando lê-los na ordem de lançamento, mas eu fiz uma pequena confusão e li esse em vez de Someone Like You, que é o segundo lançado.

Dreamland é um livro difícil de se falar. Ele me incomodou bastante, não por ser uma história ruim, e sim pelo fato de saber que existem pessoas que vivem mesmo desse jeito, que se sujeitam a esse tipo de tratamento e não fazem nada.

Caitlin O'Karen, a personagem principal, é uma garota que sempre viveu na sombra de sua irmã mais velha, Cassandra. O livro começa no dia de seu aniversário de dezesseis anos, o dia em que sua irmã resolve fugir de casa e ir morar em Nova York com seu namorado, deixando para trás todas as coisas preparadas para sua mudança para a faculdade.

Seus pais estão desesperados, e esquecem completamente do aniversário de Caitlin. Para falar a verdade, se não fosse por Boo e Stewart, seus vizinhos, e melhores amigos de seus pais, ela não teria recebido nenhum parabéns nem nada.

Caitlin, que sempre seguiu os passos da irmã, agora tenta ser diferente. O que Cass não faria? Cass nunca seria uma líder de torcida. Caitlin vai lá e vira uma. Cass nunca namoraria um cara como Rogerson, mas como Caitlin não é Cass, é o que ela faz, mesmo com todas as histórias ruins sobre ele.

Sua mãe não sai mais de dentro de casa, grudada ao telefone, esperando Cass ligar. Não importa o quanto Boo tente tirá-la de lá, ela simplesmente não sai. Seu pai está lidando o melhor que pode com a situação, focando no trabalho e fingindo não sentir a falta da filha que sempre foi a "queridinha" de todos, a filha perfeita.

Caitlin começa a passar cada vez mais tempo com Rogerson, seja o acompanhando em suas visitas de negócios, ou simplesmente o esperando no carro cada vez que ele tem que sair. Com Rogerson, Caitlin esquece de tudo, esquece de Cass, esquece da mãe, esquece do pai... ela pode ser ela mesma...

Até o dia em que tudo muda.

Caitlin descobre um lado de Rogerson que ela nunca imaginou existir. Um lado que ela tem mais medo do que tudo. A vida “perfeita” que ela estava vivendo agora se tornou um pesadelo, mas Caitlin não tem forças para acordar. É melhor deixar tudo como está, senão ela pode perdê-lo. Então ela fica quieta e torce para que não aconteça de novo... Mas acontece, de novo e de novo.

Esse livro é muito difícil de ler, você sofre com a Caitlin, morre de raiva dela, porque ela simplesmente fica calada. E você sente raiva da família, dos amigos, como ninguém percebe o que está acontecendo? Como ninguém vê que ela está cada vez mais calada, que ela está cada vez se distanciando mais das pessoas?

Eu não sei muito bem o que falar, a história é realista, mexe com as pessoas. Só foram 3 estrelas porque eu não gosto desse tipo de assunto, me deixa meio mal, prefiro livros felizes rs. Enfim, definitivamente não recomendo para pessoas que queiram ler um livro leve, bobinho, só para passar o tempo. Recomendo para pessoas que gostem de ler livros mais realistas.


Tecnologia do Blogger.