Tamanho 42 não é Gorda - Meg Cabot:
Série: Heather Wells Mysteries #1
Editora: Galera
Número de páginas: 416
Classificação: 5/5

Resenha:
Tamanho 42 não é Gorda é narrado em primeira pessoa pela personagem principal, Heather Wells. Heather é uma ex-cantora que, depois de ser abandonada pelo namorado e roubada pela mãe e pelo empresário que fugiram com todo o seu dinheiro, está morando meio que de favor na casa de Cooper, irmão de seu ex, e trabalhando em um alojamento estudantil.

Acontece uma tragédia no alojamento: uma garota caiu no poço do elevador, e morreu. Todos acreditam que ela estava fazendo surfe de elevador, uma prática comum entre os jovens do alojamento, onde eles saltam do teto de um elevador para outro. Porém, Heather estranha: garotas não fazem surfe de elevador, e muito menos sozinhas.

Ela estranha, e comenta com Cooper, pois ele é investigador. Ele conversa com ela, e diz que como a polícia determinou que a menina caiu, foi isso mesmo que aconteceu.

Uma ou duas semanas depois, ela escuta uma menina gritando, e, logo depois, descobre que Roberta gritou durante toda a queda, até chegar ao poço. Corre com o zelador lá para baixo, e vai buscar a chave do elevador para parar ele e tal, mas ela estranha uma coisa: a chave do elevador está sumida, e ninguém assinou a lista de retirada.

Liga para Cooper e conta a ele sua descoberta, e ele a convence de contar isso para o investigador da polícia que, ao ouvir o que ela diz, vai olhar as chaves, e a chave do elevador está lá. Cooper chega e ela o convence a investigar, e eles acabam descobrindo que a morte das duas garotas não foi acidente, alguém está realmente matando essas meninas. Mas quem será?

Bom, apesar de eu morrer de medo dessa série (a primeira vez que eu li eu passei duas semanas sem chegar perto do elevador, sorte que eu moro no primeiro andar rs), ela é a minha série favorita da Meg. E olha que eu amo todos os livros da Meg que eu já li, mas essa série se supera. É tipo um suspense misturado com romance, e que não te deixa desgrudar do livro enquanto você não terminar.

A Heather é forte, é segura do que quer, do que acredita, enfim, é uma ótima personagem. É aquela que depois de tudo o que teve que passar na vida, ainda consegue seguir em frente. O Cooper é o amor da minha vida. É aquele cara fofo, mas que não demonstra muito, sabe? Nesse livro ele já é super fofo, mas nos outros três livros da série ele totalmente se supera, e me mata rs. Ele é o típico detetive detalhista, sabe? Não parece, mas está sempre lá, observando, cuidando das pessoas que se importa.

Eu não vou falar de nenhum outro personagem, porque pelo menos um deles é quem está matando as meninas, e eu não quero estragar, né? rs (até porque eu só fui descobrir quem era quando eu li, nunca ia maginar, mas enfim, pode ser óbvio pra outras pessoas).

Eu acho que a única coisa negativa desse livro é o nome. A série não é de auto ajuda para quem se acha gordo, ou algo do tipo, como minha mãe pensou e ficou me olhando com cara estranha (mas nada supera a cara do meu pai quando eu pedi pra ele comprar Como se Livrar de um Vampiro Apaixonado pra mim). Eu acho que o nome tem um pouquinho a ver, mas poderia ter sido colocado outro, sei lá. Não tenho outras reclamações.

Espero que gostem, super indico essa série perfeita *----*.

Série:
1. Tamanho 42 não é Gorda
2. Tamanho 44 também não é Gorda
3. Tamanho não Importa
4. Tamanho 42 e Pronta para Arrasar
5. A Noiva é Tamanho 42.


Tecnologia do Blogger.