Eu adoro livros sobre bruxos (principalmente Harry Potter mas isso não vem ao caso), então toda vez que eu vejo um com esse tema, ele já de cara me chama atenção. Eu encontrei esse livro faz bastante tempo, mas ainda não tive a oportunidade de ler, ele recebeu ótimas criticas nos EUA, e é bastante falado em alguns blogs brasileiros, então resolvi mostrar ele pra vocês:

Once a Witch (Witch 1) - Carolyn MacCullogh
Sinopse: Tamsin Greene vem de uma longa linhagem de bruxas, e deveria ser uma das mais talentosas entre elas. Mas a magia de Tamsin nunca apareceu. Agora aos dezessete anos,Tamsin frequenta um colégio em Manhattan,longe da sua família. Mas quando um belo e jovem professor a confunde com sua irmã muito talentosa,Tamsin concorda em encontrar uma relíquia de família que ele perdeu. Incerta sobre em quem confiar, ela é enviada numa busca ao tesouro através do tempo, que irá abrir o segredo de sua verdadeira identidade e revelará os pecados da sua família. E desencadeará um poder tão vingativo que poderá destruir todos eles.
 
Segundo Livro da Série:
OBS: PRA QUEM NÃO LEU O PRIMEIRO LIVRO AINDA, A SINOPSE DO SEGUNDO PODE CONTER SPOILERS

Always a Witch (Witch 2) - Carolyn MacCullogh
Sinopse: Desde a conclusão emocionante de Once a Witch, Tamsin Greene tem sido perseguida pela profecia de sua avó que ela em breve será forçada a tomar uma decisão crucial, uma tão terrível que poderia prejudicar sua família para sempre. Quando ela descobre que seu inimigo, Alistair Knight, voltou no tempo para a era vitoriana de Nova York a fim de destruir a sua família, Tamsin é forçada a segui-lo para o passado. Encalhada sozinha no século XIX, Tamsin logo se vê disfarçada como empregada doméstica de uma senhora na mansão da terrível família  do cavaleiro do mal, evitando o olhar atento da matrona viciosa, La Spidero, e afastar os avanços do Liam Knight. Quando o tempo se esgotar, as duas famílias estaram presas em uma  emocionante exposição da magia. E, para seu horror, Tamsin, finalmente, compreende a natureza da sua má escolha.


Book Trailer:



Bom, o Book Blogger Hop (versão brasileira) foi feito pelo blog Murphy's Library, com a ideia de mostrar a diversidade de blogs literários e de divulgá-los. Além disso, toda semana vem uma pergunta sobre o mundo dos livros.

A pergunta desta semana é mesma do Book Blogger Hop em inglês:
Que livro te surpreendeu positivamente (você não esperava nada e adorou)?

Respostas:
Iza: Jessica's Guide to Dating on the Dark Side, da Beth Fantaskey. Eu não tinha gostado muito dele antes, porque eu pensei que era aqueles tipos de livros bestas sabe? que não são nada engraçados? principalmente por causa do titulo em português (Como Se Livrar de um Vampiro Apaixonado) mas foi um dos que eu mais gostei, tem uma história muito legal, e é realmente engraçado e fofo, adorei o livro.

Adri: The Adoration of Jenna Fox, da Mary E. Pearson. Não estava muito a fim de ler, não é o tipo de livro que eu normalmente leio, mas um dia eu estava sem nada pra fazer e resolvi ler (porque eu queria ler um livro que não tivesse continuação). Li e amei, e depois descobri que ele tinha continuação. Bom, era um livro que eu não esperava gostar muito, mas ele me surpreendeu.


Eu sou o Número Quatro - Pittacus Lore:
Série: Os Legados de Lorien #1
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 352
Classificação: 3/5

Resenha:
Eu gostei muito de Eu Sou o Número Quatro. O livro enrola um pouco no início, mas depois que a história começa mesmo, ela vicia. Ele foi bem escrito e as coisas são bem explicadas. O autor introduz bem a história, contando o motivo deles estarem na Terra se escondendo e tudo mais.

O planeta Lorien foi atacado pelos mogadorianos. O planeta foi destruído, mas nove crianças, junto com seus Cêpans (guardiões), conseguiram escapar. Vieram em uma nave para a Terra, onde se escondem daqueles que dizimaram seu povo. Porém, os mogadorianos os seguiram até aqui.

Para dificultar para os mogadorianos, foi lançado um encantamento nas crianças, que fazia com que elas só pudessem ser mortas na ordem de seus números. Ao chegar aqui, dez anos atrás, elas se espalharam pelo mundo para se esconder, e nunca mais se viram. O único modo de saber que elas estão vivas é pela tatuagem que aparece na pele de cada criança cada vez que uma delas é morta.

John, ao sentir seu pé queimando com a terceira tatuagem, sabe o que significa: o numero três foi morto, ele é o próximo. Corre para avisar Henri, que, além de seu Cêpan, é como um pai para ele, e eles saem da cidade onde estavam, indo para outra cidade para se esconder.

John está cansado disso, mas sabe que é necessário, principalmente agora. Agora, ele é o próximo. Ele não pode ser encontrado antes de seus legados (seus poderes) se desenvolverem, pois ele não teria chance nenhuma contra os mogadorianos.

Chegando em Paradise, uma cidade pequena nos Estados Unidos, ele conhece uma garota, Sarah, e se apaixona por ela. Também conhece Sam, um garoto que tem fascinação por aliens, que se torna seu melhor amigo.

Nessa cidade muitas coisas acontecem. Logo no primeiro dia de aula, John arranja confusão com Mark, um garoto valentão da escola. Henri quer ir embora, pois acha que eles já atraíram muita atenção para si, mas John o convence a ficar.

Numa missão de resgate, Sam descobre a verdadeira identidade de John, mas continua seu amigo, e começa a ajudá-lo em tudo que pode. Sarah, agora sua namorada, também descobre, mas aceita imediatamente e continua com ele. Agora mesmo que John não quer sair de Paradise, onde ele finalmente encontrou pessoas que gostam dele, onde ele é feliz. Mas Henri continua insistindo, dizendo que não é seguro.

Acontecem muitas coisas, além do aparecimento da número seis - que os ajuda em um momento difícil -, e da perda de alguém muito querido. Bom, ficou meio vago, mas eu não posso contar muita coisa, senão eu acabo estragando a história. Eu só posso dizer uma coisa: eu gostei muito desse livro.

Série:
1. Eu Sou o Número Quatro
2. O Poder dos Seis (resenha)
3. A Ascensão dos Nove
4. A Queda dos Cinco
5. A Vingança dos Sete


Tecnologia do Blogger.